Macau vai ter em Julho e Agosto +28,9% de voos adicionais que em 2017

28-06-2018 (16h57)

A Autoridade de Aviação Civil de Macau (AACM) anunciou hoje ter autorizado este ano +28,9% de voos adicionais entre 1 de Julho e 31 de Agosto, para responder ao aumento da procura de residentes e turistas.

Ao todo serão 183 voos adicionais, que compara com 142 no período homólogo de 2017.

Os voos adicionais aprovados incluem 71 ligações para Taipé, 62 para Kaoshiung (Taiwan), 33 para Danang, Vietname, e 17 para Osaka, Japão.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Aigle Azur já vende voos Paris - Pequim

19-07-2018 (11h36)

A companhia de aviação francesa Aigle Azur, detida maioritariamente pelo grupo chinês HNA e por David Neeleman, também accionista da TAP, já tem à venda os seus voos Paris Orly - Pequim, para os quais também propõe conexões para o Brasil, designadamente nos seus voos para Viracopos, Campinas, São Paulo.

Aeroporto de Macau prevê receber mais de oito milhões de passageiros este ano

18-07-2018 (09h21)

O aeroporto internacional de Macau prevê receber mais de oito milhões de passageiros este ano, mais de 600 mil do que o previsto no início de 2018, uma estimativa justificada pelo crescimento registado no primeiro semestre.

Booking Holdings assina acordo para comprar HotelsCombined

11-07-2018 (14h34)

A Booking Holdings, grupo detentor da Booking.com, assinou um acordo para comprar o site de meta-pesquisa australiano HotelsCombined, aumentando desta forma a sua presença na zona da Ásia e Pacífico.

Macau promove aproximação entre regiões da Grande Baía e países lusófonos

11-07-2018 (13h04)

O chefe do executivo de Macau salientou num balanço da sua visita às regiões da Grande Baía que pretende reforçar a ideia de que Macau pode apoiar essas regiões na promoção de produtos e outros projectos junto dos países de língua portuguesa.