Gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro caíram 738,5 milhões de dólares em 2018

29-01-2019 (14h37)

Os residentes no Brasil, que são dos turistas que mais contribuem para as receitas turísticas portuguesas, reduziram em 738,55 milhões de dólares (171,58 milhões de euros), apesar de no fim do primeiro semestre terem um aumento de 770,8 milhões (179 milhões de euros).

Os dados do Banco Central do Brasil mostram que desde Junho ocorreram mensalmente quedas de gastos, a mais forte das quais em Setembro, em 526,97 milhões (122,4 milhões de euros).

Assim, os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro ficaram em 18.263,08 milhões de dólares (4,24 mil milhões de euros), ainda assim o segundo montante anual mais elevado desde 2014, ano em que atingiram 25.566,79 milhões de dólares (5,94 mil milhões de euros).

Os gastos de turistas estrangeiros no Brasil, por sua vez, subiram 107,86 milhões de dólares (25 milhões de euros ao câmbio de hoje) e situaram-se em 5.917,07 milhões (1,37 mil milhões de euros).

Para esta evolução em alta foi essencial o primeiro trimestre, que é Verão no Brasil, porque também em gastos de turistas estrangeiros predominaram as quedas no segundo semestre, com a única excepção de Agosto em que houve um aumento em 6%, para 481,96 milhões de dólares (112 milhões de euros).

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para a mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé analisa possibilidade de abrir hotel no centro histórico de Salvador

11-04-2019 (17h45)

O grupo hoteleiro português Vila Galé confirmou ao PressTUR que está a procurar "uma área no centro histórico de Salvador", capital do estado da Bahia, Brasil, país onde é a rede hoteleira líder em resorts.

GOL cresce 6,2% no primeiro trimestre

05-04-2019 (13h51)

A GOL, maior companhia de aviação brasileira em número de passageiros transportados em voos domésticos, informou hoje que concluiu o primeiro trimestre com um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 6,2%, com aumentos em 4,4% em rotas domésticas e 18,3% em internacionais.

Azul destaca procura “robusta” no Brasil

04-04-2019 (16h04)

A Azul, companhia de aviação brasileira fundada por David Neeleman que também é accionista da TAP, anunciou hoje ter registado um crescimento do tráfego em 15,6% em Março, impulsionado por um aumento em 20,1% no mercado doméstico, onde, diz, a procura “continua robusta”.

Lufthansa programa retomar a rota Munique - São Paulo a partir de Dezembro

04-04-2019 (11h49)

A companhia de aviação alemã Lufthansa tem programado retomar a rota Munique - São Paulo Guarulhos a partir de 2 de Dezembro, com três voos por semana em Airbus A350-900XWB.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.