Hotéis Accor na Península Ibérica tiveram aumento da RevPAR em 7,2% no 1º trimestre

20-04-2018 (10h50)

Grupo assinala recuperação no Brasil, à excepção do Rio de Janeiro

Os hotéis do grupo Accor na Península Ibérica tiveram um aumento da receita de quartos por quarto disponível (RevPAR) de 7,2%, que compara com um aumento médio na Europa de 4,6% e 5,3% a nível global.

A informação do grupo, um dos maiores do mundo, com 619.058 quartos em 4.304 quartos, especifica que o aumento da sua RevPAR em 5,3%, para 56 euros, foi com subidas da taxa média de ocupação em dois pontos, para 64,5%, e um aumento do preço médio em 2,1%, para 86 euros.

Na Europa, o aumento da RevPAR média em 4,6%, para 50 euros, foi com subida da taxa média de ocupação em 1,5 pontos, para 63,2%, e aumento do preço médio em 2,2%, para 78 euros.

A informação especifica que no segmento luxo e topo de gama na Europa o aumento da RevPAR foi de 4,3%, para 97 euros, no segmento médio de gama foi de 4,9%, para 56 euros, e no segmento económico foi em 4,7%, para 38 euros.

O grupo especifica que essa subidas foram proporcionadas simultaneamente por aumentos do preço médio (+1,8% no segmento luxo e topo de gama, para 156 euros, 1,7% no médio de gama, para 89 euros, e 2,7% no económico, para 60 euros) e da taxa de ocupação (+1,5 pontos no luxo e topo de gama, para 62%, +1,9 pontos no médio de gama, para 62,9%, e +1,2 pontos no económico, para 63,5%).

A região onde a Accor teve a subida mais forte da RevPAR foi a América do Sul, com uma subida em 13,9%, para 32 euros, com o grupo a especifica que o impulso veio principalmente da sua actividade no Brasil, “com uma muito pronunciada aceleração por todo o país, à excepção do Rio, onde o excesso de capacidade decorrente dos Jogos Olímpicos e as tensões sociais continuam a penalizar a procura”.

 

Clique para mais notícias: Accor

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Mosteiro de Veruela será o 98º Parador de Turismo de Espanha

19-10-2018 (18h08)

Os Paradores de Turismo, em conjunto com as Cidades Património da Humanidade de Espanha, fizeram uma apresentação no Palácio de Palhavã, em Lisboa, com a presença da Embaixadora de Espanha em Portugal, Marta Betanzos, durante a qual foi anunciado que o Parador de Veruela vai ser inaugurado em 2019.

Espanha é o destino que mais ganha com o aumento de gastos turísticos dos portugueses

18-10-2018 (17h50)

Espanha concentrou este mês de Agosto 34,2% dos gastos dos residentes em Portugal em turismo no estrangeiro, por um aumento em 19,8% ou 25,38 milhões, atingindo o montante de 153,73 milhões.

‘Rotas espanholas’ suspensas pela TAP tiveram quedas de passageiros em Julho e Agosto

09-10-2018 (15h10)

As três ‘rotas espanholas’ que a TAP vai suspender a partir de dia 28, início do chamado Inverno IATA, época baixa da aviação, Vigo, Corunha e Oviedo, segundo dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, tiveram crescimento do número de passageiros em 5,2% nos primeiros oito meses deste ano, mas com quebras em Julho e Agosto, últimos meses de que há dados.

Quebra da hotelaria espanhola já ultrapassa 1,5 milhões de dormidas

25-09-2018 (15h09)

A hotelaria espanhola teve em Agosto, tradicionalmente o mês de mais actividade, a terceira quebra de dormidas consecutiva provocada pelo decréscimo dos mercados internacionais.

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola ‘disparam’ 14% em Agosto

25-09-2018 (12h17)

Os portugueses foram os turistas com aumento mais forte das dormidas na hotelaria espanhola em Agosto, o principal mês de férias em Portugal, por aumentos simultaneamente do número de hóspedes e da estada média.