Turismo internacional na Dominicana cresce sobretudo pelos residentes na América do Norte

17-12-2018 (16h21)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

A República Dominicana, um dos destinos mais procurados nas Caraíbas, registou até Novembro um aumento de 245,5 mil turistas estrangeiros, com mais 243,1 mil residentes em países da América do Norte, que representaram 58,4% das chegadas totais, +2,1 pontos no período homólogo de 2017.

Os dados divulgados pelo Banco Central da Dominicana indicam que o país recebeu cerca de 5,1 milhões de turistas estrangeiros não residentes, com um aumento em 5,1% face a 2017, principalmente pelo aumento em 8,9% das chegadas de residentes em países da América do Norte, totalizando 2,97 milhões, o que representou 58,4% do total, mais 2,1 pontos que há um ano.

Os Estados Unidos, maior emissor, com 2,14 milhões de chegadas, +8,9% ou mais 174,5 mil que há um ano, foram o principal impulsionador do crescimento, seguidos pelo Canadá, com +8,6% ou mais 63,4 mil, atingindo um total de 799,2 mil.

A Europa, segunda principal região emissora, pelo contrário, registou um decréscimo das chegadas em 3,9% ou 49,2 mil, para 1,2 milhões, provocado, principalmente, pelas quebras da Alemanha (-18,9% ou menos 45,7 mil, para 196,3 mil), Espanha (-8,4% ou menos 13,2 mil, para 143,5 mil), Holanda (-17,7% ou menos 5,2 mil, para 24,3 mil) e Rússia (-9,8% ou menos 21,1 mil, para 194,2 mil).

A contrariar estas quebras estiveram, principalmente, França, com um aumento em 3,8% ou 7,3 mil, para 199,2 mil, Inglaterra, com +7% ou mais 11,5 mil, para 175,5 mil, e Portugal, com +32% ou mais 9,3 mil, para 38,3 mil.

 

Para ler mais clique:

Dominicana já garantiu o 2º melhor ano de sempre em chegadas de turistas portugueses

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Agências&Operadores


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

American Airlines introduz 6º voo diário Miami - Havana

18-06-2019 (16h34)

Apesar das mais recentes medidas do presidente dos Estados Unidos contra as viagens turísticas a Cuba, a American Airlines, maior companhia de aviação do mundo, vai aumentar para seis voos diários a sua oferta de ligações entre Miami, Florida, e a capital cubana, Havana.

Royal Caribbean cancela escalas em Cuba por causa de proibições dos Estados Unidos

07-06-2019 (10h09)

A Royal Caribbean alterou os seus itinerários nas Caraíbas que incluem escala em Cuba, na sequência das proibições aplicadas pelo Governo dos Estados Unidos da América.

MSC Cruzeiros cancela escalas em Cuba por causa de poibições dos Estados Unidos

06-06-2019 (19h38)

A MSC Cruzeiros vai alterar os seus itinerários nas Caraíbas que incluem escala em Cuba, na sequência das proibições aplicadas pelo Governo dos Estados Unidos da América, foi hoje divulgado pela empresa.

EUA impõem novas sanções contra Cuba proibindo viagens culturais e educacionais

05-06-2019 (18h02)

Os Estados Unidos impuseram novas sanções contra Cuba proibindo viagens culturais e educacionais em grupo para a ilha assim como a exportação de barcos e aviões privados e comerciais.

Noticias mais lidas