Hainan Airlines reforça capacidade da rota Shenzhen - Madrid

04-04-2018 (12h42)

Website Hainan Airlines
Website Hainan Airlines

A Hainan Airlines, maior companhia de aviação do grupo HNA, accionista da TAP, da Azul e da Aigle Azur, vai pôr um avião de maior capacidade, um Boeing Dreamliner 787-9, a voar entre Shenzhen, China, e Madrid, no próximo Inverno IATA, a partir de 28 de Outubro.

A companhia tem actualmente nessa rota dois voos por semana em Boeing B787-8.

Além da rota de Madrid, a companhia chinesa também vai reforçar da mesma forma a linha Shenzhen - Bruxelas.

 

Clique para mais notícias: Hainan Airlines

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

‘Rotas espanholas’ suspensas pela TAP tiveram quedas de passageiros em Julho e Agosto

09-10-2018 (15h10)

As três ‘rotas espanholas’ que a TAP vai suspender a partir de dia 28, início do chamado Inverno IATA, época baixa da aviação, Vigo, Corunha e Oviedo, segundo dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, tiveram crescimento do número de passageiros em 5,2% nos primeiros oito meses deste ano, mas com quebras em Julho e Agosto, últimos meses de que há dados.

Quebra da hotelaria espanhola já ultrapassa 1,5 milhões de dormidas

25-09-2018 (15h09)

A hotelaria espanhola teve em Agosto, tradicionalmente o mês de mais actividade, a terceira quebra de dormidas consecutiva provocada pelo decréscimo dos mercados internacionais.

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola ‘disparam’ 14% em Agosto

25-09-2018 (12h17)

Os portugueses foram os turistas com aumento mais forte das dormidas na hotelaria espanhola em Agosto, o principal mês de férias em Portugal, por aumentos simultaneamente do número de hóspedes e da estada média.

Barceló procura compradores para a Ávoris

17-09-2018 (13h41)

O Grupo Barceló está a procurar compradores para a Ávoris Reinventing Travel, a sua divisão de organização e comercialização de viagens, com marcas como B the travel brand, Jolidey ou Orbest, que avaliou em 350 milhões de euros.

eDreams Odigeo refinancia dívida de 425 milhões de euros

17-09-2018 (12h34)

O grupo eDreams Odigeo conseguiu refinanciar a sua dívida de 425 milhões de euros, com um acordo que “coloca a empresa numa posição muito mais forte, com maior flexibilidade”, de acordo com o seu director financeiro, David Elízaga.