Azul cresce 16,4% em 2018, com rotas internacionais a ‘dispararem’ 45,3%

08-01-2019 (16h04)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

A Azul, companhia de aviação brasileira accionista da TAP, declarou um crescimento médio em 16,4% do número de passageiros x quilómetros (RPK em inglês) no ano de 2018, de que o principal ‘motor’ foram as rotas internacionais, entre as quais Viracopos (Campinas) - Lisboa.

A informação da companhia mostra, aliás, que no ano passado as rotas internacionais já representaram 26,1% do tráfego total, quando em 2017 estavam em 20,9%, porque no ano passado concentraram 57,8% do crescimento do tráfego total.

As rotas internacionais, porém, foram o ‘calcanhar de Aquiles’ da taxa média de ocupação da Azul em 2018, com uma queda em 2,6 pontos, para 86,9%, que tende a ser explicada pela ‘juventude’ das rotas internacionais, as quais, que apenas começaram quando ‘herdou’ da TAP a rota Viracopos - Lisboa.

Os dados da Azul mostram que ainda assim 2018 foi globalmente um ano de ganho de taxa de ocupação, que subiu 0,2 pontos, para 82,3%, graças à subida em 0,5 pontos nas rotas domésticas, que atingiram 80,8%.

Para o mês de Dezembro, a Azul, fundada por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, indica um crescimento do tráfego em 13,4%, insuficiente no entanto face ao aumento de capacidade (em ASK, do inglês, para lugares x quilómetros voados) em 13,5%, levando a uma descida da taxa média de ocupação em 0,1 pontos, para 83%.

Ao contrário do que mostram os números médios do ano de 2018, a queda de ocupação no último mês ficou a dever-se ao decréscimo de 0,4 pontos nos voos domésticos, para 81,3%, porque em internacionais até houve subida de 0,6 pontos, para 88%.

A Azul indicou que em Dezembro teve um crescimento médio do tráfego de passageiros medido em RPK de 13,4%, com +12,4% em voos domésticos e +16,2% em internacionais.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

Club Med fecha resort na ilha de Itaparica, na Bahia

22-03-2019 (08h32)

O Club Med vai encerrar a 31 de Julho o seu resort na ilha de Itaparica, no estado brasileiro da Bahia, indicando que “já não se encontrava à altura das expectativas e exigências dos nossos clientes”.

Projecto de lei aprovado reduz quartos para pessoas com mobilidade reduzida no Brasil

21-03-2019 (18h25)

O projecto de lei que retira o limite ao investimento estrangeiro em companhias aéreas brasileiras também vai alterar pontos na Política Nacional de Turismo do Brasil, como a redução da percentagem do número de quartos para pessoas com mobilidade reduzida.

Aprovado projecto de lei que retira limite ao investimento estrangeiro nas companhias aéreas brasileiras

21-03-2019 (18h07)

A Câmara de Deputados do Brasil aprovou um projecto de lei que retira o limite de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras, muito semelhante à Medida Provisória 863 editada em Dezembro de 2018 pelo ex-presidente Michel Temer, que foi preso hoje, 21 de Março, por suspeitas de corrupção.

Brasil isenta de visto turistas dos EUA, Austrália, Canadá e Japão

19-03-2019 (09h18)

O Governo brasileiro aprovou um decreto que dispensa a necessidade de visto de entrada para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.