Riu passa a usar palhinhas biodegradávies nos seus hotéis em Portugal, Espanha e Cabo Verde

01-06-2018 (15h07)

A Riu anunciou que a partir de hoje, dia 1 de Junho, passou a utilizar palhinhas biodegradáveis nos seus hotéis em Portugal e Espanha, uma medida que também vai implementar nos seus hotéis em Cabo Verde a partir de Julho.

A iniciativa é levada a cabo em colaboração com fornecedora Emicela e significa a substituição de todo o material anterior por palhinhas mais sustentáveis, com o objectivo de ajudar a reduzir o CO2, eliminar resíduos e proteger o meio ambiente.

O tempo de decomposição das novas palhinhas varia dependendo da humidade e temperatura, mas em condições normais ocorre em 40 dias e sem deixar resíduos visíveis ou tóxicos, o que a Riu encara como "uma grande conquista se considerarmos que uma palhinha comum leva 500 anos a decompor-se".

Com esta iniciativa, o grupo hoteleiro está um passo à frente da Comissão Europeia, que apresentou um plano esta semana para proibir em 2021 uma série de artigos de plástico, incluindo palhinhas, talheres e pratos descartáveis.

Além deste plano, também o governo das Ilhas Baleares apresentou um projecto de lei sobre Prevenção de Resíduos para eliminar artigos plásticos descartáveis e que poderia entrar em vigor em 1 de Janeiro de 2020.

Em Espanha são usadas cinco mil milhões de palhinhas por ano, um número que se eleva a mil milhões por dia se contabilizado a nível mundial, segundo a rede hoteleira.

Apesar de parecerem inofensivas e decorativas em alguns cocktails, as palhinhas são consideradas a principal fonte de lixo marinho, equivalendo a 4% dos oito milhões de toneladas de resíduos plásticos em todo o mundo.

O grupo hoteleiro sublinha que as novas palhinhas são 100% biodegradáveis e também ‘compostáveis' e já podem ser encontradas nos mais de 35 hotéis da Riu nas Ilhas Canárias, na Andaluzia, no Algarve e na Madeira.

A Riu acrescenta que a partir de Julho a medida também vai ser aplicada nos seus hotéis no Sal e na Boavista e que a partir de 2019 deverá começar a implementar também no continente americano.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Riu Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP reforça liderança em voos Portugal - Espanha até Setembro, embora com perda de quota no Verão

22-10-2018 (18h02)

A TAP foi a companhia de aviação em que viajaram 39,7% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nos primeiros nove meses deste ano, a ganhar assim 0,2 pontos em relação ao período homólogo de 2017, embora no Verão (Junho a Setembro) tenha ficado em 37,6%, a baixar 0,6 pontos.

Voos entre Espanha e Portugal crescem 14,1% até Setembro e atingem 3,7 milhões passageiros

22-10-2018 (17h30)

Os aeroportos espanhóis contabilizaram 3,7 milhões de passageiros em voos de/para Portugal nos primeiros nove meses deste ano, com um aumento em 14,1% ou quase 459 mil, de acordo com os dados da empresa gestora, a AENA, consultados pelo PressTUR.

Tráfego aéreo Espanha-Brasil volta a crescer, e a dois dígitos

22-10-2018 (17h02)

Depois de em 2017 ter caído 8%, o número de passageiros a voarem entre Espanha e o Brasil está a subir este ano a 10,8% e com o aumento nos meses de Verão na Europa (Junho a Setembro) a atingir 19,2%, de acordo com dados da gestora dos aeroportos espanhóis, AENA, recolhidos pelo PressTUR.

Mosteiro de Veruela será o 98º Parador de Turismo de Espanha

19-10-2018 (18h08)

Os Paradores de Turismo, em conjunto com as Cidades Património da Humanidade de Espanha, fizeram uma apresentação no Palácio de Palhavã, em Lisboa, com a presença da Embaixadora de Espanha em Portugal, Marta Betanzos, durante a qual foi anunciado que o Parador de Veruela vai ser inaugurado em 2019.

Espanha é o destino que mais ganha com o aumento de gastos turísticos dos portugueses

18-10-2018 (17h50)

Espanha concentrou este mês de Agosto 34,2% dos gastos dos residentes em Portugal em turismo no estrangeiro, por um aumento em 19,8% ou 25,38 milhões, atingindo o montante de 153,73 milhões.