Receitas dos casinos de Macau sobem 22% em Março

02-04-2018 (14h23)

Os casinos de Macau fecharam o mês de Março com receitas de 25,950 mil milhões de patacas, cerca de 2,6 mil milhões de euros, mais 22,2% que no mês homólogo do ano passado.

Os dados da Direção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ) indicam que em Março do ano passado as receitas dos casinos tinham sido de 21,2 mil milhões de patacas.

As receitas brutas acumuladas nos três primeiros meses do ano totalizaram 76,5 mil milhões de patacas (cerca de 7,6 mil milhões de euros), o que representa um aumento de 20,5% em relação ao período homólogo do ano passado.

Em 2017, a receita do jogo em Macau cresceu 19,1% para 265,7 mil milhões de patacas (27,5 mil milhões de euros), invertendo uma tendência de queda registada nos três anos anteriores.

A indústria de jogo, principal pilar da economia da Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, começou a recuperar em Agosto de 2016, altura em que terminou um ciclo de 26 meses consecutivos de quedas anuais homólogas das receitas.

As receitas dos casinos de Macau vinham a cair há três anos consecutivos, designadamente 3,3% em 2016, 34,3% em 2015 e -2,6% em 2014.

Macau, capital mundial do jogo, é o único local na China onde o jogo em casino é legal. Operam no território seis concessionárias: Sociedade de Jogos de Macau, fundada por Stanley Ho, Galaxy, Venetian, Melco Resorts, Wynn e MGM.

(PressTUR com Lusa)

 

Ver também:

Casinos de Macau começam 2018 com aumento das receitas de jogo em 36,4%

 

Clique para mais notícias: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Travelport é distribuidor exclusivo de voos domésticos da Air India

15-10-2018 (14h14)

A Travelport venceu um concurso realizado pela Air India para passar a distribuir de forma exclusiva o conteúdo de voos domésticos da companhia de aviação indiana.

Capital Airlines pede para ter voo directo entre o Noroeste da China e Lisboa

11-10-2018 (13h39)

A companhia de aviação chinesa Capital Airlines, do grupo Hainan, pediu autorização às autoridades chinesas para iniciar um voo directo entre Xi'an, célebre nomeadamente pelo 'Exército de Terracota', e Lisboa, depois de ter suspendido, este mês, o voo Hangzhou - Pequim - Lisboa, que era o único a ligar os dois países.

Aeroporto de Macau soma mais de dois milhões de passageiros no terceiro trimestre

11-10-2018 (13h23)

O Aeroporto Internacional de Macau (MIA) somou mais de dois milhões de passageiros no terceiro trimestre, o que corresponde a um crescimento de 13% face ao período homólogo do ano passado.

OMT prevê abrandamento do crescimento do turismo internacional este semestre

11-10-2018 (12h41)

A Organização Mundial do Turismo (OMT) prevê que o crescimento do turismo internacional, que estimou em 6% no primeiro semestre, abrande na segunda metade do ano, embora mantenha a perspectiva de "um forte impulso" este ano.

APG Portugal acrescenta Thai Airways ao seu programa de interline

10-10-2018 (10h30)

A companhia aérea tailandesa Thai Airways International passou a integrar o programa de emissão de bilhetes interline da APG Portugal, que já conta com 75 transportadoras.