Costa Cruzeiros anuncia novo navio movido a GNL para 2021

31-07-2019 (11h34)

A Costa Cruzeiros anunciou que em 2021 vai ter mais um navio movido a gás natural liquefeito (GNL), o Costa Toscana, ‘irmão’ do Costa Smeralda, que prevê receber em Outubro.

Os dois navios estão a ser construídos nos estaleiros da Meyer, em Turku, na Finlândia, e ambos serão movidos a GNL, que a companhia de cruzeiros descreve num comunicado como “o combustível fóssil mais limpo do mundo”.

O Costa Smeralda está “na fase de conclusão dos últimos detalhes do interior, antes de entrar em serviço em Outubro deste ano”, enquanto o Costa Toscana, anunciado ontem, deverá ser entregue à companhia em 2021.

A utilização de GNL “resultará numa melhoria da qualidade do ar graças à eliminação das emissões de dióxido de enxofre (emissões nulas) e de partículas (redução de 95/100%), tanto no mar como no porto”, descreve o comunicado da Costa Cruzeiros.

Com um volume de 180 mil toneladas brutas e mais de 2.600 quartos em cada navio, o Costa Toscana e o Costa Smeralda integram o plano de expansão da frota do Grupo Costa, que inclui as marcas Costa Cruzeiros e AIDA Cruzeiros.

Este plano contempla a introdução de sete novos navios que deverão entrar em serviço até 2023, com um investimento superior a 6 mil milhões de euros. O primeiro navio deste plano a ser entregue foi o AIDAnova, em Dezembro do ano passado, seguido do Costa Venezia, no final de Fevereiro de 2019.

O GNL “marca uma nova era no uso de combustíveis que reduzirá significativamente as emissões poluentes para ajudar a proteger o meio ambiente sem comprometer a segurança, uma das prioridades máximas da empresa”, afirmou Neil Palomba, director-geral da Costa Cruzeiros, citado na nota de imprensa.

O executivo adverte contudo que “para garantir uma transição suave para o Gás Natural Liquefeito, ainda há muito a ser feito em termos de infraestrutura que fornece este gás”, e acrescenta que os dois novos navios “serão produtos extremamente inovadores, que irão sempre manter a incomparável hospitalidade italiana, a marca registada da empresa desde a sua criação”.

Jan Meyer, CEO do estaleiro Meyer em Turku, por sua vez, manifestou orgulho em construir estes novos navios e destacou que ambos “terão inúmeras novidades e um design elegante que resulta do trabalho de alta qualidade e da melhor engenharia do sector”.

No Costa Smeralda todos os decks e áreas públicas são nomeados e desenhados com base em locais icónicos de Itália, enquanto a oferta gastronómica mostrará as tradições culinárias italianas, incluindo 11 restaurantes e 19 bares.

O navio terá uma área de Spa com 16 salas de tratamento, um parque aquático com escorregas, quatro piscinas e uma instalação exclusiva para crianças, além do seu próprio museu, o CoDe - Costa Design Museum, para exibir o design italiano.

A primeira viagem do Costa Smeralda começa a 20 de Outubro, com um cruzeiro de 15 dias de Hamburgo a Savona, com paragens de dois dias em cidades como Hamburgo, Roterdão, Lisboa, Barcelona ou Marselha.

A nomeação oficial do Costa Smeralda será realizada com uma cerimónia em Savona no dia 3 de Novembro.

No dia 4 de Novembro, o navio segue para a sua viagem inaugural de seis dias por Barcelona, Marselha e Civitavecchia.

Até Abril de 2021, o Costa Smeralda vai operar no Mediterrâneo Ocidental, oferecendo cruzeiros de uma semana com escala nas cidades de Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Maiorca, Civitavecchia e La Spezia.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Costa Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC Cruzeiros assina três acordos com a Chantiers de l’Atlantique

20-01-2020 (17h42)

A companhia de cruzeiros MSC Cruzeiros e o estaleiro francês Chantiers de l’Atlantique assinaram três acordos que visam a construção de mais dois navios World Class, movidos a LNG, e o desenvolvimento de dois protótipos de classes de navio que privilegiam tecnologias ambientais.

Hoteleiros do Algarve e da Madeira esperam crescimento do mercado britânico este ano, AHP

16-01-2020 (09h53)

Os hoteleiros do Algarve e da Madeira esperam este ano um crescimento do mercado britânico, uma expectativa que a presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) atribui à estabilização política no Reino Unido após as eleições.

Grupos europeus de companhias de rede cresceram em média 4,4% em 2019

13-01-2020 (15h22)

Os três grandes grupos europeus de companhias de rede tiveram um aumento médio do tráfego de passageiros em 4,4% no ano de 2019, com o IAG, da British Airways, Iberia, Aer Lingus, Vueling e a Level, a ter a subida mais forte, em 5,6%.

Grupo Lufthansa transporta mais 2,85 milhões de passageiros em 2019

13-01-2020 (15h18)

O grupo Lufthansa, nº 2 da Europa em número de passageiros, depois do grupo Ryanair, transportou em 2019 um total de 145,19 milhões de passageiros, +2,3% ou mais 3,2 milhões que em 2018, de acordo com os dados que publicou hoje e que diferem em alguns milhares dos divulgados há um ano.

Lufthansa segue as pisadas da easyJet na cessação da informação mensal de tráfego

13-01-2020 (13h52)

Tal como a low cost easyJet fez há mais de um ano, também o grupo Lufthansa deixa de publicar mensalmente os dados de tráfego, afirmando que estará “em linha” a evolução das práticas de mercado.

Noticias mais lidas