Americanos garantem crescimento do turismo internacional na Dominicana no 1º trimestre

16-04-2019 (14h44)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

O crescimento em 12,3% das chegadas dos Estados Unidos, seu primeiro mercado emissor, garantiu à Dominicana um aumento de turistas internacionais no primeiro trimestre, apesar do calendário desfavorável à comparação com 2018.

Dados publicados pelo Banco Central da Dominicana indicam que o país recebeu nos primeiros três meses deste ano 1,65 milhões de turistas estrangeiros residentes fora do país, que significou um aumento em 3,9% ou 61,8 mil em relação ao primeiro trimestre de 2018.

A evolução das chegadas dos vizinhos da América do Norte, com um aumento em 8,2% ou 81,1 mil, para 1,076 milhões, incluindo aumentos de 74 mil dos Estados Unidos (+12,3%, para 676,8 mil), de 3,1 mil do Canadá (+0,8%, para 388,3 mil) e de quatro mil do México (+54,1%, para 11,3 mil), foi o factor que propiciou o balanço positivo.

A Europa, pelo contrário, foi um dos mercados mais penalizadores, com uma quebra de 14,7 mil chegadas (-4%, para 357 mil), sobressaindo as quebras de 7,6 mil residentes na Alemanha (-12%, para 55,7 mil), de 3,3 mil residentes em Espanha (-9,8%, para 30,1 mil), de 4,3 mil residentes em Inglaterra (-13%, para 28,6 mil), de 3,1 mil residentes em Portugal (-52%, para 2,9 mil) e de 4,3 mil residentes na Suécia (-46,7%, para 4,9 mil).

A contrariar estas quebras estiveram principalmente os aumentos de chegadas de residentes em Itália (+4,5% ou mais 1,1 mil, para 25,4 mil), na Polónia (+19,7% ou mais 2,4 mil, para 14,4 mil), na Roménia (+88,4% ou mais 1,1 mil, para 2,3 mil) e, sobretudo, na Rússia (+8,5% ou mais cerca de cinco mil, para 63,6 mil), que assim foi o segundo maior emissor europeu no trimestre, atrás de França.

Brasil (+10,2% ou mais 2,8 mil, para 30,6 mil), Bolívia (+69,5% ou mais 1,1 mil, para 2,7 mil), Chile (+5,7% ou mais 1,5 mil, para 28,3 mil), Colômbia (+11,3% ou mais 2,3 mil, para 22,5 mil) e Haiti (+57,1% ou mais 1,6 mil, para 4,4 mil) foram outros mercados que cresceram mais significativamente no trimestre.

 

Continua:

Turistas portugueses na Dominicana baixam 52% no 1º trimestre

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pacotes Caraíbas a Seis-Nove-Nove fazem soar campainhas na operação turística

04-07-2019 (17h22)

As campainhas começaram ontem a tocar nos operadores turísticos portugueses alarmados por verem os preços dos pacotes Caraíbas este mês, tradicionalmente um dos mais fortes em vendas, serem postos à venda pelo valor mítico de 699 euros, e de imediato para as partidas de toda a primeira quinzena.

American Airlines introduz 6º voo diário Miami - Havana

18-06-2019 (16h34)

Apesar das mais recentes medidas do presidente dos Estados Unidos contra as viagens turísticas a Cuba, a American Airlines, maior companhia de aviação do mundo, vai aumentar para seis voos diários a sua oferta de ligações entre Miami, Florida, e a capital cubana, Havana.

Royal Caribbean cancela escalas em Cuba por causa de proibições dos Estados Unidos

07-06-2019 (10h09)

A Royal Caribbean alterou os seus itinerários nas Caraíbas que incluem escala em Cuba, na sequência das proibições aplicadas pelo Governo dos Estados Unidos da América.

MSC Cruzeiros cancela escalas em Cuba por causa de poibições dos Estados Unidos

06-06-2019 (19h38)

A MSC Cruzeiros vai alterar os seus itinerários nas Caraíbas que incluem escala em Cuba, na sequência das proibições aplicadas pelo Governo dos Estados Unidos da América, foi hoje divulgado pela empresa.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas