Ryanair vai competir mais nas ligações entre Portugal e Espanha, com voos para Málaga e Valência

08-10-2019 (14h23)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A low cost Ryanair, que é a maior companhia em número de passageiros nos aeroportos espanhóis, 33,96 milhões nos primeiros oito meses deste ano, anunciou hoje que a partir de Março do próximo ano terá voos para Portugal de dois dos aeroportos onde é líder, Málaga e Valência, que já têm voos da TAP para Portugal.

A informação da Ryanair indica que tem planeado voar a rota Málaga - Lisboa, a rota Málaga - Porto e também a rota Valência – Lisboa, com três voos por semana em cada uma delas, bem como que já tem disponíveis reservas até Outubro do próximo ano, mas sem especificar dias de operações e se os voos serão anuais ou apenas sazonais, no Verão.

Málaga e Valência são dois dos aeroportos espanhóis com mais passageiros de voos de/para Portugal, no caso de Malaga com 91,68 mil nos primeiros oito meses deste ano, 62,27 mil deles em voos TAP, e no caso de Valência com 174,7 mil, 94,1 mil deles em voos TAP.

Málaga é o 4º maior aeroporto espanhol, com 13,6 milhões de passageiros nos primeiros oito meses deste ano, a crescer 5,6% ou 725,3 mil em relação ao período homólogo de 2018.

A Ryanair é a maior companhia em Málaga, com 3,357 milhões de passageiros, seguida pela Vueling, com 1,44 milhões, easyJet UK, com 1,27 milhões, Norwegian Air International, com 1,16 milhões, e Jet2.com, com 677,6 mil.

Valência, por sua vez, é o 9º maior aeroporto espanhol, com 5,76 milhões de passageiros até Agosto, inclusive, em alta de 11,1% ou 574,5 mil.

A Ryanair é também líder no aeroporto de Valência, com 2,16 milhões de passageiros, seguida por Vueling, com 709,9 mil, Air Nostrum, com 456,2 mil, Air Europa, com 419,3 mil, e Lufthansa, com 261,1 mil.

Para ler mais sobre o tráfego aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha clique:

Tráfego aéreo Espanha - Portugal cresce 15,1% até Agosto, com o Porto como ‘motor' do crescimento

Para ler mais sobre o tráfego nos aeroportos espanhóis clique:

Aeroportos espanhóis têm no fim de Agosto mais quase nove milhões de passageiros

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Protestos independentistas ontem na Catalunha fizeram 131 feridos

15-10-2019 (13h50)

Os protestos independentistas de ontem na Catalunha provocaram 131 ferido, 27 deles assistidos em hospitais, de acordo com o Serviço de Emergência Médica.

Grupo Wamos compra activos da Neckermann na Bélgica

11-10-2019 (16h51)

O Grupo Wamos, que está presente em Portugal desde a compra da ES Viagens e da Geostar pelo fundo de investimento Springwater, anunciou a compra de 100% dos activos da agência de viagens Neckermann na Bélgica, uma marca do falido grupo Thomas Cook com cerca de 150 milhões de euros por ano de facturação.

Barceló e Globalia voltam a negociar fusão de agências de viagens e operadores turísticos

08-10-2019 (12h40)

Os grupos Barceló e Globalia, dois dos maiores da organização e comercialização de viagens em Espanha, estão novamente a negociar a integração das suas divisões de agências de viagens e operação turística, para criar um gigante do turismo que disputaria a liderança do El Corte Inglés.

Voos da América Latina asseguram quase metade do crescimento de tráfego do IAG até Setembro

07-10-2019 (16h34)

O IAG, tradicionalmente líder no transporte aéreo de passageiros entre a Europa e a América do Norte, pela força da British Airways e do seu hub de Londres Heathrow, está a assentar o seu crescimento este ano principalmente nos voos de/para a América Latina, em que a sua companhia líder é a espanhola Iberia.

IAG só cresce em Setembro em voos da América Latina e domésticos

07-10-2019 (15h29)

O IAG, grupo de aviação que junta British Airways, Iberia, Vueling, Aer Lingus e Level, viu o seu crescimento em Setembro, mês em que a britânica cancelou 2.325 voos devido a greve de pilotos, cingir-se aos seus voos da América Latina e domésticos no Reino Unido, Espanha e Itália.

Noticias mais lidas