Cruzeiros no Brasil fecharam 2017 em recuperação, mas sem evitar quebra de 4,2%

23-04-2018 (15h56)

O número de embarques em navios de cruzeiros no Brasil no ano passado baixou 4,2% face a 2016, apesar dos aumentos a dois dígitos nos três últimos trimestres do ano, indica um relatório elaborado pela unidade brasileira da Cruise Lines International Association (CLIA).

O estudo, divulgado pela ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagens, indica que apesar do decréscimo, o sector “navegou em linha com a reacção da economia nacional”, com um total de 445 mil passageiros.

“Seguindo o crescimento económico do Brasil, tivemos um primeiro trimestre de 2017 fraco (230 mil cruzeiristas) com queda de 28% em relação a 2016 (318 mil)”, começa por dizer Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil.

A partir do segundo trimestre, prossegue o dirigente, “com a economia brasileira também avançando, já tivemos um aumento de 26% (69 mil cruzeiristas) e no terceiro crescemos 17% (35 mil)”.

Para finalizar, no quarto trimestre, “os números realmente mostram um forte resultado, aumento de 79% (111 mil) em relação ao ano anterior”.

“O crescimento expressivo do quarto trimestre nos dá uma grande expectativa para 2018”, sublinha Marco Ferraz.

O estudo indica que no ano passado 105 mil viajantes saíram do Brasil a bordo de um navio com destino às Caraíbas, mais 4,4% que em 2016, embora os destinos mais procurados tenham sido o Panamá e a América do Sul, com 278 mil passageiros.

“Podemos observar também uma procura relevante por cruzeiristas brasileiros por águas europeias, considerando o Mediterrâneo, Países Bálticos, Ilhas Canárias e norte europeu”, destaca o presidente da CLIA Brasil, indicando que todos os destinos somados receberam 39 mil turistas brasileiros no ano passado.

A idade média dos viajantes é de 44 anos, um indicador que se manteve “estável” em relação ao ano passado.

Por outro lado, “houve um crescimento na taxa que mede o número de dias a bordo de um navio, de 6,8 para 6,9 dias, o que, segundo Marco Ferraz, “mostra que o mercado de cruzeiros no Brasil amadureceu em termos de público frequente, que busca itinerários mais longos”.

 

Clique para ver mais: Cruzeiros

Clique para ver mais: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

W São Paulo abre em 2021 com assinatura de Nini Andrade Silva

16-10-2018 (14h16)

A Marriott International anunciou que vai abrir o seu primeiro hotel de luxo no Brasil em 2021, o W São Paulo, que terá a assinatura da designer portuguesa Nini Andrade Silva.

Voos da LATAM entre Lisboa e São Paulo estão “acima das expectativas” – Thibaud Morand

11-10-2018 (01h23)

Os voos da LATAM Airlines entre Lisboa e São Paulo, que começaram a 3 de Setembro, cinco vezes por semana, estão “acima das expectativas”, com um load factor acima de 85%, disse esta quarta-feira Thibaud Morand, director Comercial da LATAM Airlines para Espanha.

Rota da LATAM entre Lisboa e São Paulo contribui para “mais qualidade de serviço aos nossos clientes” – APAVT

11-10-2018 (01h20)

A entrada da LATAM Airlines nas ligações entre Lisboa e São Paulo, em concorrência com a TAP e a Azul, "vai contribuir para mais qualidade de serviço aos nossos clientes", disse o presidente da APAVT - Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo, Pedro Costa Ferreira.

LATAM aumenta capacidade em 8% em Setembro e sofre queda acentuada da ocupação dos voos

10-10-2018 (19h58)

O grupo LATAM, formado pela integração da brasileira TAM na chilena LAN, informou hoje que embora tendo aumentado a sua capacidade (em ASK, lugares x quilómetros voados) em 8% em Setembro, o crescimento do tráfego (em RPK, passageiros x quilómetros voados) ficou em 2,4% o que acarretou uma queda da taxa de ocupação em 4,5 pontos, para 81,9%.

Air France trava aumento da frequência de voos para o Rio de Janeiro

02-10-2018 (13h18)

A companhia de aviação francesa Air France, que integra o grupo de que fazem parte também a KLM, a Transavia e a Joon, já não tem nos sistemas de reservas o aumento da frequência de voos na rota Paris CGD - Rio de Janeiro, mantendo apenas voo diário.