“Coletes amarelos” penalizam grupo Air France KLM em 15 milhões de euros

09-01-2019 (19h19)

Os protestos dos “coletes amarelos”, que têm decorrido em França nos últimos meses, causaram até Dezembro de 2018, uma perda de 15 milhões de euros ao grupo Air France KLM.

Em comunicado, o grupo diz que “os movimentos de protesto em França tiveram um efeito negativo nas receitas de um valor estimado em torno dos 15 milhões de euros”.

Fonte oficial do grupo citada pela agência de notícias France Press disse que esse valor foi calculado tendo em conta os cancelamentos de voos de última hora, por causa dos “coletes amarelos”.

Os protestos dos “coletes amarelos” começaram em 19 de Novembro, contra a subida dos impostos sobre os combustíveis, mas desde então multiplicaram-se as manifestações contra a agenda do Presidente francês, Emmanuel Macron, e o seu estilo de governação.

 

Clique para mais notícias: Air France KLM

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dormidas de turistas portugueses na Alemanha sobem 7,5% em 2018

20-03-2019 (17h45)

A Alemanha somou 484,4 mil dormidas de turistas portugueses em 2018, o que corresponde a um aumento de 7,5% face ao ano anterior, mas representa um abrandamento face ao crescimento alcançado em 2017.

Escócia adia taxas turísticas até pelo menos 2021

18-03-2019 (14h50)

O Governo da Escócia adiou a possibilidade de implementação de taxas turísticas até pelo menos 2021, referindo que perante o Brexit e as preocupações com as suas consequências é necessário garantir que o país está pronto para acolher visitantes.

British Airways renova produtos e serviços da Primeira Classe

18-03-2019 (14h08)

A companhia de aviação British Airways, que celebra este ano o seu centenário, anunciou que vai começar a implementar a partir de 31 de Março novos produtos e serviços na Primeira Classe, incluindo novas roupas de cama, amenities e menus.

Ministro da Economia destaca aumento de passageiros britânicos nos aeroportos portugueses

13-03-2019 (23h30)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, enalteceu hoje o aumento das chegadas de britânicos aos aeroportos portugueses em 16%, como, aliás, o PressTUR avançou esta segunda-feira.

Brexit: “tudo será criado” para que britânicos possam visitar Portugal como no presente

13-03-2019 (23h29)

"Tudo será criado para que os turistas do Reino Unido não sintam, apesar da saída do Reino Unido da União Europeia, qualquer alteração na experiência que tenham em Portugal", disse o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.