Avianca Brasil suspensa do BSP

16-05-2019 (21h16)

Imagem: Avianca
Imagem: Avianca

A IATA comunicou ao mercado brasileiro que suspendeu do BSP a Avianca Brasil, marca sob a qual operava a Ocean Air, e, de acordo com o “Panrotas”, recomendou às agências de viagens que liquidem directamente com a equipa comercial da companhia todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso, assim como quaisquer transacções futuras.

As notícias dizem que a suspensão do BSP data de 14 de Maio, na sequência da suspensão, no dia 8, da IATA Clearing House, câmara de compensação da Associação de companhias aéreas.

A Avianca Brasil recorreu à protecção de credores em Dezembro passado, alegadamente com o intuito de resistir aos proprietários de aviões que tem alugados e que os querem reaver por falta de pagamentos das rendas (para ler mais clique: Avianca Brasil recorre à protecção de credores para resistir aos donos dos seus aviões).

Apesar da situação em que se encontra, de acordo com a informação divulgada esta semana pela ABRACORP, associação que reúne as maiores TMC (do inglês para Travel Management Companies, referindo-se a agências especializadas em contas empresariais), estas empresas, só no primeiro trimestre, venderam 146,7 mil bilhetes de voos domésticos da Avianca, no valor de 81,38 milhões de reais, e ainda 4.191 bilhetes de voos internacionais, no valor de 9,53 milhões de reais.

A Avianca Brasil é uma das companhias do Synergy Group, de Germán Efromovich, candidato derrotado à privatização da TAP, que tinha a dirigi-la o seu irmão José Efromovich.

 

Clique para mais notícias: Avianca Brasil

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo português quer mais 50% de turistas brasileiros até 2021

13-06-2019 (15h17)

O Governo português quer que o número de turistas brasileiros que visita o país aumente para 1,5 milhões até 2021, disse à Lusa, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que assim fixou um objectivo de crescimento em 50% deste emissor, que disse continuar a “ser uma aposta estratégica para o turismo português”.

GOL reduz capacidade no mercado doméstico brasileiro sem deixar de crescer

07-06-2019 (09h59)

A GOL, maior companhia de aviação brasileira em passageiros transportados em voos domésticos, indicou que em Maio teve um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) neste mercado em 7%, apesar de ter reduzido a capacidade em ASK (lugares x quilómetros voados) em 0,5%.

Azul comunica às agências de viagens que tem “nova política de remuneração em voos internacionais”

28-05-2019 (18h17)

A Azul, companhia de aviação brasileira do ‘universo’ David Neeleman, como a TAP, comunicou hoje às agências de viagens que em voos internacionais deverão “cobrar a RAV [de Remuneração da Agência de Viagens] nos mesmos percentuais da DU”, pois esta taxa deixará de ser aplicada nesses voos.

Avianca Brasil forçada a suspender voos

27-05-2019 (17h57)

A autoridade brasileira da aviação ANAC anunciou que decidiu suspender a totalidade das operações da companhia aérea Avianca Brasil, do grupo de Efromovich, para “garantir a segurança dos passageiros”, segundo informa no seu website.

Turismo internacional no Brasil acumula quedas de receitas e gastos

27-05-2019 (16h26)

Os gastos dos brasileiros em turismo no estrangeiro e dos turistas estrangeiros no Brasil acumulam quedas este ano, respectivamente em 10,2% e em 6,2% no fim de Abril, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco Central do Brasil.

Noticias mais lidas