Portugal é o país europeu de onde a Dominicana teve o maior aumento de turistas no 1º trimestre

17-04-2018 (14h14)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

Com um aumento de 4.442 turistas a chegarem à Dominicana, Portugal foi o país europeu de onde este destino das Caraíbas teve o maior aumento de chegadas no primeiro trimestre e que, assim, mais contribuiu para compensar as fortes quebras de chegadas da Alemanha e de Inglaterra.

Dados publicados pelo Banco Central da Dominicana indicam que apesar da Páscoa mais cedo favorecer a comparação com o primeiro trimestre de 2017, as chegadas da Europa tiveram uma estagnação em baixa (-0,2%, para 371,8 mil), provocada principalmente pelas quebras das chegadas da Alemanha, com menos 13,9 mil (-18%, para 63,3 mil), e de Inglaterra, com menos 5,1 mil (-13,5%, para 32,9 mil).

Outros emissores europeus com quebras significativas foram a Suécia, com menos 3,9 mil (-29,7%, para 9,3 mil), e França, com menos cerca de 1,1 mil (-1,4%, para 77,9 mil), que ainda assim se manteve o maior emissor europeu para a Dominicana.

Do lado dos países que contribuíram para atenuar essas quedas, depois de Portugal, com mais 4,4 mil (+271,5%, para 6.078), estiveram principalmente a Ucrânia, com mais 3,8 mil (+207,2%, para 5,7 mil), Polónia, com mais 3,3 mil (+37,7%, para 12 mil), Suíça, com mais 2,5 mil (+29,7%, para 11,1 mil), Espanha, com mais 2,3 mil (+7,5%, para 33,4 mil), Dinamarca, com mais 1,7 mil (+118,1%, para 3,2 mil), República Checa, com mais 1,5 mil (+113,1%, para 2,8 mil), e Áustria, com mais 1,1 mil (+38,3%, para quatro mil).

Com as chegadas da Europa em estagnação em baixa, mais sobressaiu a relevância do mercado da América do Norte, onde estão os dois maiores emissores para a Dominicana, os Estados Unidos e o Canadá, que no primeiro trimestre foram também os que mais contribuíram para que o país tivesse um aumento das chegadas de turistas residentes estrangeiros em 6m5% ou 96,4 mil, para 1,59 milhões.

Os dados do Banco Central da Dominicana indicam que dos Estados Unidos o país teve um aumento das chegadas de turistas em 11,4% ou 61,8 mil, para 602,8 mil, e do Canadá o crescimento foi em 5,7% ou 20,8 mil, para 385,1 mil.

Estados Unidos e Canadá foram assim a origem de 86,7% dos turistas estrangeiros chegados à Dominicana no primeiro trimestre 74,9% do seu crescimento.

Incluindo os dominicanos residentes no estrangeiro, que foram 202,6 mil no primeiro trimestre, com um aumento em 18,9% ou 32,2 mil, o país terminou o primeiro trimestre com 1,79 milhões de turistas residentes no estrangeiro, em alta de 7,7% ou 128,7 mil em relação ao período homólogo de 2017.

Depois dos Estados Unidos e do Canadá, os mercados de onde a Dominicana teve maiores aumentos de chegadas de turistas no primeiro trimestre foram a Argentina, com um aumento em 16,6 mil (+40,2%, para 58 mil), e Brasil, com mais 7,4 mil (+36,4%, para 27,8 mil).

 

Para ler mais clique:

Turismo português na Dominicana atinge novo recorde para o primeiro trimestre

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Norte-americanos garantem crescimento do turismo internacional na Dominicana

20-08-2018 (15h35)

A Dominicana voltou a ter um crescimento modesto em Julho das chegadas de turistas estrangeiros, porque apesar de aumentos dos seus dois maiores emissores da América do Norte, da Europa continua a registar quebras, principalmente da Alemanha e Espanha

Samaná ‘puxou’ em Julho pelo aumento de turistas portugueses na Dominicana

20-08-2018 (13h18)

Samaná foi o destino da Dominicana que mais ‘puxou’ pelo aumento de turistas residentes em Portugal em Julho, um mês que foi, no entanto, de forte abrandamento do crescimento das chegadas portugueses.

euroAtlantic prevê transportar 2.730 turistas nos charters da Sonhando para Cayo Coco

03-08-2018 (14h20)

A euroAtlantic airways anunciou que prevê transportar 2.730 turistas nos charters de Verão para Cayo Coco, em Cuba, contratados pela sua subsidiária Sonhando.

Alemães e russos fazem cair turismo europeu nas Caraíbas

16-07-2018 (16h36)

Com menos 41 mil turistas que há um ano, Alemanha e Rússia foram os emissores responsáveis por uma queda no primeiro semestre do número de turistas residentes na Europa na Dominicana, que teve no pólo oposto principalmente os aumentos de turistas residentes em França e Portugal.

Chegadas de turistas portugueses a Punta Cana aumentam 95% no 1º semestre

16-07-2018 (16h16)

O Aeroporto Internacional de Punta Cana, que é o maior aeroporto das Caraíbas em chegadas de passageiros residentes em Portugal, atingiu este ano um novo recorde de 15.366 turistas do mercado português no primeiro semestre, com um aumento em 95,1% ou quase 7,5 mil relativamente ao período homólogo de 2017.