APAVT apresenta queixa contra a TAP por uso abusivo de dados de passageiros

18-07-2019 (10h40)

A APAVT formalizou junto da IATA, associação internacional de companhias de aviação, uma queixa contra a TAP por alegada utilização abusiva dos contactos dos passageiros que os agentes de viagens são obrigados a fornecer, noticiou hoje o jornal espanhol "Nexotur".

A APAVT (Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo) esteve na sede da IATA em Madrid, na sexta-feira, dia 12 de Julho.

O que esta em causa é a alegada utilização abusiva dos dados de passageiros que as agências de viagens são obrigados a fornecer à TAP, como o PressTUR avançou esta segunda-feira (clique para ler: TAP acusada de utilização abusiva de contactos dos passageiros e violação das regras de protecção de dados).

O "Nexotur" avança hoje que a Confederação Europeia das Associações de Agências de Viagens (ECTAA) enviou uma carta à IATA a protestar as consquências da aprovação da resolução que obriga os agentes de viagens a comunicar às companhias aéreas os dados dos passageiros.

Na carta dirigida ao vice-presidente sénior de Finanças e Distribuição da IATA, Aleks Popovich, a ECTAA acusa as companhias aéreas de utilizar os dados dos clientes fornecidos pelas agências de viagens para depois os contactar directamente.

Por outro lado, a confederação sublinha que a medida obriga a modificações significativas nos processos de reserva e que conduzirá a procedimentos complexos e extremamente caros.

A ECTAA acrescenta ainda que a resolução incumpre com o regulamento de protecção de dados da União Europeia (RGPD), que estabelece que os clientes devem ser informados dos objectivos do processamento dos seus dados pessoais, bem como do período de armazenamento desses dados.

 

Ver também:

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: APAVT

Clique para ver mais: TAP

Clique para ver mais: IATA

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotelaria espanhola penalizada por queda da estada média da maioria dos emissores

24-01-2020 (17h44)

A hotelaria espanhola alojou em 2019 mais 1,77 milhões de turistas residentes no estrangeiro, mas teve apenas mais 151,7 mil dormidas desses mercados, pela queda da estada média em 3,1%, concluiu o PressTUR dos dados publicados pelo INE espanhol.

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola aumentaram 8,1% em 2019 e atingiram 4,32 milhões

24-01-2020 (16h06)

Os hotéis espanhóis tiveram alojados em 2019 um total de 1,64 milhões de turistas residentes em Portugal, que fizeram 4,32 milhões de dormidas, de acordo com os dados do INE espanhol que indicam subidas em 8,6% do número de hóspedes portugueses e de 8,1% das suas pernoitas.

Wamos Air quer captar mais portugueses para os seus voos

23-01-2020 (10h48)

A Wamos Air assina esta quinta-feira um acordo para formalizar a sua representação em Portugal pela ATR, disse ao PressTUR David Blázquez, commercial routes manager, que assume o objectivo de captar mais passageiros no mercado português.

Portugal é destino de 20% das vendas da Tourmundial para a Península Ibérica

23-01-2020 (10h47)

Luis Ortiz de Vallejuelo, director Comercial da Tourmundial, disse ao PressTUR que Portugal “é um produto muito importante”, com um peso de cerca de 20% nas vendas do operador turístico para a Península Ibérica.

Portugal cresce nas vendas da Meliá num ano “extremamente complicado”, Gabriel Escarrer

23-01-2020 (10h45)

Portugal foi um dos mercados que cresceu nas contas da rede hoteleira espanhola Meliá em 2019, um ano “extremamente complicado” por diversos factores, afirmou Gabriel Escarrer Jaume, vice-presidente executivo.

Noticias mais lidas