Associações do turismo querem continuidade do Intergrupo de Turismo Sustentável

21-11-2019 (15h02)

As principais associações sectoriais do turismo na Europa, entre as quais a ECTAA (agências de viagens), a ETOA (operadores turísticos), a CLIA (cruzeiros), Hotrec (hotelaria), divulgaram um apelo para os eurodeputados aprovarem a continuidade do Intergrupo de Turismo Sustentável, que, dizem, entre 2014 e 2019, “provou ter um importante papel na coordenação de todas as áreas impactadas pelo Turismo, contribuindo para o crescimento económico e de empregos na Europa”.

Em comunicado essas organizações destacam que “o Intergrupo cobriu diversos tópicos, incluindo a gestão de Vistos e de Fronteiras, sustentabilidade, digitalização, economia das plataformas, alimentação, saúde, protecção do consumidor, taxas turísticas e acessibilidades, entre outros” e que “ao votar pelo reestabelecimento do Intergupo, estar-se-á a fomentar uma troca de pontos de vista, de forma construtiva e coordenada, entre os eurodeputados de diversos comités e outros stakeholders da UE em tópicos-chave, o que conduzirá a recomendações políticas equilibradas”.

“O Intergrupo possibilitará um pensamento conjunto entre transporte, energia, turismo, e política regional e assim permitirá um compromisso mais alargado sobre matérias de sustentabilidade. (ex. Metas de emissões)”, diz ainda o comunicado que começa por realçar que “o turismo é a 3ª maior actividade socioeconómica na Europa, e a espinha dorsal da Economia da União Europeia”, que o turismo gera 27,3 milhões de empregos, incluindo 13 milhões de empregos directos em dois milhões de empresas, e contribui com cerca de 10% do PIB da UE.

 

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France KLM cresce 3,5% até Novembro

10-12-2019 (16h59)

O grupo Air France KLM, que já foi o líder europeu em tráfego medido em RPK (do inglês para passageiros x quilómetros voados), registou um crescimento médio em 3,5% nos primeiros onze meses deste ano, que lhe permitiu um ganho de taxa de ocupação em 0,5 pontos, atingindo uma média de 88,5%.

‘Lista negra’ da UE inclui companhias aéreas de Angola, São Tomé, Guiné Equatorial e Venezuela

10-12-2019 (16h28)

Companhias de aviação de Angola, São Tomé e Príncipe, Guiné Equatorial e Venezuela constam a ‘lista negra' de 115 transportadoras proibidas de voar para a União Europeia (UE) divulgada em Bruxelas.

Finnair vai fazer mais 37 voos Porto - Helsínquia em 2020

10-12-2019 (13h42)

A companhia de aviação finlandesa Finnair vai voar entre o Porto e Helsínquia em 2020 mais cerca de quatro meses que este ano, o que se traduzirá num aumento de 37 voos face a este ano, o primeiro de operação, que Rita Cascada, da APG, representante da companhia em Portugal, afirmou ao PressTUR ter sido “um êxito”.

América Latina proporciona 47,4% do crescimento de tráfego do IAG até Novembro

09-12-2019 (17h45)

As rotas da América Latina estão a ser de forma cada vez mais clara o ‘motor’ de crescimento do IAG, grupo que integra a British Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level, tendo valido até Novembro 47,4% do crescimento de tráfego na totalidade das operações.

Companhias do IAG transportaram até Novembro mais 4,88 milhões de passageiros

09-12-2019 (17h29)

As companhias do IAG, grupo que integra a Brisith Airways, a Iberia, a Vueling, a Aer Lingus e a Level transportaram até 30 de Novembro 109,5 milhões de passageiros, com aumento em 4,7% ou 4,88 milhões relativamente ao período homólogo de 2018.

Noticias mais lidas