Receita turística do Brasil estagna em baixa nas ‘vésperas’ dos Jogos Olímpicos

25-08-2016 (14h32)

E gasto turístico dos brasileiros continua a cair a dois dígitos mesmo em mês de férias

O Brasil teve uma estagnação em baixa de 0,4% dos gastos de turistas estrangeiros durante o mês de Julho, ou seja em ‘vésperas’ do início dos Jogos Olímpicos do Rio, de acordo com os dados do Banco Central do Brasil.

A informação indica que as receitas turísticas do Brasil ficaram em 466,22 milhões de dólares em Julho, abaixo do mês homólogo de 2015 em 1,91 milhões.

O Brasil já em Junho tivera uma queda da receita turística em 9,8% ou 43,77 milhões de dólares, mas ainda assim, no conjunto dos primeiros sete meses deste ano mantém-se acima do período homólogo de 2015, em 6,2% ou 210,12 milhões de dólares, somando 3.621,79 milhões.

O melhor resultado, no entanto, é no saldo entre gastos de estrangeiros no Brasil e de brasileiros no estrangeiro, que tem uma redução do défice nos primeiros sete meses do ano de quase quatro mil milhões de dólares (-47,9% ou menos 3.932,95 milhões, para 4.271,91 milhões).

Esta redução é resultado essencialmente do corte drástico que os brasileiros fizeram nos seus gastos no estrangeiro e ao qual não escapou sequer o mês de Julho, um mês de férias que tradicionalmente era dos que tinha maior valor de gastos no estrangeiro, que foi o 18º consecutivo de redução de gastos a dois dígitos.

Os dados divulgados pelo Banco Central do Brasil mostram que os gastos dos brasileiros no estrangeiro ‘encolheram’ 18,8% ou 315,3 milhões de dólares em Julho, ficando em 1.361,61 milhões.

No conjunto dos primeiros sete meses deste ano, a redução é em 32% ou 3.722,83 milhões de dólares, para 7.893,7 milhões.

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Low cost argentina Flybondi recebe autorização para entrar no Brasil

17-02-2019 (12h16)

A low cost argentina Flybondi foi autorizada a entrar no Brasil pela Agência Nacional de Aviação Civil do país (ANAC), através de uma publicação no Diário Oficial da União, mas ainda necessita de uma autorização operacional para começar voar.

LATAM passa a voar São Paulo – Madrid com B777 e A350

15-02-2019 (08h59)

A LATAM, que actualmente opera as ligações São Paulo Guarulhos – Madrid com aviões A350-900XWB, vai passar a utilizar também um B777-300ER nessa rota.

LATAM começa 2019 com crescimento ‘curto’ para o aumento de capacidade

12-02-2019 (11h45)

O grupo de aviação LATAM, formado pela integração da brasileira TAM na chilena LAN, indicou hoje que em Janeiro teve crescimento do tráfego em 5,1%, as ainda assim a sua taxa média de ocupação dos voos caiu 0,8 pontos, ficando em 85,5%.

Azul vai ter os novos A330-900neo a voar para Lisboa e Porto a partir de Junho

11-02-2019 (10h42)

A Azul, companhia de aviação brasileira fundada por David Neeleman que também tem capital da TAP, vai ter o seu novo Airbus A330-900neo a voar para Lisboa, que será a rota de estreia de voos comerciais com o novo avião, a 1 de Junho, e para o Porto, um mês depois.

Gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro caíram 738,5 milhões de dólares em 2018

29-01-2019 (14h37)

Os residentes no Brasil, que são dos turistas que mais contribuem para as receitas turísticas portuguesas, reduziram em 738,55 milhões de dólares (171,58 milhões de euros), apesar de no fim do primeiro semestre terem um aumento de 770,8 milhões (179 milhões de euros).