Riu passa a usar palhinhas biodegradávies nos seus hotéis em Portugal, Espanha e Cabo Verde

01-06-2018 (15h07)

A Riu anunciou que a partir de hoje, dia 1 de Junho, passou a utilizar palhinhas biodegradáveis nos seus hotéis em Portugal e Espanha, uma medida que também vai implementar nos seus hotéis em Cabo Verde a partir de Julho.

A iniciativa é levada a cabo em colaboração com fornecedora Emicela e significa a substituição de todo o material anterior por palhinhas mais sustentáveis, com o objectivo de ajudar a reduzir o CO2, eliminar resíduos e proteger o meio ambiente.

O tempo de decomposição das novas palhinhas varia dependendo da humidade e temperatura, mas em condições normais ocorre em 40 dias e sem deixar resíduos visíveis ou tóxicos, o que a Riu encara como "uma grande conquista se considerarmos que uma palhinha comum leva 500 anos a decompor-se".

Com esta iniciativa, o grupo hoteleiro está um passo à frente da Comissão Europeia, que apresentou um plano esta semana para proibir em 2021 uma série de artigos de plástico, incluindo palhinhas, talheres e pratos descartáveis.

Além deste plano, também o governo das Ilhas Baleares apresentou um projecto de lei sobre Prevenção de Resíduos para eliminar artigos plásticos descartáveis e que poderia entrar em vigor em 1 de Janeiro de 2020.

Em Espanha são usadas cinco mil milhões de palhinhas por ano, um número que se eleva a mil milhões por dia se contabilizado a nível mundial, segundo a rede hoteleira.

Apesar de parecerem inofensivas e decorativas em alguns cocktails, as palhinhas são consideradas a principal fonte de lixo marinho, equivalendo a 4% dos oito milhões de toneladas de resíduos plásticos em todo o mundo.

O grupo hoteleiro sublinha que as novas palhinhas são 100% biodegradáveis e também ‘compostáveis' e já podem ser encontradas nos mais de 35 hotéis da Riu nas Ilhas Canárias, na Andaluzia, no Algarve e na Madeira.

A Riu acrescenta que a partir de Julho a medida também vai ser aplicada nos seus hotéis no Sal e na Boavista e que a partir de 2019 deverá começar a implementar também no continente americano.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Riu Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lucro da Meliá Hotels International sobe 7,2% no primeiro semestre

31-07-2018 (10h18)

A Meliá Hotels International registou no primeiro semestre 61,8 milhões de euros de lucro, mais 7,2% que no período homólogo do ano passado.

Barceló anuncia novo hotel na província de Cádis em 2020

30-07-2018 (16h03)

O Barceló Hotel Group anunciou um acordo com a empresa Wingenial para a abertura em 2020 de um hotel de classificação 4-estrelas superior em Conil de la Frontera, próximo de Cádis, no Sul de Espanha.

Hyatt recua na proposta de compra do NH Hotel Group

30-07-2018 (13h07)

“Com base em informações que temos agora, achamos que o caminho para uma oferta bem-sucedida da Hyatt, nos termos expressos na nossa carta, foi reduzido até ao ponto de ser impraticável", afirma a Hyatt numa missiva enviada à NH no Domingo e revelada hoje.

Qatar Airways reforça oferta de voos para Madrid

30-07-2018 (10h21)

A companhia aérea Qatar Airways vai reforçar a sua oferta de voos entre Madrid e Doha, de 18 para 21 voos por semana a partir de 16 de Setembro.

Hyatt prepara proposta de aquisição do NH Hotel Group

27-07-2018 (15h59)

A Hyatt Hotels apresentou uma proposta de compra não-vinculativa de 100% do grupo hoteleiro espanhol NH Hotel Group, por um valor que não revelou, mas que indicou ser superior à oferta pública de aquisição do grupo tailandês Minor International, proprietário da Tivoli Hotels & Resorts.