Primeiro ano dos voos Lisboa – Pequim garante perspectiva de “crescimento futuro” – Beijing Capital Airlines

26-07-2018 (12h12)

A Beijing Capital Airlines anunciou que transportou mais de 80 mil passageiros no primeiro ano de operação da rota Lisboa – Pequim, com 80% de ocupação na época baixa e 95% na época alta, o que é uma “garantia de uma perspectiva positiva de crescimento futuro”.

Nos dias 25 e 26 de Julho do ano passado, a companhia aérea inaugurou as rotas entre Pequim e Lisboa e entre Lisboa e Pequim, respectivamente, ligações que a companhia aérea encara como "uma conquista importante para o relacionamento China - Portugal, enriquecendo a cooperação entre as duas nações em diversos campos", segundo um comunicado.

Os resultados do primeiro ano de operação "permitiram-nos adquirir uma compreensão mais profunda do mercado para estar em excelente posição no fortalecimento das ligações entre a China e Portugal", diz a transportadora.

A Beijing Capital Airlines destaca que os seus voos entre a capital portuguesa e a capital chinesa, operados três vezes por semana, possibilitam conexão em Pequim com os seus voos para Macau, inaugurados a 25 de Julho do ano passado.

A companhia aérea do grupo HNA, também accionista da Azul e da TAP, apresenta-se como a maior companhia de aviação de dimensão média na China, com 79 aviões a operar 49 rotas internacionais para 26 cidades em 13 países da Europa, América do Norte, Japão, Coreia do Sul e Sudeste Asiático.

Em 2017, o número de chineses que visitaram Portugal cresceu 40,7%, para 256.735, segundo dados das autoridades portuguesas, que atribuem o aumento à abertura da ligação aérea directa.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), os turistas chineses foram responsáveis por 415.882 dormidas em Portugal, mais 109.240 que em 2016.

O Banco de Portugal, única fonte reconhecida internacionalmente de dados da balança das viagens e turismo, de acordo com dados consultados pelo PressTUR, indicou que os turistas chineses despenderam em Portugal 129,58 milhões de euros em 2017, com um aumento em 79,9% ou 57,57 milhões relativamente a 2016.

A China entrou assim para o Top20 dos emissores para Portugal em receitas turísticas, em 18º, quando em 2016 tinha sido 20º e em 2015, 23º.

A China é já o maior emissor mundial de turistas e, segundo dados do Governo chinês, 129 milhões de chineses viajaram para o estrangeiro em 2017, mais 5,7% do que no ano anterior.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: China

Clique para ver mais: Beijing Capital Airlines

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau apresenta plano para tornar o território numa cidade inteligente

12-12-2018 (12h23)

O Governo de Macau apresentou hoje o plano, já em andamento, para tornar o território numa cidade inteligente, focando-se no turismo e no tráfego de veículos.

Casinos de Macau já garantiram terceiro melhor ano de sempre

03-12-2018 (13h49)

Os Casinos de Macau já garantiram que 2018 será o seu terceiro melhor ano de sempre em receitas de jogo, com mais de 30 mil milhões de euros até ao fim de Novembro.

Air France KLM e China Eastern ampliam joint-venture a mais duas ligações França - China

26-11-2018 (13h56)

O Air France KLM, maior grupo aéreo europeu em capacidade medida em ASK, e a China Eastern anunciaram uma extensão da joint-venture que mantêm desde 2012 às rotas Paris – Wuhan e Paris – Kunming.

2019 “vai ser um ano muito especial para o Turismo de Macau” – Paula Machado, coordenadora

26-11-2018 (12h55)

Paula Machado, nova coordenadora do Turismo de Macau em Portugal, disse ao PressTUR que pretende dar continuidade ao trabalho do seu antecessor “no que respeita à promoção de Macau em Portugal e na relação do trade dos dois territórios”, antevendo para 2019 “um ano muito especial”.

Turismo de Macau diz que ser “destino convidado” da BTL é “oportunidade excepcional”

26-11-2018 (12h50)

A nova coordenadora do Turismo de Macau em Portugal, Paula Machado, considera uma “oportunidade excepcional” para a região a sua escolha como “destino convidado” da edição 2019 da BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa, a maior feira do sector em Portugal, em 2019.

Ultimas Noticias