Meliá vai ter mais 2.145 quartos em Cuba até ao final do ano

18-04-2018 (10h02)

A rede hoteleira Meliá vai contar com mais 2.145 quartos em Cuba até ao final do ano, com a inauguração de cinco unidades de pequena e média dimensão em Cienfuegos e Camagüey, e duas unidades com mais de 800 quartos em Varadero e Cayo Santa Maria.

Alguns dos novos hotéis, designamente na região central de Cuba, já tinham sido anunciados pelo grupo no início de Maio do ano passado (clique para ler: Meliá reforça oferta em Cuba com novos hotéis em Camagüey, Cienfuegos e Trinidad).

As unidades em Cienfuegos e Camagüey, que fazem parte da rede desde o primeiro trimestre do ano, totalizam 409 quartos, enquanto que o Meliá International de Varadero tem 934 quartos e o Paradisus Los Cayos tem 802 quartos.

A rede vai ter na cidade de Cienfuegos o Meliá San Carlos, de 56 quartos, e o Hotel La Unión, de 49 quartos, e ainda a conversão da primeira unidade turística inaugurada depois de 1959, o Hotel Jagua, que conta com 174 quartos no seu edifício principal, além de 3 villas, e que será inaugurado como Innside Cienfuegos Jagua.

Em Camagüey, a Meliá conta agora com o Hotel Colón, de 58 quartos, que será renovado para reabrir como Meliá Colón, e o Gran Hotel, de 72 quartos, que após um processo de renovação vai reabrir como Meliá Gran Hotel.

O Meliá International, em Varadero, vai incluir serviços e instalações de luxo como as áreas exclusivas The Level e The Level Adults Only, Yhi Spa, Casa del Habano, um centro de convenções e dez restaurantes especializados, dois restaurantes buffet e 14 bares.

O Paradisus Los Cayos, em Cayo Santo María, é o quarto Paradisus em Cuba e também vai disponibilizar serviços exclusivos como o Royal Service e o Family Concierge, além de oito restaurantes, cinco snack bares e 15 bares, além de áreas para reuniões e eventos.

Além destas unidades, a Meliá vai inaugurar o Innside Camagüey assim que as obras de remodelação estejam terminadas, e ainda, até 2020, vai acrescentar três unidades na cidade de Trinidad, designadamente o Meliá Trinidad, o Meliá Punta Ancón e o Sol House Ancón, que será uma conversão do actual Hotel Ancón.

 

Clique para ver a reportagem do PressTUR sobre Trinidad e Cienfuegos:

Trinidad: um tesouro colonial entre o mar e a serra

Trinidad: serra e praia

Cienfuegos: um toque francês em Cuba

 

Clique para ver mais: Caraíbas

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para mais notícias: Meliá

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Chegada de turistas portugueses à Dominicana bate recorde com sete anos

18-05-2018 (16h37)

A República Dominicana alcançou este ano um novo recorde de turistas portugueses num primeiro quadrimestre, superando pela primeira vez a marca que datava de 2011.

Número de turistas portugueses na Jamaica ‘dispara’ 683,5% em 2017

30-04-2018 (12h12)

A Jamaica alcançou um novo recorde no ano passado ao receber 3.667 turistas portugueses, mais 683,5% ou mais 3.199 turistas que no ano anterior.

AMResorts vai gerir mais quatro hotéis no México

19-04-2018 (11h30)

A AMResorts, do Apple Leisure Group, anunciou que vai gerir mais quatro hotéis no México, dois na Riviera Maya e dois em Punta Mita, em Nayarit, que correspondem a uma oferta de dois mil quartos.

Portugal é o país europeu de onde a Dominicana teve o maior aumento de turistas no 1º trimestre

17-04-2018 (14h14)

Com um aumento de 4.442 turistas a chegarem à Dominicana, Portugal foi o país europeu de onde este destino das Caraíbas teve o maior aumento de chegadas no primeiro trimestre e que, assim, mais contribuiu para compensar as fortes quebras de chegadas da Alemanha e de Inglaterra.

Turismo português na Dominicana atinge novo recorde para o primeiro trimestre

17-04-2018 (12h33)

A Dominicana nunca recebeu tantos turistas portugueses num primeiro trimestre como este ano, de acordo com os dados compilados pelo PressTUR, que mostram que foram superados pela primeira vez os resultados dos anos recorde de 2010 e 2011 e batida a marca das seis mil chegadas.