David Neeleman trava nomeação de novo CEO para a Aigle Azur

28-08-2019 (17h32)

Foto: Aigle Azur
Foto: Aigle Azur

O empresário David Neeleman, accionista de referência da TAP e accionista a 32% da Aigle Azur, travou a nomeação de novo CEO para esta companhia que tinha sido avançada pelo accionista Gerard Houa, detentor de uma participação de 19%.

De acordo com a imprensa francesa, o Tribunal Comercial de Créteil já interveio, nomeando um administrador provisório e mandando Gerard Houa desocupar as instalações da sede da companhia.

As notícias relatam que Neeleman em e-mail aos seus advogados acusou Gerard Houa de “usurpar a presidência da companhia”.

Porém, acrescentam as notícias, Houa, que garante ter “reunido 15 milhões de euros” para manter a Aigle Azur a voar e evitar o seu desmantelamento, tem o apoio de alguns sindicatos.

A imprensa francesa refere que a Aigle Azur tem prejuízos desde 2012 e segundo Houa perdeu 50 milhões durante a liderança de Franck Yvelin, iniciada no Outono de 2017 e agora interrompida pela acção do accionista minoritário.

Franck Yvelin é creditado com um plano para vender à Vueling, do IAG, a operação entre Orly e Portugal e assim angaria os 25 milhões a 30 milhões de euros de que a companhia francesa necessita (clique para ler: Aigle Azur quer vender operação para Portugal à low cost espanhola Vueling).

 

Clique para mais notícias: Aigle Azur

Clique para mais notícias: David Neeleman

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC Cruzeiros assina três acordos com a Chantiers de l’Atlantique

20-01-2020 (17h42)

A companhia de cruzeiros MSC Cruzeiros e o estaleiro francês Chantiers de l’Atlantique assinaram três acordos que visam a construção de mais dois navios World Class, movidos a LNG, e o desenvolvimento de dois protótipos de classes de navio que privilegiam tecnologias ambientais.

Hoteleiros do Algarve e da Madeira esperam crescimento do mercado britânico este ano, AHP

16-01-2020 (09h53)

Os hoteleiros do Algarve e da Madeira esperam este ano um crescimento do mercado britânico, uma expectativa que a presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) atribui à estabilização política no Reino Unido após as eleições.

Grupos europeus de companhias de rede cresceram em média 4,4% em 2019

13-01-2020 (15h22)

Os três grandes grupos europeus de companhias de rede tiveram um aumento médio do tráfego de passageiros em 4,4% no ano de 2019, com o IAG, da British Airways, Iberia, Aer Lingus, Vueling e a Level, a ter a subida mais forte, em 5,6%.

Grupo Lufthansa transporta mais 2,85 milhões de passageiros em 2019

13-01-2020 (15h18)

O grupo Lufthansa, nº 2 da Europa em número de passageiros, depois do grupo Ryanair, transportou em 2019 um total de 145,19 milhões de passageiros, +2,3% ou mais 3,2 milhões que em 2018, de acordo com os dados que publicou hoje e que diferem em alguns milhares dos divulgados há um ano.

Lufthansa segue as pisadas da easyJet na cessação da informação mensal de tráfego

13-01-2020 (13h52)

Tal como a low cost easyJet fez há mais de um ano, também o grupo Lufthansa deixa de publicar mensalmente os dados de tráfego, afirmando que estará “em linha” a evolução das práticas de mercado.

Noticias mais lidas