Receita turística do Brasil estagna em baixa nas ‘vésperas’ dos Jogos Olímpicos

25-08-2016 (14h32)

E gasto turístico dos brasileiros continua a cair a dois dígitos mesmo em mês de férias

O Brasil teve uma estagnação em baixa de 0,4% dos gastos de turistas estrangeiros durante o mês de Julho, ou seja em ‘vésperas’ do início dos Jogos Olímpicos do Rio, de acordo com os dados do Banco Central do Brasil.

A informação indica que as receitas turísticas do Brasil ficaram em 466,22 milhões de dólares em Julho, abaixo do mês homólogo de 2015 em 1,91 milhões.

O Brasil já em Junho tivera uma queda da receita turística em 9,8% ou 43,77 milhões de dólares, mas ainda assim, no conjunto dos primeiros sete meses deste ano mantém-se acima do período homólogo de 2015, em 6,2% ou 210,12 milhões de dólares, somando 3.621,79 milhões.

O melhor resultado, no entanto, é no saldo entre gastos de estrangeiros no Brasil e de brasileiros no estrangeiro, que tem uma redução do défice nos primeiros sete meses do ano de quase quatro mil milhões de dólares (-47,9% ou menos 3.932,95 milhões, para 4.271,91 milhões).

Esta redução é resultado essencialmente do corte drástico que os brasileiros fizeram nos seus gastos no estrangeiro e ao qual não escapou sequer o mês de Julho, um mês de férias que tradicionalmente era dos que tinha maior valor de gastos no estrangeiro, que foi o 18º consecutivo de redução de gastos a dois dígitos.

Os dados divulgados pelo Banco Central do Brasil mostram que os gastos dos brasileiros no estrangeiro ‘encolheram’ 18,8% ou 315,3 milhões de dólares em Julho, ficando em 1.361,61 milhões.

No conjunto dos primeiros sete meses deste ano, a redução é em 32% ou 3.722,83 milhões de dólares, para 7.893,7 milhões.

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Accor vai estrear marca Jo&Joe no Rio de Janeiro

21-06-2018 (16h22)

A AccorHotels anunciou que vai estrear a sua marca Jo&Joe no Rio de Janeiro, no Brasil, ocupando seis casarões no Largo do Boticário, no bairro de Cosme Velho, através de um investimento de cerca de 50 milhões de reais, aproximadamente 11,5 milhões de euros.

ABAV Expo 2018 já tem reservado 80% do espaço para expositores

15-06-2018 (15h14)

A 46ª ABAV Expo Internacional de Turismo e 50º Encontro Comercial Braztoa, que acontece em São Paulo, no Brasil, de 26 a 28 de Setembro, já tem reservado 80% do espaço para expositores.

Air France programa mais voos para São Paulo e Rio de Janeiro

12-06-2018 (17h05)

A companhia de aviação francesa Air France, que forma o maior grupo aéreo europeu juntamente com a holandesa KLM e a low cost Transavia, actualizou nos sistemas de reservas a sua programação de voos para São Paulo e Rio de Janeiro, introduzindo mais ligações.

LATAM cresce menos do que esperava em Maio no Brasil e em voos internacionais

11-06-2018 (17h32)

O grupo LATAM, cuja subsidiária brasileira começa a voar para Lisboa em inícios de Setembro, terminou Maio com uma queda da taxa de ocupação por crescimentos do tráfego abaixo dos aumentos de capacidade nas rotas internacionais e em voos domésticos no Brasil.

Rotas internacionais geram 91% do crescimento da Azul em Maio

11-06-2018 (15h30)

A companhia de aviação brasileira Azul, que, como a TAP, tem David Neeleman como accionista de referência, cresceu 14% em Maio, ‘puxada’ por um aumento em 71,4% em rotas internacionais, uma das quais Lisboa, até ao presente a sua única rota europeia.