Chegadas de turistas portugueses à Dominicana ‘desabam’ com o Verão

19-08-2016 (11h25)

Imagem: www.godominicanrepublic.com
Imagem: www.godominicanrepublic.com

Queda de passageiros no Aeroporto de Lisboa confirma tendência de quebra, mas menor

As chegadas de turistas portugueses à República Dominicana passaram de aumentos a dois dígitos nos primeiros cinco meses deste ano para quedas a dois dígitos em Junho e Julho, que tradicionalmente são os meses em que há mais oferta de pacotes com voos directos de Lisboa.

Dados oficiais do turismo na Dominicana indicam que em Junho as chegadas de turistas portugueses caíram 11,1%, interrompendo um ciclo de aumentos iniciado em Dezembro de 2015, e em Julho o quadro agravou-se, com uma quebra em 33,4%.

Desta forma, do aumento em 31,2% que ocorria no conjunto dos primeiros cinco meses deste ano, depois de Junho o crescimento já só estava em 10,1% e a seguir a Julho há mesmo uma inversão da tendência e as chegadas de turistas portugueses apresentam uma quebra em 5,2%.

Os dados do Banco Central da República Dominicana a que o PressTUR teve acesso indicam que nos primeiros sete meses deste ano chegaram à Dominicana 11.380 turistas portugueses, menos 618 que no período homólogo de 2015.

No mês de Julho foram 2.804, com uma queda de 1.405 em relação ao mês homólogo do ano passado, depois de um decréscimo de 431 no mês e Junho, para 3.456.

Dados do Aeroporto de Lisboa a que o PressTUR teve acesso mostram também a tendência de decréscimo da procura turística da Dominicana em Portugal mas sem atingir as proporções que decorrem dos dados oficiais do destino.

Depois de cinco meses com um aumento médio de passageiros (ida e volta) em 27%, com +53,1% no mês de Maio, os voos de/para a Dominicana tiveram quedas de 6,8% em Junho, para 5.540, e de 9,8% em Julho, para 6.807.

Esses totais de passageiros, por se tratar de passageiros tanto à partida como à chegada, tenderiam a dar 2.770 turistas portugueses na Dominicana em Junho e 3.403 em Julho, mais do que o indicado nas estatísticas do banco central, o que poderá indicar que passageiros de outras nacionalidades estão a viajar de Lisboa para a Dominicana, uma vez que a Orbest, do mesmo grupo do operador Jolidey, passou esses voos de charters a regulares.

Aliás, por essa razão, relativamente à Dominicana o único destino em que o Aeroporto de Lisboa especifica o número de passageiros é Samaná, com uma quebra em Julho de 9,9%, para 914.

Os de Punta Cana, por sua vez, não tiveram um número de passageiros que os levasse a figurar na lista das 40 rotas regulares com mais passageiros, de que a 40ª foi Eindhoven, com 16.980.

Ainda assim, embora a utilização dos voos de Lisboa para Punta Cana seja uma explicação plausível para no fundo haver mais passageiros de Portugal que turistas portugueses em Julho, subsiste ainda a questão de que o mais comum foi a situação inversa, com o número de passageiros a ficar aquém do número de turistas, porque também havia bastante venda de pacotes de férias na Dominicana com voos à partida de Madrid.

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias leva às Maldivas agentes de viagens que mais venderem o destino

20-02-2019 (14h02)

O operador turístico Solférias anunciou que vai oferecer oito lugares numa viagem de familiarização (fam trip) às Maldivas às oito agências de viagens que mais venderem os seus programas para este destino.

Sem charters semanais para Punta Cana, turismo português para a Dominicana cai 55%

19-02-2019 (16h29)

Portugal foi o quarto país europeu com a maior quebra de turistas na Dominicana este Janeiro, reflectindo a inexistência de voos semanais para Punta Cana, ao contrário do ano passado, que foi o primeiro desde 2011 em que os operadores turísticos tiveram voos mesmo em época baixa.

Queda de turistas europeus na Dominicana prossegue em Janeiro, sem impedir balanço em alta

19-02-2019 (16h26)

A Dominicana começou 2019 com queda das chegadas de turistas europeus, tal como já aconteceu em 2018, mas sem que o balanço global deixe de ser positivo, pelo forte aumento das chegadas dos Estados Unidos, seu maior mercado emissor.

Turistas portugueses na Dominicana voltaram em 2018 a ser mais de 40 mil

16-01-2019 (17h50)

A República Dominicana recebeu 40,5 mil turistas residente em Portugal em 2018, que foi assim o segundo ano em que teve mais de 40 mil turistas residentes em Portugal, depois de em 2009 ter atingido os 42,7 mil, que se mantém o recorde anual.

Portugal foi o 2º emissor europeu que mais cresceu para a Dominicana em 2018

16-01-2019 (17h48)

Portugal, com mais 9.188 turistas na Dominicana em 2018, teve o segundo maior aumento do ano entre 25 emissores europeus, atrás apenas de Inglaterra, de onde o destino teve um aumento de 9.980 turistas.