Finnair contrata solução de gestão de receitas ao Amadeus

24-10-2018 (16h21)

O Amadeus anunciou que a Finnair, que este ano voltou a voar entre Lisboa e Helsínquia, contratou a sua solução tecnológica de gestão de receitas, que garante que irá melhorar as previsões de evolução da procura e optimizar a rede de origens e destinos.

Nos últimos anos, as companhias aéreas passaram “a ter de lidar com clientes mais informados e com uma implacável pressão de queda de preços”, o que “tornou crucial obter uma visibilidade precisa da procura por rotas e os insights certos que permitem maximizar a receita e competir num mercado desafiador”, diz o Amadeus em comunicado.

De acordo com a empresa de tecnologia, foram essas as razões para a Finnair contratar o Amadeus Network Revenue Management, uma ferramenta baseada em Big Data para “melhorar as previsões de procura e optimizar a rede de origens e destinos da companhia aérea”.

A solução recolhe dados de várias fontes e aplica algoritmos “para determinar o comportamento de compra do cliente e a sua disposição para pagar”.

Com base nessas informações, de acordo com Amadeus, “fornece recomendações rápidas, precisas e inteligentes sobre o melhor preço e criação de ofertas de companhias aéreas”.

“Esta poderosa fórmula significa que companhias aéreas como a Finnair estão melhor equipadas para alcançar lucros a longo prazo num mercado em rápida transformação, além de estarem melhor posicionadas para optimizar a oferta total através de um sistema de gestão”, disse Manuel Midon, director da área de companhias aéreas no Amadeus para Norte e Oeste da Europa, citado no comunicado.

Mika Stirkkinen, vice-presidente da Finnair para Gestão de Receitas e Preços elogiou, por sua vez, a ferramenta do Amadeus como resposta ao “aumento de custos e concorrência” no sector do transporte aéreo.

 

Clique para ver mais: Amadeus

Clique para ver mais: Finnair


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.

Aigle Azur lança nova rota Marselha – Moscovo a partir de Abril

15-01-2019 (15h43)

A Aigle Azur, companhia de aviação francesa maioritariamente detida pelo grupo chinês HNA e por David Neeleman, também accionistas de referência da TAP, vai voar entre Marselha e Moscovo Domodedovo a partir de 31 de Março.