Tráfego Espanha - Brasil perde 8% de passageiros em 2017

17-01-2018 (18h53)

Air Europa transporta 1.853 passageiros na estreia da rota Madrid - Recife

Os voos entre Espanha e o Brasil registaram em 2017 uma quebra do número de passageiros em 8% ou 83 mil, para 955,8 mil, com a qual o Brasil baixou de 23ª para 26ª origem/destino de passageiros dos aeroportos espanhóis, apesar da estreia da rota Madrid - Recife pela Air Europa.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, permitiram ao PressTUR conclui que a tendência de quebra foi comum à maioria das rotas de/para o Brasil, quer em Madrid, maior aeroporto espanhol, onde ocorreu uma quebra média do número de passageiros em 8,2%, quer em Barcelona, onde houve uma quebra em 7,3%.

Os dados mostram que o Aeroporto de Madrid teve em 2017 um total de 812,3 mil passageiros em voos de/para o Brasil, -8,2% ou menos 73 mil que em 2016.

Essa quebra foi provocada pelos decréscimos em 5,4% ou 36,7 mil em voos de/para São Paulo, rota em que operam Iberia, Air Europa e LATAM Brasil (antiga TAM), e em 28,8% ou 42,6 mil nas ligações com o Rio de Janeiro, operadas pela Iberia.

Os voos de/para Salvador, efectuados pela Air Europa, pelo contrário tiveram um aumento de passageiros em 7,7% ou 4,7 mil, para 66,3 mil.

Além deste êxito, a companhia do grupo Globalia contabilizou ainda em 2017 o início a 20 de Dezembro dos voos entre Madrid e Recife, com duas ligações por semana, às quartas e sextas-feiras.

Os dados da AENA mostram que em Dezembro passado teve 1.853 passageiros em voos de/para Recife, quando no mês homólogo de 2016 tivera 2.

No Aeroporto de Barcelona, onde apenas a LATAM Brasil opera voos de/para São Paulo Guarulhos, os dados recolhidos pelo PressTUR indicam uma queda da passageiros em 2016 em 7,3% ou 11,1 mil, para 142,2 mil, apesar de um aumento na TAM em 28,2% ou 31,3 mil, para 142,2 mil.

Essa evolução da TAM (actualmente LATAM Brasil), indica que a quebra do total de passageiros em voos de/para o Brasil o que reflecte é a saída da Singapore Ailrines dessas ligações.

 

Para ler mais sobre os aeroportos espanhóis em 2017 clique:

TAP teve crescimentos a dois dígitos em todas as suas ‘rotas espanholas’ em 2017

TAP transportou 40% dos passageiros que voaram entre Portugal e Espanha em 2017

Madrid - Lisboa é a 2ª rota internacional com mais passageiros nos aeroportos espanhóis

Voos entre Portugal e Espanha ultrapassaram pela primeira vez os quatro milhões de passageiros

TAP subiu a 25ª maior companhia nos aeroportos espanhóis com 1,7 milhões de passageiros

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Accor vai estrear marca Jo&Joe no Rio de Janeiro

21-06-2018 (16h22)

A AccorHotels anunciou que vai estrear a sua marca Jo&Joe no Rio de Janeiro, no Brasil, ocupando seis casarões no Largo do Boticário, no bairro de Cosme Velho, através de um investimento de cerca de 50 milhões de reais, aproximadamente 11,5 milhões de euros.

ABAV Expo 2018 já tem reservado 80% do espaço para expositores

15-06-2018 (15h14)

A 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 50º Encontro Comercial Braztoa, que acontece em São Paulo, no Brasil, de 26 a 28 de Setembro, já tem reservado 80% do espaço para expositores.

Air France programa mais voos para São Paulo e Rio de Janeiro

12-06-2018 (17h05)

A companhia de aviação francesa Air France, que forma o maior grupo aéreo europeu juntamente com a holandesa KLM e a low cost Transavia, actualizou nos sistemas de reservas a sua programação de voos para São Paulo e Rio de Janeiro, introduzindo mais ligações.

LATAM cresce menos do que esperava em Maio no Brasil e em voos internacionais

11-06-2018 (17h32)

O grupo LATAM, cuja subsidiária brasileira começa a voar para Lisboa em inícios de Setembro, terminou Maio com uma queda da taxa de ocupação por crescimentos do tráfego abaixo dos aumentos de capacidade nas rotas internacionais e em voos domésticos no Brasil.

Rotas internacionais geram 91% do crescimento da Azul em Maio

11-06-2018 (15h30)

A companhia de aviação brasileira Azul, que, como a TAP, tem David Neeleman como accionista de referência, cresceu 14% em Maio, ‘puxada’ por um aumento em 71,4% em rotas internacionais, uma das quais Lisboa, até ao presente a sua única rota europeia.