Costa Cruzeiros anuncia novo navio movido a GNL para 2021

31-07-2019 (11h34)

A Costa Cruzeiros anunciou que em 2021 vai ter mais um navio movido a gás natural liquefeito (GNL), o Costa Toscana, ‘irmão’ do Costa Smeralda, que prevê receber em Outubro.

Os dois navios estão a ser construídos nos estaleiros da Meyer, em Turku, na Finlândia, e ambos serão movidos a GNL, que a companhia de cruzeiros descreve num comunicado como “o combustível fóssil mais limpo do mundo”.

O Costa Smeralda está “na fase de conclusão dos últimos detalhes do interior, antes de entrar em serviço em Outubro deste ano”, enquanto o Costa Toscana, anunciado ontem, deverá ser entregue à companhia em 2021.

A utilização de GNL “resultará numa melhoria da qualidade do ar graças à eliminação das emissões de dióxido de enxofre (emissões nulas) e de partículas (redução de 95/100%), tanto no mar como no porto”, descreve o comunicado da Costa Cruzeiros.

Com um volume de 180 mil toneladas brutas e mais de 2.600 quartos em cada navio, o Costa Toscana e o Costa Smeralda integram o plano de expansão da frota do Grupo Costa, que inclui as marcas Costa Cruzeiros e AIDA Cruzeiros.

Este plano contempla a introdução de sete novos navios que deverão entrar em serviço até 2023, com um investimento superior a 6 mil milhões de euros. O primeiro navio deste plano a ser entregue foi o AIDAnova, em Dezembro do ano passado, seguido do Costa Venezia, no final de Fevereiro de 2019.

O GNL “marca uma nova era no uso de combustíveis que reduzirá significativamente as emissões poluentes para ajudar a proteger o meio ambiente sem comprometer a segurança, uma das prioridades máximas da empresa”, afirmou Neil Palomba, director-geral da Costa Cruzeiros, citado na nota de imprensa.

O executivo adverte contudo que “para garantir uma transição suave para o Gás Natural Liquefeito, ainda há muito a ser feito em termos de infraestrutura que fornece este gás”, e acrescenta que os dois novos navios “serão produtos extremamente inovadores, que irão sempre manter a incomparável hospitalidade italiana, a marca registada da empresa desde a sua criação”.

Jan Meyer, CEO do estaleiro Meyer em Turku, por sua vez, manifestou orgulho em construir estes novos navios e destacou que ambos “terão inúmeras novidades e um design elegante que resulta do trabalho de alta qualidade e da melhor engenharia do sector”.

No Costa Smeralda todos os decks e áreas públicas são nomeados e desenhados com base em locais icónicos de Itália, enquanto a oferta gastronómica mostrará as tradições culinárias italianas, incluindo 11 restaurantes e 19 bares.

O navio terá uma área de Spa com 16 salas de tratamento, um parque aquático com escorregas, quatro piscinas e uma instalação exclusiva para crianças, além do seu próprio museu, o CoDe - Costa Design Museum, para exibir o design italiano.

A primeira viagem do Costa Smeralda começa a 20 de Outubro, com um cruzeiro de 15 dias de Hamburgo a Savona, com paragens de dois dias em cidades como Hamburgo, Roterdão, Lisboa, Barcelona ou Marselha.

A nomeação oficial do Costa Smeralda será realizada com uma cerimónia em Savona no dia 3 de Novembro.

No dia 4 de Novembro, o navio segue para a sua viagem inaugural de seis dias por Barcelona, Marselha e Civitavecchia.

Até Abril de 2021, o Costa Smeralda vai operar no Mediterrâneo Ocidental, oferecendo cruzeiros de uma semana com escala nas cidades de Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Maiorca, Civitavecchia e La Spezia.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Costa Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Espanha e Reino Unido reforçam atracção de gastos turísticos dos portugueses

22-08-2019 (14h31)

Espanha e Reino Unido foram os dois destinos que no primeiro semestre mais aumentaram as respectivas participações nos gastos turísticos dos portugueses, atingindo respectivamente 30,1% e 10,1%.

Tráfego aéreo de/para Portugal cresce acima da média da UE no 1º semestre

21-08-2019 (15h29)

Portugal foi um dos países cujos aeroportos tiveram aumentos de passageiros no primeiro semestre “bem acima da média da União Europeia”, informou o ACI Europe, associação que conta com mais de 500 aeroportos em 45 países europeus, que em 2018 somaram mais de 2,3 mil milhões de passageiros.

Norwegian Air suspende seis rotas entre Irlanda e América do Norte

16-08-2019 (10h22)

A Norwegian Air, considerada pioneira dos voos transatlânticos low cost, anunciou o cancelamento de seis rotas entre a Irlanda e a América do Norte, justificando a decisão com a suspensão de voos em Boeing 737 MAX, modelo afectado por dois acidentes fatais.

Aigle Azur quer vender operação para Portugal à low cost espanhola Vueling

12-08-2019 (14h39)

A companhia francesa Aigle Azur, que tem como accionistas maioritários o grupo chinês HNA e o accionista de referência da TAP e da Azul, David Neeleman, procura vender a sua operação em Orly para Porto, Faro e Funchal como forma de obter liquidez para se manter a voar, segundo a imprensa francesa.

Associação de pilotos europeus critica Ryanair por segundo Verão consecutivo de instabilidade laboral

09-08-2019 (12h41)

A Associação Europeia de Cockpit (ECA), que representa 40 mil pilotos europeus, criticou hoje a instabilidade laboral na companhia aérea Ryanair, situação que se repete pelo segundo Verão consecutivo e “pelos mesmos motivos”.

Noticias mais lidas