Chegada de turistas portugueses à Dominicana bate recorde com sete anos

18-05-2018 (16h37)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

Portugal é o emissor europeu com maior aumento de turistas no quadrimestre

A República Dominicana alcançou este ano um novo recorde de turistas portugueses num primeiro quadrimestre, superando pela primeira vez a marca que datava de 2011.

Dados oficiais da Dominicana indicam que chegaram ao país recebeu nos primeiros quatro meses deste ano 9.673 turistas residentes em Portugal, batendo assim os 8.171 do primeiro quadrimestre de há sete anos.

Desde então, o número de turistas portugueses a chegarem à Dominicana no primeiro quadrimestre, um período de baixa do turismo no mercado português, foi caindo sucessivamente, até atingir um mínimo de 2.313 em 2015.

Seguiram-se aumentos em 32,9 em 2016 e em 24,5% no ano passado, mas só este ano, com charters directos de Lisboa para Punta Cana na época baixa é que o mercado ‘disparou', registando um aumento em 152,8%, com aumentos de 359,3% em Janeiro, em 294,4% em Fevereiro, em 199,6% em Março e em 64,1% em Abril.

Os dados publicados pelo Banco Central da Dominicana permitiram comprovar que o crescimento se deu no Aeroporto de Punta Cana, que é o destino dos charters directos de Lisboa, ao qual chegaram 8.821 turistas residentes em Portugal no primeiro quadrimestre, com um aumento em 211,4% ou 5.988 em relação aos primeiros quatro meses de 2017.

Esse aumento deu-se com aumentos em 822,9% em Janeiro, em 500% em Fevereiro, em 277,1 em Março e em 81,6% em Abril.

Ao Aeroporto Internacional de Las Américas, que serve a capital do país, e que é o destino dos voos regulares de Madrid, uma das opções também à venda em Portugal, chegaram no primeiro quadrimestre 836 turistas residentes em Portugal, neste caso com uma queda em 14,3% ou 139.

Os dados da Dominicana permitem ver, adicionalmente, que o país europeu de onde teve o maior aumento de turistas no primeiro quadrimestre foi Portugal, com mais 5,8 mil, à frente da Ucrânia, com mais quatro mil (+161,9%, para 6,5 mil), Polónia, com mais 4,1 mil (+32,8%, para 12,9 mil), Suíça, com mais 2,2 mil (+18,2%, para 14,3 mil), e República Checa, com mais 1,8 mil (+109,3%, para 3,6 mil).

Ainda assim, a Dominicana tem no primeiro quadrimestre deste ano um decréscimo das chegadas de turistas residentes na Europa em 2% ou 9,8 mil, para 487 mil.

Esta queda deve-se principalmente aos decréscimos das chegadas da Alemanha (-19,8% ou menos 20,3 mil, para 82,6 mil), Rússia (-6,6% ou menos 5,3 mil, para 75,1 mil), Suécia (-30,8% ou menos 4,3 mil, para 9,6 mil), e Inglaterra (-4% ou menos dois mil, para 49,4 mil).

O total de turistas não residentes chegados à Dominicana ainda assim aumentou 5,6% ou 124,7 mil, para 2,347 milhões no quadrimestre, com +4,6% ou mais 90,7 mil estrangeiros, para 2,08 milhões, e +14,6% ou mais 33,9 mil dominicanos, para 266,6 mil.

A América do Norte, primeiro emissor para a Dominicana, foi também no primeiro quadrimestre o que mais impulsionou o aumento dos estrangeiros, com +7,1% ou mais 85,5 mil, para 1,29 milhões, 798,3 mil deles procedentes dos Estado Unidos (+7,9% ou mais 58,5 mil) e 481,7 mil procedentes do Canadá (+5,9% ou mais 26,8 mil).

Os emissores da América do Sul tiveram o segundo maior contributo para o crescimento no quadrimestre, com um aumento em 12,5% ou 26,4 mil, para 237,8 mil, com realce para os crescimentos das chegadas da Argentina (+41,6% ou mais 22,9 mil, para 78,1 mil) e do Brasil (+40,2% ou mais 10,8 mil, para 37,6 mil).

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Caraibas

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Gala Michelin pela primeira vez em Portugal é afirmação como “destino gastronómico”

14-11-2018 (18h02)

Chefs portugueses de restaurantes com estrelas Michelin são unânimes em afirmar que a realização da cerimónia de apresentação do Guia Michelin da Península Ibérica pela primeira vez em Portugal, no 10.º aniversário da gala, significa um reconhecimento do país como “destino gastronómico”.

Angola quer mais aposta em lodges e resorts - Ministra

14-11-2018 (17h45)

A ministra do Turismo de Angola, Ângela Bragança, defendeu hoje que Luanda já tem suficientes hotéis de cinco estrelas, sendo necessária apostar nos lodges e nos resorts para aumentar o fluxo turístico para o país.

Ana Mendes Godinho garante +37,5% para as Agências Regionais de Promoção Turística

14-11-2018 (17h28)

As Agências Regionais de Promoção Turística passarão a receber mais 37,5%, atingindo um total de 16,5 milhões de euros anuais, anunciou a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que disse que o objectivo é reforçar nomeadamente verbas para quatro regiões e a aposta no Reino Unido.

Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por dormida a partir de Dezembro

14-11-2018 (17h27)

A Câmara de Óbidos vai cobrar um euro por cada turista que dormir no concelho a partir do dia 1 de Dezembro, estabelece o regulamento da Taxa Turística, publicado hoje em Diário da República.

TAP foi a companhia estrangeira líder em passageiros de/para o Brasil em 2017

14-11-2018 (17h11)

A TAP foi a 3ª maior companhia em passageiros de voos internacionais de/para o Brasil e a primeira entre as estrangeiras, suplantando a maior companhia de aviação do mundo, a American Ailines, dos Estados Unidos, de acordo com o Anuário publicado pela ANAC, autoridade aeronáutica brasileira.