Chegada de turistas portugueses à Dominicana bate recorde com sete anos

18-05-2018 (16h37)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

Portugal é o emissor europeu com maior aumento de turistas no quadrimestre

A República Dominicana alcançou este ano um novo recorde de turistas portugueses num primeiro quadrimestre, superando pela primeira vez a marca que datava de 2011.

Dados oficiais da Dominicana indicam que chegaram ao país recebeu nos primeiros quatro meses deste ano 9.673 turistas residentes em Portugal, batendo assim os 8.171 do primeiro quadrimestre de há sete anos.

Desde então, o número de turistas portugueses a chegarem à Dominicana no primeiro quadrimestre, um período de baixa do turismo no mercado português, foi caindo sucessivamente, até atingir um mínimo de 2.313 em 2015.

Seguiram-se aumentos em 32,9 em 2016 e em 24,5% no ano passado, mas só este ano, com charters directos de Lisboa para Punta Cana na época baixa é que o mercado ‘disparou', registando um aumento em 152,8%, com aumentos de 359,3% em Janeiro, em 294,4% em Fevereiro, em 199,6% em Março e em 64,1% em Abril.

Os dados publicados pelo Banco Central da Dominicana permitiram comprovar que o crescimento se deu no Aeroporto de Punta Cana, que é o destino dos charters directos de Lisboa, ao qual chegaram 8.821 turistas residentes em Portugal no primeiro quadrimestre, com um aumento em 211,4% ou 5.988 em relação aos primeiros quatro meses de 2017.

Esse aumento deu-se com aumentos em 822,9% em Janeiro, em 500% em Fevereiro, em 277,1 em Março e em 81,6% em Abril.

Ao Aeroporto Internacional de Las Américas, que serve a capital do país, e que é o destino dos voos regulares de Madrid, uma das opções também à venda em Portugal, chegaram no primeiro quadrimestre 836 turistas residentes em Portugal, neste caso com uma queda em 14,3% ou 139.

Os dados da Dominicana permitem ver, adicionalmente, que o país europeu de onde teve o maior aumento de turistas no primeiro quadrimestre foi Portugal, com mais 5,8 mil, à frente da Ucrânia, com mais quatro mil (+161,9%, para 6,5 mil), Polónia, com mais 4,1 mil (+32,8%, para 12,9 mil), Suíça, com mais 2,2 mil (+18,2%, para 14,3 mil), e República Checa, com mais 1,8 mil (+109,3%, para 3,6 mil).

Ainda assim, a Dominicana tem no primeiro quadrimestre deste ano um decréscimo das chegadas de turistas residentes na Europa em 2% ou 9,8 mil, para 487 mil.

Esta queda deve-se principalmente aos decréscimos das chegadas da Alemanha (-19,8% ou menos 20,3 mil, para 82,6 mil), Rússia (-6,6% ou menos 5,3 mil, para 75,1 mil), Suécia (-30,8% ou menos 4,3 mil, para 9,6 mil), e Inglaterra (-4% ou menos dois mil, para 49,4 mil).

O total de turistas não residentes chegados à Dominicana ainda assim aumentou 5,6% ou 124,7 mil, para 2,347 milhões no quadrimestre, com +4,6% ou mais 90,7 mil estrangeiros, para 2,08 milhões, e +14,6% ou mais 33,9 mil dominicanos, para 266,6 mil.

A América do Norte, primeiro emissor para a Dominicana, foi também no primeiro quadrimestre o que mais impulsionou o aumento dos estrangeiros, com +7,1% ou mais 85,5 mil, para 1,29 milhões, 798,3 mil deles procedentes dos Estado Unidos (+7,9% ou mais 58,5 mil) e 481,7 mil procedentes do Canadá (+5,9% ou mais 26,8 mil).

Os emissores da América do Sul tiveram o segundo maior contributo para o crescimento no quadrimestre, com um aumento em 12,5% ou 26,4 mil, para 237,8 mil, com realce para os crescimentos das chegadas da Argentina (+41,6% ou mais 22,9 mil, para 78,1 mil) e do Brasil (+40,2% ou mais 10,8 mil, para 37,6 mil).

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Caraibas

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aegean confirma aumento de frequências para Lisboa e Porto

22-02-2019 (18h11)

A companhia de aviação grega Aegean confirmou hoje que tem programado um aumento de frequências para Lisboa e Porto, num comunicado em que anuncia um reforço da sua oferta global este ano em 700 mil lugares.

Ryanair e Wizz Air multadas em Itália por “prática comercial incorrecta” na cobrança da bagagem de mão

22-02-2019 (13h18)

A autoridade da concorrência italiana aplicou uma multa de três milhões de euros à Ryanair e de um milhão de euros à Wizz Air por “prática comercial incorrecta, na medida em que engana o consumidor no preço efectivo do bilhete, ao não incluir na tarifa base um elemento essencial do transporte aéreo que é uma bagagem de mão de maior volume”.

Mesmo com Brexit ‘à porta’, britânicos foram os turistas que mais despenderam em Portugal em 2018

21-02-2019 (17h54)

Os residentes no Reino Unido, mesmo com o adensar da perspectiva de um ‘divorcio litigioso’ com a União Europeia e apesar de uma quebra no alojamento turístico português, não só se mantiveram em 2018 os líderes em gastos turísticos em Portugal em 2018, como foram os que fizeram o segundo maior aumento.

Portugal teve aumentos a dois dígitos de gastos de turistas de 37 países

21-02-2019 (17h49)

Apesar dos ventos desfavoráveis principalmente na segunda metade do ano, Portugal concluiu 2018 com um aumento médio dos gastos de turistas estrangeiros em 9,6%, com 37 em 62 com dados disponíveis no Banco de Portugal a registarem aumentos a dois dígitos.

Meliá abre hotel da marca Innside junto ao Aeroporto de Paris CDG

21-02-2019 (17h37)

A Meliá Hotels International anunciou hoje a abertura do seu primeiro hotel da marca Innside em França, uma unidade de 266 quartos localizada junto ao Aeroporto Internacional de Paris – Charles de Gaulle.