Ryanair vai voar de Lisboa para Málaga, Sevilha e Valência a partir de Outubro (Actualiza)

30-04-2019 (14h04)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A Ryanair, líder em número de passageiros nos aeroportos espanhóis, com 46,737 milhões em 2018, anunciou que no próximo Inverno IATA, de finais de Outubro deste ano até finais de Março de 2020, vai voar de Lisboa para Málaga, Sevilha e Valência, três rotas em que a TAP é a nº1 em ligações com Portugal.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis a que o PressTUR teve acesso, indicam Málaga como o 4º maior aeroporto espanhol, com 19,02 milhões de passageiros em 2018, Valência em 9º, com 7,769 milhões e Sevilha em 11º, com 6,38 milhões.

Em qualquer deles a Ryanair foi a companhia com mais passageiros no ano passado, com 4,475 milhões em Málaga, 2,96 milhões em Valência e 2,44 milhões em Sevilha.

Destes aeroportos, Valência foi o que teve mais passageiros de voos de/para Portugal, com 187,6 mil, seguido por Sevilha, com 136,1 mil, e Málaga, com 100,3 mil.

A TAP liderou o transporte de passageiros de/para Portugal nesses três aeroportos, com 126,97 mil em Sevilha, 123,3 mil em Valência e 94,07 mil em Málaga.

Além das três novas rotas de Inverno anunciadas hoje, que terão três voos por semana cada uma delas, a low cost já tinha anunciado, a 28 de Fevereiro, numa conferência de imprensa, quatro novos ligações de/para Lisboa, incluindo duas completamente novas, Budapeste e Memmingen, e duas que inaugura este Verão e que apenas são novas face ao Inverno 2018/19, designadamente Bordéus e Clermont.

Contudo, a Ryanair vai deixar de voar no próximo Inverno para Breslávia e Varsóvia Modlin, indicou na altura David O'Brien, Chief Commercial Officer da transportadora (clique para ler: Ryanair estreia 15 rotas de/para Portugal e abandona nove no próximo Inverno).

Para assinalar o lançamento das três novas rotas para Málaga, Sevilha e Valência, a Ryanair lançou uma campanha com descontos de 20% em um milhão de lugares para viagens entre Maio de 2019 e Março de 2020, para reservas efectuadas até à meia-noite de quinta-feira, dia 2 de Maio.

 

Clique para ver mais: Ryanair

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

23-05-2019 (15h39)

A hotelaria espanhola teve alojados 419,5 mil turistas portugueses no primeiro quadrimestre, representando um aumento em 13%, que, porém, apenas se traduziu num aumento das dormidas em 7,4% porque o tempo médio de permanência caiu 5%.

TAP cresce menos que o mercado Espanha - Portugal e em Madrid até tem quebra

22-05-2019 (16h54)

A TAP, que no primeiro quadrimestre de 2018 foi a companhia de aviação de 42,2% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nesse período, este ano baixou para 37,5%, reflectindo a cessação de três rotas e uma quebra de 1,7% no Aeroporto de Madrid.

Voos entre Espanha e o Brasil crescem 11,7% impulsionados pelos voos LATAM de Barcelona

22-05-2019 (16h33)

O movimento de passageiros em voos entre Espanha e o Brasil cresceu 11,7% no primeiro quadrimestre, atingindo um total de 366,6 mil, com o crescimento a ser impulsionado principalmente pelas ligações com o Aeroporto de Barcelona El Prat, cuja principal operadora é a LATAM Brasil (antiga TAM).

Movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha cresce 14% no primeiro quadrimestre

22-05-2019 (14h56)

Portugal, 8ª maior origem/destino de passageiros de voos internacionais nos aeroportos de Espanha, teve de Janeiro a Abril, inclusive, primeiro período do ano não marcado pelas alterações de data da Páscoa, um crescimento em 14%, que compara com um aumento médio de 6,4% do tráfego internacional.

Noticias mais lidas