Macau e Pequim assinam protocolos de cooperação em desporto, turismo e formação

28-05-2018 (19h15)

Macau e Pequim assinaram, na capital chinesa, três protocolos de cooperação nas áreas do desporto, turismo e formação, um novo capítulo na parceria estabelecida há dois anos entre os dois governos.

“Desde o início da parceria, o mecanismo de cooperação tem vindo a estreitar e obteve resultados bastante frutíferos”, disse o chefe do executivo de Macau, Chui Sai On, na cerimónia de assinatura realizada esta segunda-feira em Pequim.

Em 2016, os respectivos governos lançaram a "Parceria de Cooperação Macau-Pequim", com o objectivo de reforçar o intercâmbio e a cooperação no âmbito da economia, comércio, cultura, educação e integração regional.

De acordo com um comunicado do governo, a entreajuda estender-se-á agora à medicina tradicional chinesa, ao desporto, à ciência e tecnologia, ao ensino e à gestão de transportes.

Para Chui Sai On, as vantagens de ambas as regiões são complementares e no futuro deverão contribuir para elevar o papel de Macau como centro mundial de turismo e lazer e como plataforma de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Por sua vez, o presidente da comissão municipal de Pequim da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês (CCPPC), Ji Lin, sublinhou a importância de Macau e Pequim na iniciativa chinesa "uma Faixa, uma Rota".

Neste sentido, "as duas devem impulsionar activamente a dupla via de investimento nas infraestruturas, economia e convenções", entre outras.

Em Abril, último mês com dados publicados pela Direcção do Serviço de Estatística e Censos (DSEC), Macau recebeu quase três milhões de visitantes, mais 8,3% que no mês homólogo do ano passado, a maioria dos quais oriundos da China continental (clique para ler: Macau recebe quase três milhões de visitantes em Abril).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Macau

Clique para ver mais: Ásia&Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau quer atrair mais convenções, congressos e exposições

17-01-2019 (14h07)

O Governo de Macau pretende tornar o território mais competitivo na atracção de mais convenções, congressos e exposições, o segmento MICE, apesar das melhorias neste sector nos últimos anos, anunciou hoje o secretário para a Economia e Finanças daquela região.

TAP prevê ter “em breve” voos em code-share Lisboa – Pequim, via Xi’an, diz Miguel Frasquilho

15-01-2019 (17h17)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, disse hoje que a companhia prevê ter “em breve”, previsivelmente “em Fevereiro ou Março”, um acordo de code-share com a Beijing Capital Airlines para vender os seus voos entre Lisboa e Pequim, via Xi’An.

Finnair vai voar de Helsínquia para Sapporo e Punta Cana

15-01-2019 (15h09)

A Finnair, que voa para Lisboa e tem programado voar também para o Porto no próximo Verão a partir de Helsínquia, vai inaugurar em Dezembro duas novas rotas de e para a capital finlandesa, nomeadamente Sapporo e Punta Cana.

Aeroporto Internacional de Macau quer reduzir as emissões de CO2 em 30% até 2028

15-01-2019 (14h38)

O Aeroporto Internacional de Macau anunciou hoje a intenção de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) em 30% por movimento até 2028.

Aeroporto de Macau prevê fechar receitas de 2018 acima de 540 milhões de euros

10-01-2019 (16h03)

O aeroporto internacional de Macau (MIA) indicou esperar receitas superiores a cinco mil milhões de patacas (cerca de 540 milhões de euros) em 2018, ano em que bateu o recorde do número de passageiros.