Charters para Cayo Coco, Cuba, já têm mais de 100 passageiros em cada partida

01-04-2019 (17h10)

As vendas de férias em Cuba estão “muito mais avançadas” que em anos anteriores, disse ao PressTUR o director do operador turístico Sonhando, José Manuel Antunes, indicando que, a mais de três meses do início da operação para Cayo Coco, já “não há nenhuma partida com menos de 100 passageiros”.

O volume de reservas para Cuba nesta altura do ano, antes do Mundo Abreu, “que é um grande momento de vendas”, e antes do roadshow de apresentação da programação, que decorre esta semana, “é histórico”, enfatizou José Manuel Antunes.

Para Varadero, acrescentou, há duas partidas “quase esgotadas”, uma delas com apenas quatro lugares disponíveis.

A Sonhando começa hoje em Coimbra o seu “Roadshow Cuba”, em parceria com os operadores Solférias e iTravel, no qual apresentará a programação para o destino, contando com a participação das cadeias hoteleiras Meliá, Iberostar e Memories.

“Serão três grandes noites cubanas com muita música ao vivo e muita animação”, antecipou José Manuel Antunes, indicando que espera reunir cerca de 800 pessoas nos três eventos, em Coimbra, Porto e Lisboa.

O roadshow começa hoje em Coimbra, no hotel Vila Galé, segue amanhã para o Porto, onde terá lugar no hotel Crowne Plaza, e termina em Lisboa na quinta-feira, dia 4, no VIP Executive Art’s Hotel.

A programação charter para Cuba é composta por voos de Lisboa para Cayo Coco, operados pela euroAtlantic às segundas-feiras, de 8 de Julho a 2 de Setembro, e para Varadero, operados pela Orbest aos Sábados, de 1 de Junho a 5 de Outubro, partilhados pelos operadores Sonhando, Solférias, iTravel, Jolidey e Travelplan.

 

Ver também:

Chegada de turistas portugueses a Cuba sobe 16% e alcança novo recorde

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Cuba

Clique para ver mais: Sonhando

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé chega aos Açores em 2021

20-01-2020 (20h37)

O Grupo Vila Galé vai estrear-se nos Açores em 2021, com a abertura de um hotel com 100 quartos em Ponta Delgada, São Miguel, anunciou esta segunda-feira o presidente do grupo, Jorge Rebelo de Almeida.

Vila Galé fechou 2019 com mais três milhões de euros de receitas em Portugal

20-01-2020 (19h51)

As receitas do grupo Vila Galé em Portugal, onde tem 25 hotéis, ascenderam a 115 milhões de euros em 2019, um aumento de cerca de 2,7% ou três milhões face ao ano anterior, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

China supera Bélgica entre os principais mercados para o grupo Vila Galé

20-01-2020 (19h50)

O grupo Vila Galé notou no ano passado "alguma desaceleração dos mercados europeus tradicionais para Portugal", compensada pela subida de alguns mercados asiáticos, como a China, que superou a Bélgica entre os principais emissores, disse o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Mudança nos mercados de origem pode explicar quebra da estada média nos hotéis Vila Galé

20-01-2020 (19h38)

A quebra da estada média nos hotéis Vila Galé em Portugal pode estar associada às mudanças nos mercados de origem, numa altura em que cresce o número de hóspedes de países longínquos, que tendem a ficar menos noites, e baixam alguns dos principais emissores europeus.

Receitas da Vila Galé no Brasil sobem 18% em 2019

20-01-2020 (19h37)

Os nove hotéis do grupo Vila Galé no Brasil facturaram 371 milhões de reais no ano passado, cerca de 80,3 milhões de euros ao câmbio de hoje, mais 18% que no ano anterior, revelou o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Noticias mais lidas