Gastos de turistas estrangeiros no Brasil caem para novo mínimo mensal do ano

26-07-2019 (13h15)

Embora dando sinais de abrandamento da queda, os gastos de turistas estrangeiros no Brasil, que são contabilizados como receitas turísticas pelo Banco Central, caíram em Junho para um novo mínimo do ano e para o segundo valor mensal mais baixo desde 2014.

Segundo o Banco Central, o país encaixou em Junho 374,1 milhões de dólares (335,7 milhões de euros ao câmbio de hoje), um valor que, desde Janeiro de 2014, é apenas superior aos 373,2 milhões (334,9 milhões de euros) do mês de Setembro de 2018.

Relativamente a Junho de 2018, o montante de Junho deste ano traduz uma queda em 1,2% ou 4,55 milhões de dólares(cerca de quatro milhões de euros), que é a queda mais branda deste trimestre, depois de -5,5% ou menos 27,25 milhões de dólares em Abril e -2,5% ou menos 10,88 milhões de dólares em Maio.

Ainda assim, no conjunto do primeiro semestre, que é época alta no Hemisfério Sul, o Brasil tem uma queda das receitas turísticas em 5,1% ou 164,28 milhões de dólares (147,4 milhões de euros), para 3.076,19 milhões (2,76 mil milhões de dólares).

Dados dos gastos dos portugueses em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses deste ano divulgados pelo Banco de Portugal indicam uma queda no Brasil em 5,7% ou 2,19 milhões de euros, para 35,92 milhões.

 

Clique para mais notícias: Balança brasileira das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Balanço do LATAM evidencia recuperação ‘explosiva’ da aviação no Brasil

16-08-2019 (16h15)

O LATAM, maior grupo de aviação comercial da América Latina, cuja subsidiária brasileira, a LATAM Brasil (antiga TAM), é líder brasileira em voos internacionais, indicou que no segundo trimestre teve um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) de 18,7%, atingindo 29,5% em reais.

Azul reduz para metade previsão de expansão da capacidade internacional este ano

09-08-2019 (16h24)

A Azul, companhia de aviação brasileira fundada e presidida por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, reduziu de 20% - 25% para 10% - 15% a projecção de expansão este ano da capacidade em voos internacionais, de que as ligações com Lisboa e Porto são as únicas para a Europa.

Participação da Azul na TAP voltou a valorizar-se no 2º trimestre

09-08-2019 (14h50)

A companhia de aviação brasileira Azul, que tem o accionista de referência David Neeleman em comum com a TAP, contabilizou no segundo trimestre um ganho com a participação na TAP, revertendo assim a evolução do primeiro trimestre.

Voos da Air Europa de Asunción e Cordoba passam por Recife em Setembro

06-08-2019 (17h43)

Entre 27 de Agosto e 21 de Setembro, os voos da Air Europa de Asunción, Paraguai, e Cordoba, Argentina, para Madrid, Espanha, passam por Recife, capital do estado nordestino brasileiro de Pernambuco.

TAP baptiza A330neo com nome de D. Maria I

01-08-2019 (10h11)

A TAP batizou esta quarta-feira um dos seus novos Airbus A330neo, com a matrícula CS-TUA, com o nome “D. Maria I”, em homenagem à que é considerada a primeira rainha reinante em Portugal.

Noticias mais lidas