Azul retoma aposta na compra de slots da Avianca Brasil com proposta superior

13-05-2019 (16h47)

Imagem: Embraer
Imagem: Embraer

A Azul revelou hoje estar disposta a despender pelo menos 145 milhões de dólares para adquirir slots (direitos sobre faixas horárias de aterragem e descolagem) da insolvente Avianca Brasil, frisando que inclui os da ponte aérea Rio de Janeiro - São Paulo, que é a rota doméstica brasileira mais voada.

Como a imprensa brasileira assinala, ao defender hoje “uma autorização específica para realização de um processo competitivo visando a alienação judicial de uma nova Unidade Produtiva Isolada (“Nova UPI”)”, a Azul está a regressar à disputa pela aquisição de partes da Avianca Brasil, que anteriormente teria declarado abandonar, e até com uma proposta mais elevada, pois anteriormente apontava para 105 milhões de dólares.

As notícias referem que a Azul quer 21 slots no aeroporto paulista de Congonhas, 14 no Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e 7 em Brasília.

A justificar a sua iniciativa, a Azul argumenta em comunicado que a solução que propõe “oferece uma alternativa compreensiva, viável e verdadeiramente implementável, inclusive do ponto de vista operacional, regulatório e concorrencial”.

A imprensa brasileira tem salientado que a compra dos slots da Avianca Brasil é a hipótese que a Azul tem de entrar na rentável ‘ponte aérea’ Rio de Janeiro - São Paulo.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: Avianca

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Avianca Brasil deixa Star Alliance no dia 1 de Setembro

19-08-2019 (16h02)

A companhia aérea Avianca Brasil, que está a atravessar graves problemas financeiros, e já deixou de ser liderada por German Efromovich, vai deixar a Star Alliance no dia 1 de Setembro.

Balanço do LATAM evidencia recuperação ‘explosiva’ da aviação no Brasil

16-08-2019 (16h15)

O LATAM, maior grupo de aviação comercial da América Latina, cuja subsidiária brasileira, a LATAM Brasil (antiga TAM), é líder brasileira em voos internacionais, indicou que no segundo trimestre teve um aumento da receita unitária (por lugar voado um quilómetro) de 18,7%, atingindo 29,5% em reais.

Azul reduz para metade previsão de expansão da capacidade internacional este ano

09-08-2019 (16h24)

A Azul, companhia de aviação brasileira fundada e presidida por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, reduziu de 20% - 25% para 10% - 15% a projecção de expansão este ano da capacidade em voos internacionais, de que as ligações com Lisboa e Porto são as únicas para a Europa.

Participação da Azul na TAP voltou a valorizar-se no 2º trimestre

09-08-2019 (14h50)

A companhia de aviação brasileira Azul, que tem o accionista de referência David Neeleman em comum com a TAP, contabilizou no segundo trimestre um ganho com a participação na TAP, revertendo assim a evolução do primeiro trimestre.

Voos da Air Europa de Asunción e Cordoba passam por Recife em Setembro

06-08-2019 (17h43)

Entre 27 de Agosto e 21 de Setembro, os voos da Air Europa de Asunción, Paraguai, e Cordoba, Argentina, para Madrid, Espanha, passam por Recife, capital do estado nordestino brasileiro de Pernambuco.

Noticias mais lidas