Americanos garantem crescimento do turismo internacional na Dominicana no 1º trimestre

16-04-2019 (14h44)

Foto: www.godominicanrepublic.com
Foto: www.godominicanrepublic.com

O crescimento em 12,3% das chegadas dos Estados Unidos, seu primeiro mercado emissor, garantiu à Dominicana um aumento de turistas internacionais no primeiro trimestre, apesar do calendário desfavorável à comparação com 2018.

Dados publicados pelo Banco Central da Dominicana indicam que o país recebeu nos primeiros três meses deste ano 1,65 milhões de turistas estrangeiros residentes fora do país, que significou um aumento em 3,9% ou 61,8 mil em relação ao primeiro trimestre de 2018.

A evolução das chegadas dos vizinhos da América do Norte, com um aumento em 8,2% ou 81,1 mil, para 1,076 milhões, incluindo aumentos de 74 mil dos Estados Unidos (+12,3%, para 676,8 mil), de 3,1 mil do Canadá (+0,8%, para 388,3 mil) e de quatro mil do México (+54,1%, para 11,3 mil), foi o factor que propiciou o balanço positivo.

A Europa, pelo contrário, foi um dos mercados mais penalizadores, com uma quebra de 14,7 mil chegadas (-4%, para 357 mil), sobressaindo as quebras de 7,6 mil residentes na Alemanha (-12%, para 55,7 mil), de 3,3 mil residentes em Espanha (-9,8%, para 30,1 mil), de 4,3 mil residentes em Inglaterra (-13%, para 28,6 mil), de 3,1 mil residentes em Portugal (-52%, para 2,9 mil) e de 4,3 mil residentes na Suécia (-46,7%, para 4,9 mil).

A contrariar estas quebras estiveram principalmente os aumentos de chegadas de residentes em Itália (+4,5% ou mais 1,1 mil, para 25,4 mil), na Polónia (+19,7% ou mais 2,4 mil, para 14,4 mil), na Roménia (+88,4% ou mais 1,1 mil, para 2,3 mil) e, sobretudo, na Rússia (+8,5% ou mais cerca de cinco mil, para 63,6 mil), que assim foi o segundo maior emissor europeu no trimestre, atrás de França.

Brasil (+10,2% ou mais 2,8 mil, para 30,6 mil), Bolívia (+69,5% ou mais 1,1 mil, para 2,7 mil), Chile (+5,7% ou mais 1,5 mil, para 28,3 mil), Colômbia (+11,3% ou mais 2,3 mil, para 22,5 mil) e Haiti (+57,1% ou mais 1,6 mil, para 4,4 mil) foram outros mercados que cresceram mais significativamente no trimestre.

 

Continua:

Turistas portugueses na Dominicana baixam 52% no 1º trimestre

 

Clique para mais notícias: Dominicana

Clique para mais notícias: Caraíbas

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Quebra de turistas estrangeiros na Dominicana em Julho e Agosto leva balanço de 2019 para ‘o vermelho’

27-09-2019 (14h07)

A República Dominicana estava no fim de Agosto com uma quebra de turistas estrangeiros não residentes em 1,8% ou 71,1 mil, provocada pelas quebras que se sucedem desde Junho, associadas às notícias sobre mortes de turistas em resorts do país.

Forte quebra de turistas portugueses na Dominicana acentua-se em Agosto

27-09-2019 (14h02)

A Dominicana teve em Agosto uma quebra de turistas residentes em Portugal em 15,9%, depois de quedas em 5,1% em Junho e em 8,9% em Julho, ou seja, desde que surgiram notícias sobre mortes de turistas em resorts no país, a maior parte delas ainda inexplicadas, com a quebra a centrar-se nos voos directos para Punta Cana, que têm um decréscimo em 18,2%.

Crescimento do turismo internacional na Europa Mediterrânica acelerou para 6,2% no 2º trimestre

10-09-2019 (18h49)

A Europa do Sul e Mediterrânica, primeira região mundial em número de turistas recebidos, com 20,7% do total mundial em 2018, teve um aumento das chegadas em 6,2% no segundo trimestre, mais forte que a média mundial e europeia, bem como do que a sua evolução no primeiro trimestre.

NHC aumenta probabilidade de mais tempestades tropicais no Atlântico nos próximos dias

03-09-2019 (18h19)

O National Hurricane Center dos Estados Unidos já considera certo que uma depressão localizada no Golfo do México evoluirá nas próximas 48 horas para ciclone e já atribui 90% de probabilidade de o mesmo acontecer no prazo de 48 horas a uma área de baixas pressões localizada a Oeste do arquipélago de Cabo Verde.

Grupo Piñero renova conceito e imagem do Luxury Bahia Principe Akumal

27-08-2019 (17h01)

A Bahia Principe Hotels & Resorts, do Grupo Piñero, de que também faz parte o operador turístico Soltour, anunciou que está a renovar o conceito e a imagem do resort Luxury Bahia Principe Akumal, na Riviera Maya, México.

Noticias mais lidas