Efeito Páscoa ‘custa’ 400 mil dormidas à hotelaria espanhola

24-04-2019 (15h30)

Os hotéis de Espanha tiveram este mês de Março menos 400 mil dormidas (-1,8%) que em Março de 2018, que foi o mês das férias da Páscoa, enquanto este ano foi em Abril.

Os dados publicados pelo INE espanhol indicam que os hotéis de Espanha tiveram este Março 21,51 milhões de dormidas, quanto no mês homólogo de 2018 tinham somado 21,91 milhões.

Mas o próprio Instituto recomenda que não se compare apenas Março com o mês homólogo de 2018, “dado que em 2019 a Semana Santa se celebrou em Abril e em 2018 teve lugar em Março e Abril”, acrescentando que assim é “conveniente” fazer a comparação entre o conjunto os dois meses.

Os dados mostram que embora a tendência seja desfavorável a este ano, os hotéis espanhóis tiveram ainda assim um ligeiro aumento das dormidas de turistas estrangeiros em Março (+0,3% ou mais 39,8 mil) e que a quebra foi provocada, portanto, pelo decréscimo do mercado doméstico, que é mais ‘sensível’ à Páscoa e, assim, teve uma quebra das dormidas em 4,9%.

Entre os mercados internacionais que em Março tiveram alta das dormidas nos hotéis espanhóis conta-se o português, com um aumento em 3,7% ou 8,1 mil pernoitas, somando 229,3 mil.

Os dados do INE espanhol indicam que essa subida das dormidas ficou a dever-se a um forte aumento do número de turistas portugueses que estiveram alojados nos hotéis, com uma subida em 14,9% ou 13,9 mil, para 107,4 mil, com a qual foi superado o efeito de um decréscimo da estada média em 9,7%, para 2,1 noites.

Apesar desta subida das dormidas em Março, Portugal é um dos mercados que no trimestre tem queda das dormidas nos hotéis espanhóis em 1,7% ou 8,8 mil, para 523,2 mil.

Esta quebra ocorre apesar de uma aumento do número de turistas portugueses que se alojaram em hotéis espanhóis nos primeiros três meses deste ano, o qual subiu 4,6% ou 11,2 mil, para 252,4 mil, devido à quebra da estada média, que baixa 6%, para 2,1 noites.

 

Clique para mais notícias: Hotelaria espanhola

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

23-05-2019 (15h39)

A hotelaria espanhola teve alojados 419,5 mil turistas portugueses no primeiro quadrimestre, representando um aumento em 13%, que, porém, apenas se traduziu num aumento das dormidas em 7,4% porque o tempo médio de permanência caiu 5%.

TAP cresce menos que o mercado Espanha - Portugal e em Madrid até tem quebra

22-05-2019 (16h54)

A TAP, que no primeiro quadrimestre de 2018 foi a companhia de aviação de 42,2% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nesse período, este ano baixou para 37,5%, reflectindo a cessação de três rotas e uma quebra de 1,7% no Aeroporto de Madrid.

Voos entre Espanha e o Brasil crescem 11,7% impulsionados pelos voos LATAM de Barcelona

22-05-2019 (16h33)

O movimento de passageiros em voos entre Espanha e o Brasil cresceu 11,7% no primeiro quadrimestre, atingindo um total de 366,6 mil, com o crescimento a ser impulsionado principalmente pelas ligações com o Aeroporto de Barcelona El Prat, cuja principal operadora é a LATAM Brasil (antiga TAM).

Movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha cresce 14% no primeiro quadrimestre

22-05-2019 (14h56)

Portugal, 8ª maior origem/destino de passageiros de voos internacionais nos aeroportos de Espanha, teve de Janeiro a Abril, inclusive, primeiro período do ano não marcado pelas alterações de data da Páscoa, um crescimento em 14%, que compara com um aumento médio de 6,4% do tráfego internacional.

Noticias mais lidas