Vueling cancela 92 voos de/para Barcelona El Prat sexta e Sábado

29-08-2019 (17h21)

A Vueling cancelou 92 voos sexta-feira e Sábado de e para o Aeroporto de Barcelona El Prat, incluindo dois voos de ida e volta para Lisboa e para o Porto, devido à greve dos trabalhadores da Iberia Servicios Aeroportuarios.

“Devido à greve convocada pelo fornecedor de serviços de assistência em escala no aeroporto de Barcelona nos dias 30 e 31 de Agosto, as operações normais da Vueling, assim como de outras companhias aéreas, serão afectadas por restrições”, sublinha uma informação da transportadora que, assim como a Iberia, faz parte do grupo IAG.

Para sexta-feira, a companhia tem 54 voos cancelados de e para El Prat, incluindo o Barcelona-Porto às 20h35 e o Porto-Barcelona às 22h05.

Para Sábado estão cancelados 38 voos, incluindo um Barcelona-Lisboa às 12h15 e um Lisboa-Barcelona às 13h55 (para consultar a lista clique aqui).

A Vueling alerta os passageiros com voos cancelados para não se deslocarem ao aeroporto e recomenda informarem-se da sua situação através do website e dos serviços de atendimento ao cliente.

Para clientes com voos operados pela Vueling comprados na Iberia ou na British Airways, a companhia recomenda entrar em contacto directamente com essas companhias para pedir alteração ou reembolso.

Para clientes com voos comprados através de agências de viagens, incluindo agências online, a transportadora recomenda entrar em contacto com essas empresas para gerir alteração ou reembolso.

Os passageiros podem aceder à opção “Manage Your Booking” no website da Vueling e alterar o seu voo gratuitamente para os próximos 15 dias ou pedir um reembolso.

A companhia acrescenta que está a trabalhar “para minimizar o impacto da greve” e pede desculpa “por qualquer inconveniente causado por estes factores fora do controlo da Vueling”.

Os trabalhadores da Iberia Servicios Aeroportuarios também estiveram em greve nos dias 27 e 28 de Julho e 24 e 25 de Agosto, levando ao cancelamento de cerca de 240 voos.

Esta empresa, subsidiária da Iberia, presta serviços de check-in, carga e descarga de bagagem e manutenção de aeronaves a 27 companhias aéreas em Barcelona El Prat.

As negociações entre a administração e os trabalhadores terminaram abruptamente sem acordo, na quarta-feira, depois de se ter alcançado um compromisso verbal de desconvocação da greve para aqueles dias (clique para ler: Trabalhadores da Iberia em Barcelona mantêm greve a 30 e 31 de Agosto).

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Espanha

Clique para ver mais: Iberia

Clique para ver mais: Vueling

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal é “um mercado muito importante” onde a Globalia quer crescer — Javier Hidalgo, CEO

22-01-2020 (14h32)

A Globalia, dona da Air Europa e dos hotéis Be Live, entre outras empresas de turismo, como o operador Travelplan, presente em Portugal, vê o país como um mercado "muito importante" onde ambiciona crescer em várias áreas de negócio, disse ao PressTUR Javier Hidalgo, CEO do grupo.

Voos Espanha – Portugal superam os 5,6 milhões de passageiros, com aumento em 16%

14-01-2020 (16h53)

Os voos de/para Portugal foram, entre o Top10 de origens/destinos dos aeroportos espanhóis, os que tiveram o crescimento de passageiros mais forte em 2019, em 16%, com o qual ultrapassaram a marca de 5,6 milhões.

Gabriel Subías regressa ao Grupo Iberostar para liderar W2M

14-01-2020 (13h15)

O Grupo Iberostar nomeou Gabriel Subías, ex-CEO da Ávoris, para liderar o negócio de receptivo e bedbank W2M, substituindo no cargo Christian Kremers, que estava no comando da empresa desde Setembro de 2018.

Novo CEO da Ávoris prevê decisão da concorrência sobre fusão com a Globalia em Março

14-01-2020 (12h55)

Vicente Fenollar, que foi nomeado oficialmente CEO da Ávoris depois de um mês no cargo de forma provisória, após a saída de Gabriel Subías, disse esperar uma decisão da autoridade da concorrência para “meados de Março”.

Aeroportos espanhóis crescem 4,4% em 2019 e atingem recorde de 275,2 milhões de passageiros

13-01-2020 (16h43)

Os 48 aeroportos e heliportos espanhóis geridos pela AENA tiveram um crescimento médio de passageiros em 2019 de 4,4%, que significou um aumento de 11,48 milhões e elevou o total do ano para o recorde de 275,2 milhões.

Noticias mais lidas