Brexit volta a ser ‘bonança’ para os aeroportos portugueses em Janeiro

11-02-2019 (16h07)

Os aeroportos portugueses tiveram em Janeiro, um mês em que se adensaram as perspectivas de um Brexit sem acordo entre o Reino Unido e a União Europeia, um forte aumento de passageiros em voos de/para o Reino Unido, especialmente em Lisboa, no Porto e em Faro.

Dados dos aeroportos portugueses a que o PressTUR teve acesso indicam que Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Ponta Delgada, os cinco maiores aeroportos portugueses, tiveram este Janeiro quase 400 mil passageiros de voos de/para o Reino Unido, com um aumento em 16,7%, que representa até uma aceleração em relação a Dezembro, mês em que o crescimento foi de 14,9%, atingindo um total de aproximadamente 430 mil passageiros.

Os dados a que o PressTUR teve acesso mostram que Lisboa foi o aeroporto líder em crescimento do tráfego entre Portugal e o Reino Unido no mês de Janeiro, com um aumento em 21,3% ou 31 mil, somando um total de 177,1 mil.

Seguiu-se Faro, com +17,6% ou mais 15,7 mil, para 104,6 mil, e, seguidamente, o Porto, com +14,2% ou mais 8,5 mil, para 68,7 mil.

Funchal e Ponta Delgada também tiveram crescimentos de tráfego nas rotas do Reino Unido, mas mais modestos, respectivamente em 3,8% ou cerca de 1,7 mil, para 47,6 mil, e em 1,8% ou cerca de 20, para 1,1 mil.

No último mês de 2018, quatro dos cinco maiores aeroportos portugueses tiveram crescimentos a dois dígitos do tráfego de passageiros nas ligações com o Reino Unido, com +17,6% em Faro, +16,3% no Funchal, +14,6% em Lisboa e +11,1% no Porto.

A excepção foi Ponta Delgada, onde o crescimento ficou em 5,6%.

Ainda assim, nos 12 meses de 2018, Lisboa teve um aumento de passageiros em voos de/para o Reino Unido de apenas 0,3%, o Porto teve +5,8%, Faro teve uma quebra de 5,7%, Funchal teve uma quebra em 6,1% e só Ponta Delgada, que é o que tem menos tráfego nessas rotas, teve um aumento forte, em 53,3%.

 

Para ler mais clique:

Aeroporto de Faro lidera crescimento em Portugal com aumento de passageiros em 21,9%

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turismo português em Malta mais do que duplica entre Janeiro e Novembro de 2018

21-02-2019 (10h12)

O número de turistas portugueses que visitaram Malta entre Janeiro e Novembro do ano passado atingiu os 20.701, o que corresponde a um aumento de 118,4% face ao período homólogo de 2017.

Grupo Air France KLM factura mais mas lucra menos em 2018

20-02-2019 (11h36)

O grupo de aviação Air France KLM, que reclama ser o maior da Europa em voos de longo curso, revelou hoje que em 2018 teve um aumento da receitas de transporte de passageiros em 1,6% (+4,1% sem flutuações cambiais), atingindo 22,9 mil milhões de euros, mas o seu resultado operacional caiu 382 milhões, para 994 milhões.

Governo britânico alarga zona de exclusão de drones junto de aeroportos para cinco quilómetros

20-02-2019 (11h29)

O governo britânico decretou o alargamento da zona de exclusão aérea para drones (aparelhos aéreos não tripulados) junto de aeroportos britânicos de um para cinco quilómetros, anunciou hoje o Ministério dos Transportes.

Garantida paz entre a Air France e a KLM, diz imprensa francesa

18-02-2019 (18h12)

O conflito que ameaçava a estabilidade do grupo formado há 15 anos entre a francesa Air France e a holandesa KLM está superado, de acordo com a imprensa francesa, que noticiou ter sido encontrada uma solução que já tem o acordo com CEO da KLM, Pieter Elbers.

Comissão Europeia alerta empresas para consequências de um Brexit sem acordo

18-02-2019 (17h21)

A Comissão Europeia começou esta segunda-feira uma campanha para informar as empresas das consequências no domínio aduaneiro e na fiscalidade indirecta de uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo no dia 30 de Março.