Ethiopian Mozambique expande rede de destinos domésticos com Lichinga e Nacala

07-02-2019 (12h51)

Foto: Boeing
Foto: Boeing

A Ethiopian Mozambique Airlines, subsidiária moçambicana da Ethiopian Airlines, uma das maiores companhias africanas, alargou a sua rede de voos domésticos em Moçambique com a introdução de ligações com Lichinga e Nacala.

Para Lichinga, capital da província do Niassa, a 2.800 quilómetros de Maputo, a companhia indicou que terá três voos por semana, às segundas, quartas e sextas, que partem de Maputo e fazem escala na Beira.

Para Nacala, na província de Nampula, a Ethiopian indicou que terá também três voos por semana, operados em avião da Asky Airlines, às terças, quintas e Sábados, que saem de Maputo e fazem escala em Nampulo.

A Ethiopian Mozambique começou a operar voos domésticos em Moçambique em Dezembro passado (para ler mais clique: Ethiopian Airlines já voa em Moçambique).

 

Clique para mais notícias: Ethiopian

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau recebeu mais 21,2% de visitantes no primeiro trimestre

23-04-2019 (10h12)

Macau recebeu mais de 10,3 milhões de visitantes nos primeiros três meses deste ano, o que corresponde a um aumento de 21,2% em relação ao período homólogo do ano passado, segundo dados oficiais divulgados hoje.

Exportações de turismo aumentam 106 milhões no primeiro bimestre

22-04-2019 (21h21)

Os gastos de turistas estrangeiros em Portugal, contabilizados como exportações de turismo pelo banco central, subiram 106 milhões nos primeiros dois meses deste ano, apesar do calendário desfavorável, pela Páscoa mais tarde que em 2018.

Confirmadas mais duas explosões no Sri Lanka

21-04-2019 (11h26)

O ministro da Defesa do Sri Lanka, Ruwan Wijewardene, confirmou à imprensa que ocorreram mais duas explosões no país, nas áreas de Dehiwela e Dematagoda.

Atentados matam 156 no Sri Lanka um deles um turista português

21-04-2019 (10h18)

Atentados bombistas hoje de manhã contra três igrejas e três hotéis no Sri Lanka provocaram 156 mortos, entre os quais 35 estrangeiros, sendo um português, segundo informação da cônsul de Portugal em Colombo, Preenie Pine.

DECO recebeu mais de quatro mil queixas relativas a transporte aéreo em 2018

19-04-2019 (18h19)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) recebeu mais de quatro mil reclamações relacionadas com transportes aéreos em 2018 e, no primeiro trimestre deste ano, elevam-se a 674.