Azul aplaude voos da Aigle Azur entre Viracopos e Paris

03-04-2018 (17h54)

Foto: Aigle Azur
Foto: Aigle Azur

A Azul, companhia de aviação fundada por David Neeleman, também accionista de referência da TAP, comunicou que é com ‘muito entusiasmo’ que acolhe o anúncio pela francesa Aigle Azur, cujo capital é detido maioritariamente pelos chineses da HNA e por David Neeleman, de que vai voar entre Viracopos (Campinas) e Paris Orly.

“Estamos muito entusiasmados com essa operação, que certamente será um sucesso, levando ainda mais brasileiros para uma das cidades mais famosas do mundo, além de conectar de forma singular quem chega ao Brasil por meio de Campinas a mais de 100 destinos”, diz um comunicado da Azul sob o título “Azul aproxima Paris dos brasileiros”.

“Este voo representa mais um marco no crescimento de Viracopos como um importante hub da Azul”, salienta Abhi Shah, chief revenue officer da Azul, citado no comunicado, acrescentando que a Azul proporciona “conexões rápidas e convenientes de todo o Brasil a Paris”, acrescentou o executivo.

O CEO da Aigle Azur, Frantz Yvelin, por sua vez, diz em declaração também publicada no comunicado estar satisfeito por “começar a servir Campinas a partir de Paris Orly, reconhecido como o aeroporto mais próximo de Paris, e estender a reconhecida qualidade de serviço da Azul, com o nosso toque francês, oferecendo aos passageiros uma oportunidade de conectividade inigualável no Brasil e na Europa”, ignorando assim designadamente a operação da TAP e da Air France.

A Azul e a Aigle Azur aguardam aprovação das autoridades de regulação para assinarem um acordo de code-share que lhes permita vender esses voos em conjunto.

O acordo, segundo o comunicado, “proporcionará vários benefícios aos clientes, incluindo a capacidade de emitir um único cartão de embarque e de despachar a bagagem até ao destino final”.

Os voos da Aigle Azur são baseados no Aeroporto de Orly, em Paris, e serão operados com aeronaves Airbus A330. Com o acordo, os clientes da Azul de todo o país que já voam de Viracopos para Fort Lauderdale, Orlando e Lisboa, terão mais uma opção para chegarem a Paris, além de viajarem via Lisboa.

 

Ver também:

Azul ‘põe as fichas todas’ no crescimento do tráfego internacional

Neeleman compra 30% da Aigle Azur e alarga parceria com chineses da HNA também accionistas da Azul e da TAP

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Aigle Azur

Clique para mais notícias: Azul

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • Roberto Munhoz

    Parabéns ao Sr David por mais esse feito,que nos ajuda a mantermos nossos sonhos vivos ,nesses tempos difíceis. De toda equipe Aeroparking. Obrigado!!!

    05-04-2018 (15h28)


Escrever comentário

Outras Notícias

Azul inaugura voos diários Campinas – Buenos Aires

11-01-2019 (13h34)

A companhia de aviação brasileira Azul, que tem voos entre Lisboa e Campinas, e que a partir de Junho também terá ligações ao Porto, inaugurou hoje uma nova rota diária para Buenos Aires, capital da Argentina.

Governo brasileiro diz que não vai vetar acordo entre a Boeing e Embraer

11-01-2019 (13h14)

O Governo brasileiro disse que não exercerá o poder de veto no acordo entre a empresa aeronáutica norte-americana Boeing e a brasileira Embraer, para a criação de uma nova empresa de aviação comercial que absorve a brasileira.

TAP já tem programação de voos no novo A330-900neo em mais rotas da América do Norte e Brasil

10-01-2019 (13h37)

A TAP, que foi a companhia a fazer os primeiros voos comerciais do novo avião da Airbus A330-900neo, a 15 de Dezembro entre Lisboa e São Paulo, já tem nos sistemas de reservas a programação da utilização do novo avião no Verão IATA nas rotas de Boston, Miami, Nova Iorque JFK, Newark, nos EUA, Toronto, no Canadá, bem como em voos para o Brasil.

Charters de réveillon fazem crescer mercado português nos hotéis Vila Galé no Brasil

10-01-2019 (12h09)

A Vila Galé teve um ano “bastante positivo” no Brasil e com um contributo do mercado português, que cresceu impulsionado pelos voos charter programados pelos operadores turísticos portugueses para o Fim de Ano, segundo o administrador do grupo, Gonçalo Rebelo de Almeida.

Receitas da Vila Galé no Brasil subiram 20% em 2018

10-01-2019 (12h03)

A Vila Galé no Brasil fechou o ano com receitas de 318 milhões de reais (74,8 milhões de euros ao câmbio de hoje), mais 53 milhões (12,5 milhões de euros) ou mais 20% que no ano anterior, avançou Gonçalo Rebelo de Almeida, administrador do grupo.