Hotéis 5-estrelas de Macau alcançam 92,9% de ocupação até Agosto

30-09-2019 (12h17)

Os hotéis 5-estrelas de Macau, categoria com maior oferta de quartos no território, com 64,1% do total, alcançaram de Janeiro a Agosto uma taxa média de ocupação de 92,9%, mais 0,6 pontos percentuais que no período homólogo do ano passado.

Os dados divulgados hoje pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) de Macau mostram que essa subida de ocupação nos 5-estrelas decorreu de um aumento em 2,6% do número de hóspedes recebidos no período, atingindo um total de 5,263 milhões, já que a estada média ficou estável nas 1,7 noites.

Incluindo todas as categorias, os dados da DSEC indicam que os hotéis e pensões de Macau receberam de Janeiro a Agosto 9,427 milhões de hóspedes, mais 1,6% que há um ano, com uma estada média estável em 1,5 noites.

A taxa média de ocupação, por sua vez, subiu 0,7 pontos percentuais nos primeiros oito meses do ano, para 91,6%, um crescimento para a qual contribuíram todas as categorias de alojamento menos os 4-estrelas, com uma quebra de 0,4 p.p., para 91%. A ocupação dos 5-estrelas subiu 0,6 p.p., para 92,9%, dos 3-estrelas cresceu 1,6 p.p., para 92,9%, dos 2-estrelas aumentou 3,7 p.p., para 75,4%, e das Pensões aumentou 3,5 p.p., para 64,5%.

Os dados da DSEC especificam que dos 9,427 milhões de hóspedes recebidos pelos hotéis e pensões de Macau de Janeiro a Agosto, 5,263 milhões alojaram-se em 5-estrelas, 2,365 milhões em 4-estrelas, 1,408 milhões em 3-estrelas, 245,5 mil em 2-estrelas e 145,2 mil em Pensões.

No fim de Agosto existiam em Macau 119 hotéis e pensões em actividade, mais 3% que no ano passado, com 39 mil quartos, menos cerca de 100 quartos face a 2018.

Os hotéis de 4-estrelas tinham 7.300 quartos de hóspedes, menos 400 quartos que há um ano, e os 5-estrelas tinham 25 mil quartos, como no ano passado.

Em Agosto, os hotéis e pensões de Macau somaram 1,266 milhões de hóspedes, mais 0,4% que no ano passado, uma estada média de 1,5 noites, a mesma que em Agosto de 2018, e uma taxa de ocupação de 93%, menos 2,2 p.p. que no ano passado.

Os hotéis de 5-estrelas alcançaram em Agosto uma taxa média de ocupação de 95%, menos 1,2 pontos que há um ano, tendo recebido 722,7 mil hóspedes (+1,3%), mantendo-se estável a estada média em 1,6 noites.

Ver também:

Macau somou mais 7,2% de turistas portugueses até Agosto

Macau soma mais quatro milhões de visitantes nos primeiros oito meses do ano

 

Clique para mais notícias: Macau

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Ásia&Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

EgyptAir abre terceira rota para a China

17-10-2019 (13h47)

A companhia de aviação egípcia EgyptAir, parceira da TAP na Star Alliance, anunciou para finais do próximo mês a abertura da sua terceira rota para a China, do seu hub no Cairo para Hangzhou.

Movimento de passageiros no Aeroporto de Macau cresce 17% este Verão

15-10-2019 (14h30)

O Aeroporto Internacional de Macau contabilizou 2,51 milhões de passageiros no terceiro trimestre deste ano, que significam um aumento de 17% em relação ao Verão de 2018.

Finnair aumenta ligações com Tóquio

11-10-2019 (17h02)

A companhia de aviação finlandesa Finnair, que em Portugal tem voos para os aeroportos de Lisboa e do Porto, anunciou que no início do Verão IATA de 2020 reforçará a sua oferta de voos para Tóquio com uma ligação diária ao aeroporto de Haneda, além da que já tem para Narita.

APG Portugal acrescenta Hong Kong Airlines ao seu programa de interline

11-10-2019 (10h22)

A companhia de aviação Hong Kong Airlines, que tem como principal hub o Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKG), passou a integrar o programa de emissão de bilhetes interline da APG Portugal.

Noticias mais lidas