euroAtlantic prevê transportar 2.730 turistas nos charters da Sonhando para Cayo Coco

03-08-2018 (14h20)

A euroAtlantic airways anunciou que prevê transportar 2.730 turistas nos charters de Verão para Cayo Coco, em Cuba, contratados pela sua subsidiária Sonhando.

A operação charter para Cayo Coco começou a 9 de Julho e realiza-se à partida de Lisboa às segundas-feiras até 10 de Setembro, em avião Boeing 767-300ER.

Citado num comunicado que assinala os 25 anos de actividade da euroAtlantic, Tomaz Metello, proprietário e presidente do Conselho de Administração da companhia, assinalou que “a marca euroAtlantic já faz parte do património das palavras cubanas” e recordou a actividade da euroAtlantic como exportadora de serviços ACMI (aluguer de aeronave, tripulação, manutenção e seguro) para a companhia aérea Cubana de Aviácion.

A previsão de Tomaz Metello é que a euroAtlantic, “com a operação em curso, continue a construir novas pontes para o estreitamento das nossas relações bilaterais, comerciais, culturais e históricas”.

No mesmo contexto, o comunicado assinala que a companhia aérea constrói há dez anos “pontes entre Portugal e São Tomé e Príncipe, detendo a maior fatia do capital social da STP Airways (40.61%) e a gestão da companhia nacional são-tomense”.

Os voos da STP Airways entre São Tomé e Lisboa, operados em aviões da euroAtlantic, somaram nos primeiros seis meses do ano 17.236 passageiros.

Na Guiné-Bissau, outro destino onde tem vindo a apostar, tendo iniciado uma ligação regular entre Lisboa e Bissau em 2014, a euroAtlantic transportou 10.716 passageiros nos primeiros seis meses do ano.

Dados do Relatório e Contas  de 2017 citados pela companhia indicam um volume de negócios de 67,988 milhões com resultados líquidos de 16.318 milhões euros, mais 66% face à execução orçamental do último ano.

A companhia de Tomaz Metello, acrescenta o comunicado, demonstrou sempre desde a fundação, em 1993, desempenhos operacionais positivos.

A euroAtlantic passou a ser detida a 100% por Tomaz Metello em Julho do ano passado (clique para ler: Tomaz Metello fica com 100% da euroAtlantic e nomeia novo CEO).

A frota da companhia aérea é composta por um Boeing B777-200ER, seis Boeing 767-300ER e um Boeing 737-800.

 

Clique para ver mais: euroAtlantic

Clique para ver mais: Sonhando

Clique para ver mais: Cuba

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turistas portugueses na Dominicana voltaram em 2018 a ser mais de 40 mil

16-01-2019 (17h50)

A República Dominicana recebeu 40,5 mil turistas residente em Portugal em 2018, que foi assim o segundo ano em que teve mais de 40 mil turistas residentes em Portugal, depois de em 2009 ter atingido os 42,7 mil, que se mantém o recorde anual.

Portugal foi o 2º emissor europeu que mais cresceu para a Dominicana em 2018

16-01-2019 (17h48)

Portugal, com mais 9.188 turistas na Dominicana em 2018, teve o segundo maior aumento do ano entre 25 emissores europeus, atrás apenas de Inglaterra, de onde o destino teve um aumento de 9.980 turistas.

Finnair vai voar de Helsínquia para Sapporo e Punta Cana

15-01-2019 (15h09)

A Finnair, que voa para Lisboa e tem programado voar também para o Porto no próximo Verão a partir de Helsínquia, vai inaugurar em Dezembro duas novas rotas de e para a capital finlandesa, nomeadamente Sapporo e Punta Cana.

Novo resort de luxo da Meliá em Cayo Santa Maria (Cuba) já abriu

18-12-2018 (17h37)

A Meliá já abriu o seu novo resort de luxo em Cayo Santa Maria, o 5-estrelas Paradisus Los Cayos, um hotel que alguns agentes de viagens e operadores turísticos portugueses e espanhóis tiveram a oportunidade de visitar durante uma famtrip a Cuba em Novembro.

Turismo internacional na Dominicana cresce sobretudo pelos residentes na América do Norte

17-12-2018 (16h21)

A República Dominicana, um dos destinos mais procurados nas Caraíbas, registou até Novembro um aumento de 245,5 mil turistas estrangeiros, com mais 243,1 mil residentes em países da América do Norte, que representaram 58,4% das chegadas totais, +2,1 pontos no período homólogo de 2017.