Evacuação de terminal do aeroporto de Frankfurt afectou 60 voos e 13 mil passageiros

08-08-2018 (10h35)

Foto: www.frankfurt-airport.com
Foto: www.frankfurt-airport.com

A ordem de evacuação decretada ontem durante cerca de duas horas no terminal de partidas do aeroporto alemão de Frankfurt afectou 60 voos e 13 mil passageiros, segundo fontes locais citadas pela agência espanhola EFE.

Pouco antes do meio-dia, a polícia alemã decidiu evacuar uma parte do terminal de partidas do aeroporto de Frankfurt, o maior da Alemanha, após informações de que pelo menos uma pessoa teria entrado na zona de segurança daquele aeroporto sem autorização e que estava desaparecida.

Perante tal situação, as autoridades policiais decidiram evacuar a zona A do Terminal 1 do aeroporto de Frankfurt, para acções de verificação da área, e anunciaram que todos os voos com embarque naquela zona estavam suspensos.

Cerca de duas horas depois da emissão destas ordens, a polícia alemã anunciou através do Twitter o levantamento das medidas de segurança e esclareceu os contornos da situação, que foi provocada por causa de um erro de um elemento da segurança do aeroporto.

A polícia referiu que a situação surgiu após um elemento da segurança do aeroporto ter autorizado, por engano, a entrada para uma área segura de uma família francesa de quatro elementos (um casal e dois filhos) que ainda não tinha passado por todos os procedimentos de controlo de segurança.

A família seria posteriormente localizada e questionada, informaram as forças policiais, acrescentando que a mesma família foi autorizada a prosseguir viagem.

A agência noticiosa EFE precisou que o incidente de hoje afectou em particular 7.000 passageiros da companhia alemã aérea Lufthansa.

A empresa que gere o aeroporto internacional de Frankfurt, a Fraport, também confirmou que o incidente, que provocou atrasos e cancelamentos de voos, aconteceu por causa de uma falha humana.

Em finais de Julho, no aeroporto de Munique (sul da Alemanha), um incidente de contornos quase similares também provocou 200 cancelamentos e 60 atrasos de voos.

Na altura, a situação foi desencadeada depois de uma passageira ter tido acesso à zona de embarque antes de concluir o controlo de segurança.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

Parlamento britânico vota acordo do Brexit em Janeiro

13-12-2018 (12h49)

O Parlamento britânico marcou para Janeiro a votação do acordo sobre o Brexit que foi negociado entre o Reino Unido e a União Europeia (UE), que esteve marcado para este semana.

Parques Reunidos compra maior parque aquático coberto do mundo por 226 milhões de euros

12-12-2018 (16h44)

O grupo espanhol Parques Reunidos assinou um acordo com a Tanjong para comprar o maior parque aquático coberto do mundo, o Tropical Islands, localizado na Alemanha, por 226 milhões de euros.

Ryanair ‘folga’ no dia de Natal

12-12-2018 (16h04)

A low cost Ryanair indicou hoje que não terá voos entre as 17h55 da véspera de Natal, hora a que prevê a última aterragem, e o dia 26, salientando que o 25 de Dezembro é “o único dia do ano em que a Ryanair não opera”.

Grupo Lufthansa transportou até Novembro mais passageiros que em todo o ano de 2017

11-12-2018 (16h46)

As companhias do grupo Lufthansa transportaram 132,4 milhões de passageiros nos primeiros onze meses deste ano, já tendo ultrapassado assim o total do ano de 2017, porque ultrapassou em muito o total do ano passado na Eurowings, incluindo Brussels.

Ultimas Noticias