Greve dos tripulantes de cabina da Ryanair em Espanha reduzida aos dias 10 e 13

08-01-2019 (10h52)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

Os sindicatos de tripulantes de cabina da Ryanair em Espanha desconvocaram a greve prevista hoje, mas mantiveram a convocação para quinta-feira, dia 10, e Domingo, dia 13.

A informação foi avançada ontem à noite, após uma reunião de mediação na sede do Ministério de Trabalho com sindicatos e companhia aérea.

Os sindicatos USO e Sitpla adiantaram num comunicado que as negociações são retomadas hoje de manhã, para se tentar evitar as greves de 10 e 13 de Janeiro.

Os tripulantes de cabina exigem que a Ryanair cumpra a legislação laboral vigente em Espanha e que este cumprimento se estenda às agências de contratação Crewlink e Workforce, através das quais estão empregados muitos dos trabalhadores chamados a fazer greve.

Os sindicatos admitem que a greve terá “impacto nulo” nos trajectos domésticos e “mínimo” nos voos internacionais devido aos serviços mínimos estabelecidos, enquanto que a Ryanair anunciou na sua conta da rede social Twitter que espera cumprir a programação completa dos voos, desde e dentro de Espanha.

O Ministério da Economia espanhol fixou serviços mínimos que obriga a Ryanair a garantir 100% dos voos nos territórios peninsulares e 57% dos serviços internacionais, assim como os domésticos sem alternativas de transporte inferiores a cinco horas, e 35% para o resto das operações.

A companhia aérea, assim como a Crewlink e Workforce, deverão adoptar as medidas necessárias para que estes serviços essenciais sejam feitos nas condições habituais, mantendo o pessoal estritamente necessário para cada período afectado, salvaguardando em todo o momento a segurança, de acordo com a resolução ministerial.

Estas novas jornadas de greve somam-se às já realizadas pelos tripulantes de cabina da low cost irlandesa nos dias 25 e 26 de Julho e a 28 de Setembro em Espanha e em outros países como Portugal.

A Ryanair é a operadora aérea que mais passageiros transporta no mercado espanhol, onde opera mais de 400 rotas e conta com cerca de 1.900 tripulantes nas suas bases em Espanha.

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT apresenta queixa contra a TAP por uso abusivo de dados de passageiros

18-07-2019 (10h40)

A APAVT formalizou junto da IATA, associação internacional de companhias de aviação, uma queixa contra a TAP por alegada utilização abusiva dos contactos dos passageiros que os agentes de viagens são obrigados a fornecer, noticiou hoje o jornal espanhol "Nexotur".

Riu Garoe em Tenerife reabre após renovação completa

17-07-2019 (13h37)

A rede hoteleira espanhola RIU Hotels & Resorts reabriu o seu hotel de 4-estrelas Riu Garoe, localizado no Norte da ilha de Tenerife, completamente renovado.

Crescimento os voos Espanha - Portugal desloca-se de Lisboa para o Porto

16-07-2019 (17h59)

O Aeroporto do Porto concentrou 69% do crescimento do movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha, quando há um ano, no primeiro semestre de 2018, 58,4% do crescimento estava no Aeroporto de Lisboa.

Voos entre Espanha e Portugal crescem quase 15% no 1º semestre, apesar de TAP quase estagnada

16-07-2019 (17h34)

Os aeroportos espanhóis tiveram 2,58 milhões de passageiros de voos de/para Portugal no primeiro semestre, o que representa um aumento em 14,8% ou 332,7 mil, para o qual a TAP, que já teve a liderança clara deste mercado, teve um contributo de apenas 2,5%, porque praticamente estagnou.

IAG é o grupo europeu de aviação que mais está a crescer este ano

12-07-2019 (17h18)

O IAG, do qual fazem parte as companhias de aviação British Airways, Iberia, Aer Lingus, Vueling e Level, foi o grupo europeu com maiores aumentos de tráfego medido em RPK e de passageiros no primeiro semestre, sem destronar no entanto Air France KLM em RPK e Lufthansa em número de passageiros.

Noticias mais lidas