Barceló procura compradores para a Ávoris

17-09-2018 (13h41)

O Grupo Barceló está a procurar compradores para a Ávoris Reinventing Travel, a sua divisão de organização e comercialização de viagens, com marcas como B the travel brand, Jolidey ou Orbest, que avaliou em 350 milhões de euros.

A Barceló, que contratou o banco de investimento Lazard antes do Verão para procurar potenciais interessados na Ávoris, avaliou a sua subsidiária em 350 milhões de euros, segundo indicaram fontes do mercado ao jornal espanhol “Expansión”.

As mesmas fontes avançaram que o Grupo Barceló recebeu ofertas não vinculativas de vários interessados, estando actualmente em conversações mais avançadas com fundos de private equity.

O grupo turístico, segundo a notícia, ainda terá que decidir se pretender dar entrada a uma sócio para partilhar o capital ou se vende a totalidade da Ávoris e abandona o negócio das viagens para concentrar a sua actuação na área hoteleira.

O grupo Barceló poderá optar por uma oferta nas próximas semanas para encerrar a operação antes do fim do ano.

A Ávoris, dirigida por Gabriel Subías, fechou o ano de 2017 com uma facturação de 1.825 milhões de euros, mais quase 20% ou mais 288 milhões que em 2016, segundo o relatório do grupo.

No final de 2017, a Ávoris empregava 2.676 pessoas, mais 9% que um ano antes.

A Ávoris actua na área das agências de viagens, operação turística, receptivo e aviação, com marcas como a B the travel brand, Catai, Jolidey, Evelop e Orbest.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Barceló

Clique para ver mais: Ávoris

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria espanhola cresce uns ‘magros’ 1,8% no 1º quadrimestre pela queda da estada média

23-05-2019 (16h50)

A hotelaria espanhola recebeu no primeiro quadrimestre mais 3,4% de turistas, mas contabilizou apenas +1,8% de dormidas, porque a estada média caiu 1,6%, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE espanhol.

Turistas portugueses na hotelaria espanhola aumentam 13%, mas permanecem menos tempo

23-05-2019 (15h39)

A hotelaria espanhola teve alojados 419,5 mil turistas portugueses no primeiro quadrimestre, representando um aumento em 13%, que, porém, apenas se traduziu num aumento das dormidas em 7,4% porque o tempo médio de permanência caiu 5%.

TAP cresce menos que o mercado Espanha - Portugal e em Madrid até tem quebra

22-05-2019 (16h54)

A TAP, que no primeiro quadrimestre de 2018 foi a companhia de aviação de 42,2% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal nesse período, este ano baixou para 37,5%, reflectindo a cessação de três rotas e uma quebra de 1,7% no Aeroporto de Madrid.

Voos entre Espanha e o Brasil crescem 11,7% impulsionados pelos voos LATAM de Barcelona

22-05-2019 (16h33)

O movimento de passageiros em voos entre Espanha e o Brasil cresceu 11,7% no primeiro quadrimestre, atingindo um total de 366,6 mil, com o crescimento a ser impulsionado principalmente pelas ligações com o Aeroporto de Barcelona El Prat, cuja principal operadora é a LATAM Brasil (antiga TAM).

Movimento de passageiros em voos entre Portugal e Espanha cresce 14% no primeiro quadrimestre

22-05-2019 (14h56)

Portugal, 8ª maior origem/destino de passageiros de voos internacionais nos aeroportos de Espanha, teve de Janeiro a Abril, inclusive, primeiro período do ano não marcado pelas alterações de data da Páscoa, um crescimento em 14%, que compara com um aumento médio de 6,4% do tráfego internacional.

Noticias mais lidas