Hotéis espanhóis de topo de gama sofrem quedas de ocupação em Março

24-04-2018 (16h06)

Mas subidas de preços aguentaram ganhos de RevPAR

Os hotéis de 4 e 5-estrelas foram os que tiveram piores desempenhos em Espanha no mês de Março, com aumentos da RevPAR abaixo do aumento médio do sector, porque apresentaram quedas da taxa de ocupação.

Dados do INE espanhol recolhidos pelo PressTUR indicam que os 5-estrelas ouro tiveram uma queda da taxa de ocupação em 1,1 pontos, para 63,98%, com a qual, apesar de um aumento do preço médio em 2%, para 177 euros, a RevPAR subiu apenas 1,1%.

Os 4-estrelas ouro tiveram igualmente uma queda da taxa de ocupação em 1,1 pontos, para 70,25%, pelo que o aumento do preço médio em 5,4%, para 86,69 euros, se traduziu num aumento da RevPAR de apenas 4,1%, para 60,78 euros.

Segundo o INE espanhol, a RevPAR média da hotelaria espanhola subiu 6,1% em Março, para 49,94 euros, por aumento do preço médio das diárias em 5,2%, para 81,73 euros, e subida da taxa de ocupação em 0,5 pontos, para 61,2%.

Os dados do INE espanhol indicam, também, que os 4 e 5-estrelas ouro foram as categorias que tiveram maiores aumentos de capacidade no mês de Março, com aumentos do número de quartos estimados pelo Instituto em 3,7% e em 4,9% respectivamente, enquanto o aumento médio do conjunto do sector foi de 2,1%, com 1% nos 3-estrelas ouro, 2,8% os 2-estrelas ouro, e 1,1% nos 1-estrela ouro.

Estes foram os que tiveram a subida mais forte da RevPAR, em 16,6%, para 20,53 euros, com +7,1% no preço médio das diárias, para 53,25 euros.

Seguiram-se os 2-estrelas ouro, com +13,6% em RevPAR, para 25,67 euros, e um aumento do preço médio em 6%, para 54,55 euros, e os 3-estrelas ouro, com +6,2% em RevPAR, para 40,58 euros, e aumento do preço médio em 6,6%, para 63,89 euros.

 

Para ler mais clique:

Páscoa mais cedo faz hotelaria espanhola crescer, mas sem chegar às dormidas de Março de 2016

Portugal é o país que mais está a fazer crescer a hotelaria espanhola

Hotelaria espanhola penalizada por evolução dos mercados britânico e alemão

 

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria espanhola

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

‘Rotas espanholas’ suspensas pela TAP tiveram quedas de passageiros em Julho e Agosto

09-10-2018 (15h10)

As três ‘rotas espanholas’ que a TAP vai suspender a partir de dia 28, início do chamado Inverno IATA, época baixa da aviação, Vigo, Corunha e Oviedo, segundo dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, tiveram crescimento do número de passageiros em 5,2% nos primeiros oito meses deste ano, mas com quebras em Julho e Agosto, últimos meses de que há dados.

Quebra da hotelaria espanhola já ultrapassa 1,5 milhões de dormidas

25-09-2018 (15h09)

A hotelaria espanhola teve em Agosto, tradicionalmente o mês de mais actividade, a terceira quebra de dormidas consecutiva provocada pelo decréscimo dos mercados internacionais.

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola ‘disparam’ 14% em Agosto

25-09-2018 (12h17)

Os portugueses foram os turistas com aumento mais forte das dormidas na hotelaria espanhola em Agosto, o principal mês de férias em Portugal, por aumentos simultaneamente do número de hóspedes e da estada média.

Barceló procura compradores para a Ávoris

17-09-2018 (13h41)

O Grupo Barceló está a procurar compradores para a Ávoris Reinventing Travel, a sua divisão de organização e comercialização de viagens, com marcas como B the travel brand, Jolidey ou Orbest, que avaliou em 350 milhões de euros.

eDreams Odigeo refinancia dívida de 425 milhões de euros

17-09-2018 (12h34)

O grupo eDreams Odigeo conseguiu refinanciar a sua dívida de 425 milhões de euros, com um acordo que “coloca a empresa numa posição muito mais forte, com maior flexibilidade”, de acordo com o seu director financeiro, David Elízaga.