Portugal é o segundo país europeu com maior aumento do número de turistas na Dominicana

18-09-2018 (15h13)

Imagem: www.godominicanrepublic.com
Imagem: www.godominicanrepublic.com

Perto de 30 mil turistas portugueses estiveram já este ano na Dominicana, mais 8,4 mil que nos primeiros oito meses de 2017, no que é o segundo maior aumento da Europa, que é um dos mercados em tendência de queda, que aliás se agravou em Agosto com o decréscimo a atingir 10%.

Dados do Banco Central da Dominicana consultados pelo PressTUR indicam que em Agosto estiveram na Dominicana 6.992 turistas residentes em Portugal, elevando o total desde o início do ano para 29.802.

Este total é o segundo maior de sempre para os primeiros oito meses de um ano, ficando apenas aquém dos 24.274 registados em 2009, que foi o ano em que mais portugueses estiveram de férias na Dominicana, num total de 42.730.

Relativamente aos primeiros oito meses de 2017, o crescimento do fluxo de turistas portugueses para a Dominicana este ano é em 39,3% ou 8.411, muito devido ao facto de haver voos directos de Lisboa para o destino desde o início do ano, quando nos ano anteriores apenas estavam a começar por ocasião da Páscoa.

Assim, no primeiro quadrimestre (em que o efeito flutuação das datas da Páscoa já não é significativo) a Dominicana registava um aumento do número de turistas residentes em Portugal em 152,8%, que abrandou para 74% no conjunto do semestre e está em 39,3% no fim de Agosto.

Em valor absoluto, o aumento é em 8.411, menor apenas que os mais 9,466 turistas ingleses (+7,9%, para 129.999), que são o 4º maior contingente de turistas europeus.

O maior emissor da Europa para a Dominicana é França, com 164 mil, +4,8% ou mais 7,5 mil que nos primeiros oito meses de 2017, seguida pela Alemanha, que tem a maior queda do período, com um decréscimo de 36,3 mil (-20,3%, para 142,1 mil).

Depois vem a Rússia, também em queda forte, com um decréscimo em 11,4% ou 17,3 mil, para 134.5 mil, e só então surge Inglaterra, seguida de Espanha, também em queda acentuada, de 9,2% ou 10,7 mil, para 106,2 mil.

No total, a Dominicana recebeu 900,3 mil turistas residentes na Europa nos primeiros oito meses deste ano, com um decréscimo em 3,7% ou 34,7 mil relativamente ao período homólogo de 2017.

No mês de Agosto, que é o principal mês de férias dos europeus, as suas chegadas à Dominicana caíram 10% ou 12 mil, para 108,4 mil, sobressaindo as quebras de 5,5 mil da Alemanha (-28%, para 14 mil), de 4,3 mil de Espanha (-18,8%, para 18,5 mil) e de 3,5 mil da Rússia (-20,8%, para 13,2 mil).

O maior aumento do mês foi das chegadas de turistas residentes em Inglaterra, que foram mais 2,4 mil (+13,7%, para 20,3 mil), assumindo a liderança dos emissores europeus.

Portugal foi também no mês de Agosto o emissor europeu com o segundo maior aumento de turistas na Dominicana, com mais 857 (+14%, para 6.992).

Apesar do quadro ‘negro’ da parte dos emissores europeus, a Dominicana registou nos primeiros oito meses um crescimento de turistas residentes no estrangeiro em 5,5% ou 243,9 mil, somando 4,64 milhões, com 4,027 milhões e estrangeiros (+4,3% ou mais 165,8 mil que há um ano) e 616,4 mil dominicanos residentes no estrangeiro (+14,5% ou mais 78,1 mil).

O crescimento dos estrangeiros deve-se essencialmente à evolução em alta dos seus dois maiores emissores, os Estados Unidos e o Canadá, de onde tem aumentos em 7,5% ou 121,9 mil, para 1,755 milhões, e em 8,6% ou 53,2 mil, para 670,1 mil, respectivamente.

Igualmente a contribuir para o crescimento estiveram os emissores da América do Sul, com um aumento médio em 11,1% (mais 50,9 mil, para 507,6 mil), que se deve principalmente aos aumentos de turistas residentes na Argentina (+32,5% ou mais 38,3 mil, para 156,4 mil) e no Brasil (+44,4% ou mais 25,6 mil, para 83,2 mil).

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

Cuba recebeu mais de 25 mil turistas portugueses até Setembro

15-10-2018 (15h32)

O número de turistas portugueses que visitaram Cuba nos primeiros nove meses deste ano já ultrapassou a marca de 25 mil, com um aumento de quase três mil face ao período homólogo do ano passado, de acordo com dados a que o PressTUR teve acesso.

Workshop “Autêntica Cuba” começa segunda-feira em Lisboa

11-10-2018 (13h12)

O Ministério de Turismo de Cuba, com o apoio das Embaixadas de Espanha e Portugal, vai organizar um workshop para apresentar as novidades de Cuba aos profissionais de turismo, de 15 a 26 de Outubro.

Hilton associa-se à Playa Hotels para abrir novos resorts all-inclusive nas Caraíbas

17-09-2018 (14h46)

A Hilton criou uma aliança com a Playa Hotels & Resorts para abrir novos resorts de operação em regime de tudo incluído (TI), começando com duas unidades nas Caraíbas e na América Latina.