Turismo em Macau cresce a “ritmo incrível” e transformação deve-se à China, WTTC

23-10-2018 (16h01)

Foto: WTTC
Foto: WTTC

O turismo em Macau cresce a "um ritmo incrível" e a transformação no território e no cenário mundial deve-se à China, disse hoje a presidente do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês) e ex-ministra mexicana do Turismo.

“Não só está a crescer a um ritmo incrível, como as projecções são impressionantes”, sublinhou Gloria Guevara-Manzo, na cerimónia de abertura do Fórum de Economia de Turismo Global, que começou hoje em Macau e que termina na quarta-feira.

O relatório anual das cidades do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês) divulgado na segunda-feira mostra que a Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) foi a segunda que mais cresceu em contributo do turismo para o PIB, com 14,2% em 2017.

Entre as 72 cidades turísticas mais importantes do mundo, Macau ficou atrás apenas do Cairo, capital do Egipto, na qual a contribuição do sector do turismo para o PIB foi de 34,4%.

A directora dos Serviços de Turismo de Macau disse hoje que “é encorajador” o facto de o território ser apontado como segundo a nível mundial em 2017 em termos de contributo do turismo para o PIB.

“É encorajador” e “é benéfico para todos os sectores, desde a cultura, indústria criativa e de eventos”, sublinhou Maria Helena de Senna Fernandes.

No discurso proferido na cerimónia de abertura do Fórum de Economia de Turismo Global, Gloria Guevara-Manzo realçou que o turismo gera 10,4% do PIB mundial e que um em cada dez empregos é no sector, sendo que criou um em cada cinco em 2017.

O sector privado vai criar nos próximos dez anos 100 milhões de empregos na indústria do turismo, destacou, defendendo que uma das prioridades da organização passa por “criar pontes entre os Governos e criar empregos”.

O Fórum de Economia de Turismo Global vai debater até quarta-feira “o impacto da cooperação estratégica de turismo China - União Europeia”, segundo a organização.

A sétima edição do evento conta com mais de um milhar de participantes e reúne autoridades e líderes de empresas privadas de vários países do mundo.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: WTTC

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau quer atrair mais convenções, congressos e exposições

17-01-2019 (14h07)

O Governo de Macau pretende tornar o território mais competitivo na atracção de mais convenções, congressos e exposições, o segmento MICE, apesar das melhorias neste sector nos últimos anos, anunciou hoje o secretário para a Economia e Finanças daquela região.

TAP prevê ter “em breve” voos em code-share Lisboa – Pequim, via Xi’an, diz Miguel Frasquilho

15-01-2019 (17h17)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, disse hoje que a companhia prevê ter “em breve”, previsivelmente “em Fevereiro ou Março”, um acordo de code-share com a Beijing Capital Airlines para vender os seus voos entre Lisboa e Pequim, via Xi’An.

Finnair vai voar de Helsínquia para Sapporo e Punta Cana

15-01-2019 (15h09)

A Finnair, que voa para Lisboa e tem programado voar também para o Porto no próximo Verão a partir de Helsínquia, vai inaugurar em Dezembro duas novas rotas de e para a capital finlandesa, nomeadamente Sapporo e Punta Cana.

Aeroporto Internacional de Macau quer reduzir as emissões de CO2 em 30% até 2028

15-01-2019 (14h38)

O Aeroporto Internacional de Macau anunciou hoje a intenção de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) em 30% por movimento até 2028.

Aeroporto de Macau prevê fechar receitas de 2018 acima de 540 milhões de euros

10-01-2019 (16h03)

O aeroporto internacional de Macau (MIA) indicou esperar receitas superiores a cinco mil milhões de patacas (cerca de 540 milhões de euros) em 2018, ano em que bateu o recorde do número de passageiros.