Capital Airlines prevê “pelo menos” 80 mil passageiros no primeiro ano dos novos voos para Lisboa

13-08-2019 (20h01)

Imagem: Beijing Capital Airlines
Imagem: Beijing Capital Airlines

A Beijing Capital Airlines, que começa no dia 30 de Agosto a voar Pequim – Xi’an – Lisboa, espera transportar no primeiro ano pelo menos 80 mil passageiros, disse ao PressTUR representante da companhia aérea.

No primeiro ano em que operou em Portugal, de Julho de 2017 a Julho de 2018, na rota Hangzhou – Pequim – Lisboa, que acabaria por suspender em Outubro de 2018 por razões operacionais, a Beijing Capital Airlines transportou mais de 80 mil passageiros, com uma taxa de ocupação de cerca de 80% na época baixa e acima de 95% na época alta.

Ao retomar este ano as ligações, com três voos por semana entre Lisboa e Pequim, com paragem em Xi’an, a companhia tem como previsão “transportar pelo menos o mesmo número de passageiros tendo sempre uma perspectiva positiva de alcançar ainda mais passageiros”, disse a representante do Marketing e Comunicação da companhia em resposta enviada por e-mail ao PressTUR.

Relativamente à ocupação, a companhia tem a perspectiva de “que esta taxa média de ocupação [de 80% em época baixa e acima de 95% em época alta] se mantenha, tendo sempre uma perspectiva positiva de poder aumentar”.

A companhia sublinha ainda que “a nova rota aumentará as trocas económicas e comerciais e proporcionará mais conveniência e apoio para que a China e Portugal alcancem uma forte cooperação com benefícios mútuos”.

Nesse sentido, conclui, “pretendemos manter o voo no próximo Inverno com o mesmo número de frequências”.

Ver também:

Novos voos Portugal – China abrem caminho a empresários e turistas

Beijing Capital Airlines promove atractivos de Shaanxi e Xian em Lisboa

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Beijing Capital Airlines

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Balanço do LATAM evidencia recuperação ‘explosiva’ da aviação no Brasil

16-08-2019 (16h15)

O LATAM, maior grupo de aviação comercial da América Latina, cuja subsidiária brasileira, a LATAM Brasil (antiga TAM), é líder brasileira em voos internacionais, indicou que no segundo trimestre teve um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) de 18,7%, atingindo 29,5% em reais.

Trabalhadores dos hotéis da Fundação INATEL estão hoje em greve

16-08-2019 (12h43)

Os trabalhadores do sector hoteleiro da Fundação INATEL estão hoje em greve para reivindicar melhorias salariais e a um horário de trabalho de 35 horas semanais.

Levantadas restrições ao abastecimento no aeroporto de Lisboa, ANA Aeroportos

16-08-2019 (12h35)

As restrições ao abastecimento de aviões no aeroporto de Lisboa, em vigor desde segunda-feira, foram hoje levantadas, disse à Lusa fonte oficial da ANA – Aeroportos de Portugal.

Grupo SATA transportou mais 8% de passageiros no primeiro semestre

16-08-2019 (11h59)

As companhias aéreas SATA Air Açores e Azores Airlines transportaram 705,7 mil passageiros no primeiro semestre, mais 8% ou mais 52,5 mil que no período homólogo do ano passado, anunciou o Grupo SATA.

Lauak vai produzir em Grândola peças para aviões A320

16-08-2019 (11h39)

A Lauak vai implementar uma unidade de produção de preças para aviões A320 em Grândola, com um investimento de 33 milhões de euros com apoio de fundos comunitários.

Noticias mais lidas