TAP cresce menos que o mercado Espanha - Portugal e em Madrid até tem quebra

22-05-2019 (16h54)

A TAP, que no primeiro quadrimestre de 2018 foi a companhia de aviação de 42,2% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nesse período, este ano baixou para 37,5%, reflectindo a cessação de três rotas e uma quebra de 1,7% no Aeroporto de Madrid.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, indicam que enquanto o tráfego total entre Espanha e Portugal cresceu 14% no primeiro quadrimestre, significando um aumento de 194,2 mil passageiros, para 1,579 milhões, a TAP teve +1,2% ou mais 6,8 mil, tendo transportado um total de 591,8 mil.

E mesmo descontando o tráfego transportado pela TAP de/para A Coruña, Vigo e Astúrias (24,2 mil passageiros no primeiro quadrimestre de 2018), rotas que entretanto abandonou, a TAP perde três pontos de quota de mercado, baixando para 37,5% do total de passageiros que voaram entre Espanha e Portugal no período.

Esta comparação realça o impacto da evolução em Madrid, aeroporto onde a Iberia é a companhia número 1, cujos voos de/para Portugal tiveram um aumento de passageiros em 10,9% ou 78,3 mil, para 798,28 mil, mas com a TAP a registar uma queda em 1,7% ou 3,5 mil.

Assim, as restantes companhias que operam voos de/para Portugal no Aeroporto de Madrid tiveram um aumento de passageiros em 16% ou 81,8 mil, atingindo um total de 594,6 mil, que significam uma quota de mercado de 74,5%.

Em Barcelona, segundo maior aeroporto espanhol e que voltou a ser o aeroporto número 1 da TAP em Espanha, depois que a companhia portuguesa voltou a fazer voos de/para o Porto, a TAP tem um aumento de passageiros em 12,1% ou 22,4 mil, mas o crescimento do tráfego total em voos de/para Portugal foi de 18,4% ou 77,3 mil.

Assim, a companhias que concorrem com a TAP nas ligações entre Portugal e o Aeroporto de Barcelona tiveram um aumento de passageiros no quadrimestre em 23,3% ou 54,8 mil, totalizando 290,2 mil, o que equivale a 58,3% do total dessas ligações.

Nas restantes ligações com aeroportos espanhóis, a TAP apenas na rota de Bilbau teve quebra de passageiros em 4,1% ou cerca de 980, embora o tráfego total entre esse aeroporto e Portugal tenha registado um aumento em 36% ou 9,7 mil, somando um total de 36,9 mil.

Os dados consultados pelo PressTUR indicam que a TAP teve aumentos de passageiros a dois dígitos em três das restantes ‘rotas espanholas’, com +17,5% em Valência, +11,1% em Gran Canária e +14,2% em Alicante.

Aumentos mais moderados ocorreram em Sevilha, com um aumento em 5,5%, e Málaga, com +1,1%.

Valência manteve-se o terceiro aeroporto espanhol para a TAP em número de passageiros, com 43,7 mil, seguido por Sevilha, com 42,2 mil, Málaga, com 32 mil, Gran Canária, com 25,3 mil, Bilbau, com 23 mil, e Alicante, com 24 mil.

Depois de Barcelona (mais 22,4 mil passageiros que no primeiro quadrimestre de 2018) os maiores contributos para o crescimento da TAP entre Janeiro e Abril ocorreram em Valência, com mais 6,5 mil passageiros que há um ano, Gran Canária, com mais 2,5 mil, Sevilha, com mais 2,2 mil, Alicante, com mais 1,7 mil, e Málaga, com mais 345.

 

Para ler mais clique:

Movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha cresce 14% no primeiro quadrimestre

Voos entre Espanha e o Brasil crescem 11,7% impulsionados pelos voos LATAM de Barcelona

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP perde quota de mercado nas ligações aéreas entre Espanha e Portugal

17-09-2019 (17h36)

Apesar de uma estreia auspiciosa da rota Lisboa - Tenerife, com mais de 8,5 mil passageiros tanto em Julho como em Agosto, a TAP ‘marca passo' no conjunto das operações entre os dois países ibéricos, que é uma das anunciadas apostas da companhia portuguesa, que anunciou ter ‘pontes aéreas' de Lisboa e do Porto para a capital espanhola.


Aeroportos espanhóis têm no fim de Agosto mais quase nove milhões de passageiros

12-09-2019 (15h02)

Os aeroportos espanhóis estão no fim de Agosto com mais quase nove milhões de passageiros que nos primeiros oito meses de 2018, sobressaindo Madrid, com mais 2,6 milhões, Barcelona, com mais 1,7 milhões, e Palma de Maiorca, Málaga e Alicante, cada aumentos acima dos 700 mil passageiros.

Espanha teve menos turistas estrangeiros este Julho

02-09-2019 (18h13)

Espanha teve este mês de Julho, tradicionalmente o segundo mais forte da época alta, uma quebra de turistas residentes no estrangeiro em 1,3% ou cerca de 133 mil, com quebras dos dois maiores emissores, o Reino Unido e a Alemanha.

Ryanair declara “irreversível” fecho das bases nas Canárias

30-08-2019 (12h45)

A Ryanair afirmou que é “irreversível” a decisão de encerrar as bases de Las Palmas, Tenerife Sul e Lanzarote, e apelou aos sindicatos para a desconvocação das greves previstas para Setembro.

Iberia cancela 101 voos devido a greves em Madrid e Barcelona sexta e Sábado

29-08-2019 (17h44)

A Iberia cancelou 101 voos sexta-feira e Sábado de e para Madrid e Barcelona, incluindo quatro voos de/para Portugal, devido à greve dos trabalhadores da sua subsidiária Iberia Servicios Aeroportuarios, que presta serviços de assistência em escala nos dois aeroportos.

Noticias mais lidas