Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Os dados Instituto mostram que ainda asssim os hotéis espanhóis superaram no quadrimestre as 80 milhões de dormidas, tendo somado 80,459 milhões, mais 1,4 milhões que no período homólogo de 2018.

Os estabelecimentos espanhóis, de acordo com esses dados receberam 27,9 milhões de hóspedes nos primeiros quatro meses deste ano, mais 925,1 mil que no período homólogo de 2018, com +2,4% ou mais 338,2 mil residentes em Espanha, somando 14,58 milhões, e +4,6% ou mais 586,9 mil residentes no estrangeiro, totalizando 13,33 milhões.

Apesar deste aumento mais forte de hóspedes residentes no estrangeiro, este mercado teve um crescimento mais fraco em dormidas que o dos residentes em Espanha, com um aumento em 1,6% (mais 799,8 mil, para 49,92 milhões) face a um aumento em 2% (mais 609,3 mil, para 30,5 milhões).

A fazer a diferença esteve a estada média, que baixou 0,3% no segmento dos residentes em Espanha, para 2,09 noites, e 2,8% no dos residentes no estrangeiro, para 3,74 noites.

Por mercados, os mais penalizadores para a hotelaria espanhola no quadrimestre foram o alemão, com uma quebra de 503,7 mil dormidas (-5,1%, para 9,4 milhões), o sueco, com menos 309,1 mil dormidas (-15,5%, para 1,67 milhões), e o Belga, com menos 70,2 mil dormidas (-4,4%, para 1,5 milhões).

A proporcionar o aumento ainda assim em quase 800 mil dormidas de turistas estrangeiros no quadrimestre estiveram, principalmente, os Estados Unidos, com mais 236,5 mil dormidas (+15,4%, para 1,77 milhões), Itália, com mais 223 mil (+10,3%, para 2,379 milhões), Reino Unido, com mais 152,1 mil (+1,4%, para 11,299 milhões), a que se somaram os aumentos dos conjuntos “Resto do Mundo” (exclui Europa, América e Japão), com mais 329,9 mil (+12,9%, para 2,89 milhões), “América sem Estados Unidos”, com mais 198,1 mil (+9,6%, para 2,5 milhões, África, com mais 149,3 mil (+28,7%, para 669,4 mil), e “Resto da UE” (Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Bulgária e Roménia), com mais 139,8 mil (+16,1% para 1,006 milhões).

 

Para ler mais clique:

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

 

Clique para mais notícias: Hotelaria espanhola

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

RIU Palmeras reabre após investimento de 22 milhões de euros

20-08-2019 (15h02)

A RIU Hotels & Resorts anunciou que reabriu o seu primeiro hotel localizado na Gran Canária, o Riu Palmeras, após uma renovação em que investiu 22 milhões de euros.

Trabalhadores da Iberia em Barcelona convocam quatro dias de greve em Agosto

13-08-2019 (16h13)

Os trabalhadores da Iberia no Aeroporto de Barcelona El Prat vão estar em greve nos dias 24, 25, 30 e 31 de Agosto, para exigir melhorias na situação laboral relacionadas com excesso de horas de trabalho.

AENA alerta para greve de trabalhadores de segurança no aeroporto Barcelona El Prat

13-08-2019 (15h54)

A AENA, empresa gestora dos aeroportos espanhóis, está a alertar os passageiros para uma greve de trabalhadores de segurança no Aeroporto Josep Tarradellas Barcelona-El Prat.

Level programa mais voos de Barcelona para a costa Leste dos Estados Unidos

13-08-2019 (15h01)

A Level, companhia de aviação leisure de longo curso do IAG que tem Barcelona El Prat como um dos seus aeroportos base, vai reforçar as ligações entre a capital catalã e os Estados Unidos no próximo Verão, com mais dois voos por semana para Boston e para Nova Iorque JFK.

RIU inaugura hotel em Madrid, no emblemático Edifício España

12-08-2019 (14h53)

A RIU Hotels & Resorts inaugurou o seu primeiro hotel em Madrid, um 4-estrelas de 585 quartos que resulta da renovação do emblemático Edifício España, uma construção dos anos 1950 localizada na Gran Vía, em frente à Plaza de España.

Noticias mais lidas