Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

Cuba, conforme o PressTUR noticiou ontem, recebeu até ao final de Setembro 25.592 turistas portugueses, mais 2.950 que nos primeiros nove meses de 2017 (clique para ler: Cuba recebeu mais de 25 mil turistas portugueses até Setembro).

“Continuamos a crescer. Estamos cada vez mais a vender não só no Verão, mas no ano inteiro”, disse João Cruz, da Solférias, que falava ao PressTUR durante o workshop “Autêntica Cuba”, uma iniciativa do Ministério de Turismo de Cuba (clique para ler: Workshop Autêntica Cuba começa segunda-feira em Lisboa).

Fora do período de Verão, época em que a programação é baseada sobretudo nos charters de Lisboa para Varadero e Cayo Coco, a Solférias está a comercializar “outros destinos, como Cayo Santa Maria, que não conseguimos encaixar no charter” e Trinidad, “que [os portugueses] vão descobrindo cada vez mais por causa dos circuitos”.

Os programas fora do Verão têm “uma estada média maior, de nove, dez ou onze noites”, salientou João Cruz, acrescentando que a estratégia do operador passa por procurar vender mais outros destinos como “Holguín, Guardalavaca e Santiago de Cuba”, o que dependerá da melhoria da operação dos voos internos.

A Solférias prevê fechar o ano com cerca de 1.800 clientes em Cuba, mais cerca de 8% que em 2017, ano em que a passagem do furacão Irma pelas Caraíbas obrigou ao cancelamento de algumas partidas de voos charter de Lisboa para Cuba.

O volume de facturação com os programas para Cuba, que é o 6º destino da Solférias em vendas, deverá ficar 15% acima de 2017, indicou João Cruz, que assinalou que “as pessoas estão a ficar em hotéis de melhor qualidade e a ficar mais tempo no destino”.

Paulo Paulos, do operador turístico Sonhando, por sua vez, salientou que “Cuba aguentou firme” este ano face ao aparecimento de “muitas ofertas” e novos destinos este Verão.

“Continua a ser o destino nº1 para a Sonhando”, disse Paulo Paulos, acrescentando que, porém, o número de clientes não deverá superar o do ano passado

Para Júlio Silva, da Travelplan, o balanço das vendas para Cuba este Verão é “muito positivo, continua a ser o nosso destino nº1”.

A sua previsão é fechar as vendas deste ano para Cuba nos mesmos valores que o ano passado, embora tenha expectativa de uma melhoria com a programação de Inverno em voos regulares da Air Europa, companhia de aviação que integra o mesmo grupo da Travelplan, a Globalia.

“Ao contrário dos anos anteriores, não tivemos que baixar muito o preço e conseguimos encher antecipadamente a operação para Cuba, que este ano praticamente foi a 100%”, afirmou Nuno Fouto, do operador turístico Jolidey, salientando também o impacto dos furacões em 2017.

“No ano passado fomos obrigados a cancelar, devido aos furacões, três ou quatro rotações [da operação charter]. Este ano felizmente não aconteceu. Então terminamos acima do ano passado em termos de número de passageiros”, disse Nuno Fouto, acrescentando que o preço médio por cliente também foi mais elevado este ano.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hi Fly vai voar de Paris para Miami e Punta Cana para a XL Airways France

29-04-2019 (12h27)

A companhia de aviação Hi Fly, ‘sucessora’ da Air Luxor da família Mirpuri, foi contratada pela francesa XL Airways France para voar este Verão de Paris Charles de Gaulle, principal aeroporto francês, para Miami e Punta Cana.

Americanos garantem crescimento do turismo internacional na Dominicana no 1º trimestre

16-04-2019 (14h44)

O crescimento em 12,3% das chegadas dos Estados Unidos, seu primeiro mercado emissor, garantiu à Dominicana um aumento de turistas internacionais no primeiro trimestre, apesar do calendário desfavorável à comparação com 2018.

Turistas portugueses na Dominicana baixam 52% no 1º trimestre

16-04-2019 (14h37)

Sem voos directos para Punta Cana e sem Páscoa no primeiro trimestre, ao contrário do que aconteceu em 2018, o número de turistas portugueses na Dominicana baixou 52% este ano, representando uma queda de 3,1 mil, para 2,9 mil.

Barceló investe 250 milhões de dólares em novo resort na Riviera Maya

02-04-2019 (14h39)

O Barceló Hotel Group anunciou que vai abrir em Dezembro um novo resort "adults only" na Riviera Maya com 850 quartos, num investimento de 250 milhões de dólares, cerca de 223 milhões de euros.

Charters para Cayo Coco, Cuba, já têm mais de 100 passageiros em cada partida

01-04-2019 (17h10)

As vendas de férias em Cuba estão “muito mais avançadas” que em anos anteriores, disse ao PressTUR o director do operador turístico Sonhando, José Manuel Antunes, indicando que, a mais de três meses do início da operação para Cayo Coco, já “não há nenhuma partida com menos de 100 passageiros”.

Noticias mais lidas