Banco de Portugal sublinha repetidamente o especial impacto da pandemia no turismo

26-03-2020 (15h19)

“A importância do setor do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”, realça o Boletim Económico do Banco de Portugal publicado hoje e no qual repetidamente assina o especial impacto da pandemia de covid-19 no turismo.

“O facto de a pandemia ser sincronizada e generalizada a um grande número de países tenderá a acentuar a queda da atividade económica, por via do colapso nos fluxos de comércio mundiais, com destaque para o turismo”, explica o banco central, que refere que a sua análise considera “um conjunto de choques”, de que assinala “choques negativos sobre o consumo privado na generalidade das economias, que captam o efeito da pandemia via menor rendimento e maior incerteza, bem como o impacto directo sobre despesas em serviços, em particular, em turismo, transportes e serviços recreativos e culturais”.

O realce ao impacto no turismo é também apontado pelo Banco de Portugal ao prever que “o comércio mundial reduz-se significativamente em 2020 (-10,3%)” que diz reflectir “um choque que afecta desproporcionalmente os fluxos internacionais de bens e serviços (nestes últimos, destacam-se o turismo e os transportes)”.

O banco central explicita, aliás, que “a importância do sector do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”.

E relativamente ao turismo internacional, a perspectiva do banco central uma vez mais insiste que turismo e transportes terão as suas exportações “fortemente afetadas pelas limitações à movimentação de pessoas e deverão registar uma queda acentuada”, sem quantificar.

O banco central acrescenta que dessa forma “o excedente da balança de serviços reduz-se, reflectindo o impacto particularmente negativo do choque sobre os fluxos de turismo”.

O Banco de Portugal indica que antecipa “um abrandamento significativo dos preços dos serviços relacionados com o turismo” e assinala que, “em termos conjunturais, a crise despoletada pela propagação do vírus Covid-19 tem impactos diretos sobre o turismo e perturba o comércio de bens, assente em cadeias de valor globais”.

Para ler mais clique:

Banco de Portugal prevê queda do PIB entre 3,7% e 5,7% este ano

 

Clique para mais notícias: Banco de Portugal

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Hotéis de Óbidos disponíveis para acolher idosos dos lares do concelho

30-03-2020 (14h57)

Várias unidades hoteleiras do concelho de Óbidos estão a disponibilizar as instalações para acolher os idosos que se encontram em lares, divulgou hoje a câmara do distrito de Leiria.

Município de São João da Pesqueira requisita hotéis

30-03-2020 (14h18)

O município de São João da Pesqueira anunciou hoje ter requisitado os hotéis do concelho devido à eventual necessidade de deslocar utentes e funcionários de lares de idosos, devido à covid-19.

Portugal ultrapassa 6.400 infectados e tem 140 mortes por covid-19

30-03-2020 (13h07)

Portugal somou ontem mais 446 infectados por covid-19, no que foi o menor aumento diário desde o dia 24, mas teve mais 21 mortes provocadas pela infecção pelo novo coronavírus, que é um ligeiro agravamento em relação a Sábado, em que o número de óbitos aumentara 19, ainda assim aquém do aumento de 24 na sexta-feira, que se mantém o dia mais ‘negro’.

Hotéis em Lisboa acolhem 80 profissionais de saúde, AHP

30-03-2020 (11h51)

Os hotéis My Story Tejo, Turim Ibéria e Vip Berna, em Lisboa, acolheram este fim-de-semana 80 profissionais de saúde a pedido dos Hospitais Curry Cabral e São José, anunciou a AHP – Associação da Hotelaria de Portugal.

easyJet tem todos os aviões em terra desde hoje

30-03-2020 (10h31)

A easyJet tem todos os aviões em terra desde hoje, até novo aviso, devido à quebra do tráfego provocado pelas restrições de viagens impostas para conter a pandemia do novo coronavírus.

Noticias mais lidas