...enquanto receitas turísticas brasileiras caem 3,6%

26-01-2018 (14h35)

Apesar de aumento a dois dígitos no último mês do ano

Os dados do Banco Central do Brasil relativos à receita turística, que são os gastos no país realizados por turistas estrangeiros, indica que em 2017 houve um decréscimo em 3,6% ou 214,58 milhões de dólares (172,6 milhões de euros), para próximo do valor do ano de 2015.

Segundo esses dados, no ano passado os turistas estrangeiros despenderam 5.809,21 milhões de dólares (4,67 mil milhões de euros) no Brasil, que é o montante mais baixo desde pelo menos 2014, ano em que os gastos se elevaram a 6.842,63 milhões.

Seguiu-se uma quebra em 14,6% ou quase mil milhões de dólares em 2015 para 5.843,95 milhões, a que se seguiu uma ligeira recuperação em 2016, com uma subida em 3,1% ou 179,84 milhões, que é praticamente o que voltou a ser perdido em 2017, se bem que o ano se tenha despedido com a maior variação positiva, em 11,1%, para 501,3 milhões de dólares (403,2 milhões de euros).

Ainda assim, como esse aumento em valor foi em 50,12 milhões de dólares enquanto o aumento dos gastos foi em 232,33 milhões, em Dezembro o Brasil registou um aumento do défice da balança das viagens internacionais em 182,21 milhões de dólares, atingindo 1.122,74 milhões (903,1 milhões de euros).

Dezembro foi, assim, o 8º mês consecutivo em que os gastos de turistas brasileiros no estrangeiro foi maior que os gastos de turistas estrangeiros no Brasil em mais de mil milhões de euros, contribuindo para que o défice no ano tenha atingido 13.192,42 milhões de dólares (10,6 mil milhões de euros), +55,7% ou mais 4.719,3 milhões (3,79 mil milhões de euros) que em 2016.

O défice da balança brasileira das viagens, porém, ainda ficou em 2017 abaixo do ano de 2014 em 5,53 mil milhões de dólares.

 

Clique para mais notícias: Balança brasileiras das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Azul cresce 21,5% em Agosto com +43,4% em voos internacionais

12-09-2018 (16h45)

A companhia de aviação brasileira Azul, que ao contrário da sua ‘irmã’ TAP continua a publicar mensalmente dados de desempenho operacional, indicou que em Agosto teve um crescimento do tráfego em RPK (passageiros x quilómetros voados) de 21,5%, ‘puxado’ pelas rotas internacionais, nas quais cresceu 43,4%.

Aigle Azur já tem voos Paris - Pequim

07-09-2018 (15h01)

A Aigle Azur, companhia de aviação francesa maioritariamente detida pelo grupo chinês HNA e por David Neeleman, também accionistas de referência da TAP, iniciou esta semana a rota Paris Orly - Pequim, em Airbus A330-200.

TAP está a oferecer desconto de 50% e milhas a dobrar aos clientes Victoria no Brasil

05-09-2018 (16h49)

A TAP está a promover os seus voos à partida do Brasil com quatro ofertas para membros do programa de fidelização Victoria, que vão de bilhetes prémio com 50% de desconto até à acumulação de milhas a dobrar.

LATAM Airlines celebra inauguração da rota São Paulo – Lisboa (com fotos)

04-09-2018 (17h48)

A LATAM Airlines e a ANA Aeroportos assinalaram a inauguração da rota São Paulo – Lisboa esta segunda-feira, dia 3 de Setembro, baptizando o avião com água das cores da companhia aérea. Veja aqui as fotos.

Brasil perde Museu Nacional no Rio de Janeiro para as chamas

03-09-2018 (13h18)

“Foram perdidos duzentos anos de trabalho, pesquisa e conhecimento”, declarou o Presidente da República do Brasil acerca do incêndio que na noite de Domingo (no Brasil) destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, fundado em 1818 por D. João VI e que detinha mais 20 milhões de peças.