Cuba está a receber mais portugueses que no ano passado, Embaixadora Mercedes Martínez

29-06-2018 (17h59)

A embaixadora de Cuba em Portugal, Mercedes Martínez, revelou, num evento de promoção de Cuba hoje a bordo do MSC Magnífica, organizado pela MSC, Sonhando, Solférias e iTravel, que a ilha das Caraíbas recebeu 12.908 portugueses até 26 de Junho, mais 1% que no período homólogo do ano de 2017.

A embaixadora cubana salientou também que, porém, é nos meses de Julho, Agosto e Setembro que há maior afluência de portugueses à ilha devido ao calendário de voos charter e cruzeiros.

No ano passado, Cuba recebeu 27.315 turistas portugueses, mais 6,9% que em 2016 (25.544) e quase o dobro do ano de 2014 (14.626).

No que diz respeito ao número de turistas internacionais este ano, Mercedes Martínez afirma que “foram ultrapassadas as expectativas”, com um crescimento de 6%, num ano em que há menos 9% de turistas nas Caraíbas.

A embaixadora de Cuba destacou as mais-valias de Cuba para o turismo, como os dez sítios considerados Património Mundial pela UNESCO, as suas seis Reservas da Biosfera, as características hospitaleiras e culturais do seu povo e a segurança na ilha.

O país dispõe de 67.709 quartos em 366 unidades hoteleiras e está a desenvolver mais 10.000 quartos a um ritmo de cerca de 2.500 quartos por ano. No que diz respeito a restauração e alojamento local, estão disponíveis cerca de 2.000 paladares e cerca de 21.000 quartos.

Cuba conta com dez aeroportos internacionais, três portos de cruzeiro, nove pontos de embarque e sete marinas.

A próxima edição da FitCuba vai celebrar os 500 anos de Cuba em Havana e Espanha vai ser o país convidado.

O evento no MSC Magnífica m que participaram dezenas de agentes de viagens também contou com intervenções de Kate Lourenço, da Sonhando, Paulo Almeida, da Solférias, Mateus Vieira da Silva, da iTravel, e de Eduardo Cabrita e Pedro Teixeira Vasco, da MSC Cruzeiros.

Os operadores apresentaram os seus programas para Cuba, como as operações charter para Cayo Coco e Cayo Guillermo, entre 9 de Julho e 10 de Setembro, e para Varadero, que teve início a 2 de Junho e vai decorrer até 6 de Outubro.

A linha de cruzeiros, por sua vez, apresentou os dois itinerários do MSC Armonia pelas Caraíbas, à saída de Havana, sendo que a partir de Dezembro o Armonia vai fazer cruzeiros à saída de Miami.

Clique para ver mais: Cuba

Clique para ver mais: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias leva às Maldivas agentes de viagens que mais venderem o destino

20-02-2019 (14h02)

O operador turístico Solférias anunciou que vai oferecer oito lugares numa viagem de familiarização (fam trip) às Maldivas às oito agências de viagens que mais venderem os seus programas para este destino.

Sem charters semanais para Punta Cana, turismo português para a Dominicana cai 55%

19-02-2019 (16h29)

Portugal foi o quarto país europeu com a maior quebra de turistas na Dominicana este Janeiro, reflectindo a inexistência de voos semanais para Punta Cana, ao contrário do ano passado, que foi o primeiro desde 2011 em que os operadores turísticos tiveram voos mesmo em época baixa.

Queda de turistas europeus na Dominicana prossegue em Janeiro, sem impedir balanço em alta

19-02-2019 (16h26)

A Dominicana começou 2019 com queda das chegadas de turistas europeus, tal como já aconteceu em 2018, mas sem que o balanço global deixe de ser positivo, pelo forte aumento das chegadas dos Estados Unidos, seu maior mercado emissor.

Turistas portugueses na Dominicana voltaram em 2018 a ser mais de 40 mil

16-01-2019 (17h50)

A República Dominicana recebeu 40,5 mil turistas residente em Portugal em 2018, que foi assim o segundo ano em que teve mais de 40 mil turistas residentes em Portugal, depois de em 2009 ter atingido os 42,7 mil, que se mantém o recorde anual.

Portugal foi o 2º emissor europeu que mais cresceu para a Dominicana em 2018

16-01-2019 (17h48)

Portugal, com mais 9.188 turistas na Dominicana em 2018, teve o segundo maior aumento do ano entre 25 emissores europeus, atrás apenas de Inglaterra, de onde o destino teve um aumento de 9.980 turistas.